Conectado com

Geral

Logística reversa de pneus atenderá todos os municípios do Paraná.

AEN

Objetivo é que haja a responsabilidade compartilhada entre importador, distribuidor, fabricante, comércio de pneu e município.

 

Após acordo com a Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, entidade das indústrias de pneu passará a fazer logística reversa nos 399 municípios. Atualmente são atendidos 190 municípios.

Um acordo firmado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e a Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos levará as ações de logística reversa de pneus aos 399 paranaenses.

Dirigentes da secretaria e da Associação se reuniram nesta semana, em Curitiba, para tratar da logística reversa de pneus e sua destinação adequada no Paraná.

No encontro, a entidade apresentou projeto para atender 100% do Estado.

A secretaria quer fortalecer a indústria brasileira e chamar a responsabilidade também do importador para participar do processo de logística reversa.

O objetivo é que haja a responsabilidade compartilhada entre importador, distribuidor, fabricante, comércio de pneu e município.

O município terá a responsabilidade de articular com os comerciantes de pneus locais para aluguel de barracões para armazenar os resíduos trazidos por caminhões, até o recolhimento por parte do fabricante para que seja feita a destinação correta.

Além disso, o comércio deverá chamar o importador para participar do processo e dividir os custos.

Segundo a Lei Federal nº 12.305/10, é responsabilidade do importador, comerciante, distribuidor e fabricante dividir a conta da logística reversa, porém, na reunião o fabricante assumiu a maior responsabilidade, que é o transporte do resíduo até a destinação correta.

Os comerciantes e distribuidores de pneus dividirão os custos do barracão e sua organização.

Os chamados pneus inservíveis são aqueles que apresentam algum dano irreparável na estrutura e esses pneus geralmente são descartados de forma incorreta pela população, que tem o costume de queimá-los ou jogá-los em rios e terrenos baldios.

Este ato afeta tanto a saúde pública, atraindo o mosquito da dengue e liberando dioxinas, por exemplo, quanto ao meio ambiente, contribuindo para o assoreamento e enchentes.

Esses pneus podem ser aproveitados para o coprocessamento em fornos de cimento, já que são mais baratos que o coque de petróleo.

Também podem ser triturados para uso em pavimentação de vias com o chamado asfalto-borracha, que além do baixo custo, dura mais que o asfalto comum.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Atividades recreativas integram a programação do 6º Festival de Ecoturismo

A programação do 6º Festival de Ecoturismo que acontece nessa semana na praia de Porto Mendes, também terá atividades especiais para crianças e jovens.

O evento que será realizado na sexta, sábado e domingo, é promovido pela prefeitura rondonense, com apoio das secretarias, e pela Proem – Fundação Promotora de Eventos.

A Secretaria de Esporte e Lazer está empenhada na organização e promoção de atividades recreativas, como beach tênis, vôlei de praia e futebol de areia.

As atividades acontecem na quadra de areia instalada no lado direito do Parque de Lazer de Porto Mendes.

Haverá monitores e profissionais organizando os jogos, que estão abertos para todos os visitantes do parque.

Empresa também foi contratada e irá instalar brinquedos que irão divertir a criançada, como o gira-gira, futebol de sabão e caminhão de espuma: todas as atividades são gratuitas.

Paralelo a todas as atividades também haverá a exposição de carros antigos, como Opalas, da mesma forma que aconteceu em edições anteriores: haverá modelos de vários anos – verdadeiras relíquias.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, árvore, nuvem, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, sapatos, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas praticando esportes, praia, shorts, quadra de basquetebol, céu, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 5 pessoas, mesa, árvore e atividades ao ar livre

Fotos: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Acidente em rotatória no centro de Marechal Cândido Rondon deixa duas pessoas com ferimentos: acompanhe atendimento dos bombeiros

Continue Lendo

Geral

Projeto Escola Pública de Trânsito poderá ser implantado em MaL Rondon

O Projeto de Escola Pública de Trânsito, desenvolvido pelo Detran/PR, poderá ser implantado em Marechal Cândido Rondon.

O projeto foca na educação para o trânsito, divulgando informações para mudar atitudes de todos os usuários das vias: pedestres, passageiros, ciclistas, motociclistas e demais condutores.

A proposta é que o município de Marechal Cândido Rondon disponibilize um espaço para a realização deste projeto, enquanto o Detran forneceria a infraestrutura e a construção da escolinha de trânsito.

O encontro realizado nessa semana na prefeitura municipal, contou com a participação do secretário de Mobilidade Urbana, Coronel Welyngton Alves da Rosa, a diretora da secretaria, Adriane Kappes Vorpagel; a diretora da 35ª Ciretran, Tatiane Marchi Cardozo, e do Supervisor da Ciretran, Hugo Adriano Hafemann.

A diretora da secretaria de Mobilidade Urbana, Adriane Kappes Vorpagel; explica como o projeto vai funcionar.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.