Conectado com

Geral

Marechal Rondon: População deve descartar máscaras e luvas de forma correta

Assessoria

O trabalho de limpeza pública é essencial para a saúde da população e não pode parar neste momento. Por isso, os colaboradores das empresas de coleta que atuam em Marechal Rondon estão seguindo todas as medidas preventivas e de higiene para garantir o seu próprio bem-estar, e das famílias rondonenses.

A maneira de descartar o lixo doméstico em tempo de pandemia do novo coronavírus exige atenção redobrada. São diversas as orientações de como descartar o lixo corretamente.

Para as pessoas infectadas ou com suspeita de Covid-19, que estejam em isolamento domiciliar, a recomendação é de que todos os materiais de higiene pessoal, como máscaras descartáveis e luvas (incluindo as embalagens), sejam separados e colocados em dois sacos de lixo resistentes e descartáveis, um dentro do outro, não os enchendo até a borda para que possam ser lacrados e/ou fechados de forma devida.

Além disso, o engenheiro ambiental, Marcos Chaves, lembra que o ideal é identificar os tipos de descarte, para que o trabalhador do serviço de coleta de lixo não seja prejudicado com um possível contágio. Caso o paciente seja morador de um condomínio ou de um espaço coletivo, é necessário que essas medidas de segurança sejam informadas para o síndico ou o responsável pela limpeza e higiene.

Já para pessoas que não se enquadram como casos suspeitos da doença, a Secretaria de Agricultura e Política Ambiental recomenda que o descarte seja feito de forma prudente, mais uma vez pensando nos funcionários responsáveis pela coleta de lixo. Caso utilizem materiais como máscaras e luvas, devem descartá-los como lixo comum, mas devidamente acondicionados.

Sem suspeita de Covid-19 em casa:
– Continue separando o lixo reciclável do comum;
– Luvas e máscaras podem ser descartadas no lixo comum;
– Coloque os sacos para coleta de acordo com o dia e horário do recolhimento na sua rua.

Com suspeita da Covid-19 em casa:
– Não separe mais o lixo reciclável do comum;
– Use 2 sacos para acondicionar o lixo e não esqueça de fechá-los corretamente;
– Os sacos devem ser fechados com lacre ou nó quando tiverem até 2/3 (dois terços) de sua capacidade. Não encher o saco até a borda, deixar espaço para fechar sem se contaminar;
– Coloque os sacos para coleta de acordo com o dia e horário do recolhimento na sua rua.

Pede-se também para que a população compreenda que nesse momento o trabalho das associações de catadores está sobrecarregado, tendo em vista que muitos catadores pertencem ao grupo de risco para o COVID-19 e estão em isolamento. Mesmo com possíveis atrasos, o serviço de coleta seletiva não será suspenso. É muito importante que a população separe o material reciclável, acondicione de maneira adequada e coloque no dia correto ou mesmo leve até o Ecoponto, pois este garantirá a renda de muitas famílias em situação de vulnerabilidade no município, especialmente nesse momento difícil.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Toledo recebe reconhecimento federal de emergência devido à dengue

Toledo e mais cidades do Paraná receberam nesta segunda-feira (15), o reconhecimento da Defesa Civil Nacional de situação de emergência. A medida ocorre porque os municípios têm um aumento significativo no número de casos de dengue.

A portaria oficial com a classificação de emergência foi publicada no Diário Oficial da União. Além de Toledo, a lista conta com os municípios de Barracão; Cruzeiro do Iguaçu; Goioerê; Pato Branco; Morretes; e Vera Cruz do Oeste. Além das sete cidades mencionadas, outros 129 municípios paranaenses

Com o reconhecimento da Defesa Civil, as prefeituras podem pedir recursos ao Governo Federal para ações de assistência humanitária, como compra de cestas básicas, água potável e aluguel de caminhões-pipa.

Número de casos no Ano Epidemiológico em Toledo

Conforme o último boletim divulgado pela Prefeitura de Toledo em relação à dengue, na última sexta-feira, 12. No momento, são 3.097 casos confirmados no ano epidemiológico. Infelizmente sete pessoas faleceram em decorrência da dengue no período.

Os cinco bairros com o maior número de casos são Jardins Europa/América (555), Jardim Facchini (215), Jardim Coopagro (212), Jardim Panorama (198) e Centro (182). O número de confirmações pode ficar ainda maior, pois há 718 pacientes aguardando resultados de exames.

 

Fonte: Toledo News

Continue Lendo

Geral

Sucuri de 4 metros é capturada nos fundos de residência em Guaíra

Divulgação

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar de Guaíra foram acionadas na tarde de domingo (14), por volta das 14h00, para realizar um resgate de uma sucuri.
Conforme os bombeiros, a sucuri foi avistada nos fundos de uma residência, na Rua Ayrton Senna, Jardim Zeballos. Ao chegarem na residência, uma equipe da PM também estava no local e a sucuri foi encontrada em um córrego.
Após um certo período de trabalho, o animal de aproximadamente 04 metros foi resgatado com segurança e encaminhado para uma reserva longe da área urbana de Guaíra.
Durante os trabalhos de resgate, os bombeiros, PMs e populares constataram que a sucuri havia comido uma galinha.
Ainda conforme os bombeiros, o local onde a sucuri estava era uma área residencial, com várias crianças e animais, o que oferecia riscos tanto à sucuri quanto aos moradores.
Fonte: Ponto da Notícia
Continue Lendo

Geral

Sindicato Rural de Marechal Rondon vai efetivar Comissão de Mulheres do Agro

Dentre as metas estabelecidas para este ano de 2024, o Sindicato Rural Patronal de Marechal Cândido Rondon pretende efetivar o trabalho da Comissão das Mulheres do Campo em sua área de ação.

 

A direção da entidade revela que o pontapé inicial foi dado no ano passado, com a primeira reunião de um grupo de trabalho, no entanto, as ações da prática ainda estão em fase de organização.

Está sendo estudada a possibilidade da realização de um grande encontro de mulheres do agro, para orientá-las sobre os objetivos dessa iniciativa, além de motivar a participação efetiva de cada uma delas.

Criada em janeiro de 2021 na estrutura da Federação da Agricultura do Estado do Paraná, a Comissão Estadual de Mulheres está trabalhando, exatamente, para aumentar a constituição de novos colegiados municipais.

De acordo com a coordenadora da Comissão Estadual de Mulheres da FAEP. Lisiane Rocha Czech, o movimento está tendo um crescimento bem acentuado em todo o Paraná…….

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.