Conectado com

Geral

Maio Amarelo inicia neste ano sua sexta edição no Paraná

Divulgação

O Maio Amarelo, um mês inteiro dedicado à conscientização da população por um trânsito mais seguro, inicia neste ano sua sexta edição.

 

A campanha, mundial, foi instituída no estado e virou lei em novembro de 2015.

A campanha, mundial, foi instituída no Paraná por proposta do deputado Hussein Bakri e virou lei em novembro de 2015.

De 2019 para 2020, o Paraná registrou, de acordo com dados Ministério da Infraestrutura, uma redução de 34% nos números de acidentes.

A redução no número de vítimas não fatais chegou a 37%. Já o número de mortes foi reduzido em 9,1% no mesmo período.

Conforme o  deputado Hussein Bakri  os índices  no Estado são positivos, mas   é preciso manter todo cuidado possível no trânsito…

 

O Maio Amarelo surgiu de uma iniciativa da ONU e da OMS que definiram o período de 2011 a 2020 como a Década de Ação para Segurança no Trânsito.

Desde então, maio tornou-se referência mundial para a realização de ações de conscientização de trânsito e o amarelo passou a ser utilizado pela simbologia da atenção, pois sinaliza advertência no trânsito.

Não fazer para o outro aquilo que você não gostaria que fizesse a você. É com base nesse conceito de empatia que a “Campanha Maio Amarelo 2021” aborda o respeito e a responsabilidade de cada cidadão para um trânsito mais seguro.

Depois de dez anos de mobilização mundial e em sua oitava edição no Brasil, as ações de educação no trânsito já têm impactos positivos nas estatísticas.

Em 2019, último dado disponibilizado pelo Ministério da Saúde, foi registrado o menor índice de mortes no trânsito no país desde 2001.

Ainda assim, 31.945 pessoas perderam a vida em decorrência de acidentes.

No Paraná, os números também seguem a mesma tendência de queda, mas podem ser reduzidos ainda mais.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Marechal Rondon registra novo óbito por coronavírus nesta quarta-feira (05)

Morreu em Cascavel uma mulher de 75 anos

Marechal Cândido Rondon registra mais um óbito por covid-19, o de número 81.

Foi vitima uma mulher de 75 anos, cujos sintomas iniciaram no dia 19 do mês de abril como dispneia, cansaço, tosse e febre.

Ela procurou atendimento na UPA Marechal no dia 23, fez o exame que positivou para coronavírus, evoluindo três dias depois para ventilação mecânica.

No dia 25 ela foi transferida para o Hospital Universitário de Cascavel, onde faleceu nesta quarta-feira (05).

A mulher tinha como comorbidade hipertensão.

         Marechal Cândido Rondon segue com 90 casos ativos de covid-19; e destes 11 pessoas estão na UTI; 10 na UPA e hospitais; e 69 em isolamento domiciliar.

         São 306 rondonenses monitorados pelo call Center; e 64 pessoas aguardando resultado de exame, com uma internada.

Continue Lendo

Geral

Cronograma de vacinação contra a Covid-19 segue nesta quinta-feira em Iguiporã

A Secretaria de Saúde de Marechal Rondon organizou cronograma de vacinação contra a Covid-19 também nos distritos. A imunização acontece em pessoas com 60 anos ou mais.

A vacinação já aconteceu em Porto Mendes. Nesta quarta-feira a aplicação de doses acontece no posto de saúde de Margarida, atendendo também os moradores de São Roque.

Amanhã, quinta-feira, dia 06, o cronograma terá sequência na unidade de saúde de Iguiporã, atendendo também moradores de Bom Jardim.

A imunização acontece das 14h às 16h30, e objetiva facilitar o acesso das pessoas à imunização, que é muito importante para reduzir o número de pessoas infectadas pela doença e, consequentemente, as internações, casos graves e óbitos.

O cronograma segue na sexta-feira, dia 07, nos postos de saúde de Novo Três Passos e Novo Horizonte (moradores de Bela Vista deverão ir até Novo Horizonte).

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

Geral

Foguete chinês descontrolado pode cair na América do Sul no fim de semana

Foguete lançado pela China vai cair no planeta, não se sabe onde em quando – Foto: Reprodução

Essa vem da China, com certeza. Mas não se sabe onde vai parar… Foguete foi lançado, mas ficou em órbita e agora inicia queda sem rumo

Não saia de casa sem a máscara, mas também não deixe de olhar para cima. Um foguete lançado da Estação Espacial Chinesa na última quinta-feira (29) está voltando para a terra, porém em descida descontrolada. Há chances sim de atingir áreas habitadas. A previsão é de que caia no próximo fim de semana.

 

A notícia saiu no SpaceNews, nesta quarta-feira (5). O foguete foi usado para colocar o módulo Tianhe em órbita, mas um dos estágios não se distanciou o suficiente da órbita, após ser separado do foguete. Assim, aos poucos essa parte do foguete vem se aproximando da atmosfera da Terra. A queda certa, mas ainda não se sabe onde… nem quando exatamente. Mas vai ser em breve.

São 30 metros de comprimento e cinco de diâmetro, além de pesar 21 toneladas. Normalmente as matérias que entram na atmosfera queimam e se desintegram até chegar ao solo. No entanto, pelas dimensões, o estádio central do foguete chinês não deve se desintegrar por completo. Assim…

 

Há cálculos que estimam localidades, mas são imprecisos e, portanto, não são totalmente confiáveis. As azaradas da vez podem ser Nova York (EUA), Madri (Espanha) ou Pequim (China). Há risco de cair na América do Sul, mas o principal candidato é o Chile. Porém, não custa nada olhar para o céu vez em quando. Nunca se sabe.

 

Fonte: ndmais.com.b

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.