Conectado com

Geral

MC Gui tem show cancelado e produto retirado de loja após bullying em criança

Instagram/@mcgui

O CNA de Três Lagoas (MS) anunciou, por meio de um comunicado em seu perfil de Facebook, que cancelou um show que o cantor MC Gui faria em um evento de Halloween da escola de idiomas, no dia 31 de outubro. O cancelamento ocorre em um momento em que MC Gui está sendo acusado de praticar bullying em uma criança por conta de um vídeo que postou em suas redes sociais.

O funkeiro, que está curtindo as férias na Disney, estava com a namorada e amigos em um dos trens que leva até um dos parques de diversão. Nas imagens, MC Gui está dando risada enquanto ele foca a câmera no rosto da criança, que não entende o que está acontecendo.

No comunicado, o CNA não se refere especificamente ao episódio, mas fala em “valores” e “princípios”. “Reforçamos que Ética e respeito fazem parte dos valores da nossa empresa e qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita”, diz o texto.

NOTA: HalloweenO CNA Idiomas Três Lagoas/MS através desse post, informa que foi solicitado o cancelamento do show do…

Publicado por CNA Três Lagoas em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Loja interrompe vendas de produtos

A loja Black Nine, também por meio de uma mensagem no Facebook, informou que não comercializará mais produtos da marca MC Gui. “Nós da Black Nine não compactuamos com qualquer tipo de preconceito, muito menos quando se trata de uma criança indefesa”, informou a marca, que tem lojas em Rio das Ostras (RJ) e Campos dos Goytacazes (RJ).

Informamos que a partir de hoje não venderemos mais a marca do GUI ( G STYLE ). Nós da Black Nine não compactuamos com…

Publicado por BLACK NINE em Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Explicação de MC Gui Após ter excluído o vídeo polêmico do Stories de seu Instagram, Mc Gui explicou que foi apenas uma brincadeira. “Eu realmente já fui zoado por alguns amigos e, mano, estão postando em sites de fofocas dizendo que eu estava fazendo bullying com a criança, e eu fiquei impressionado. Porque aqui nos Estados Unidos, eu vejo pessoas que são iguais aos personagens que estão nos filmes”, começou a explicação.

A personagem Boo, do filme Monstros S.A., que serviu de "inspiração" para a brincadeira de MC Gui - Reprodução

A personagem Boo, do filme Monstros S.A., que serviu de “inspiração” para a brincadeira de MC Gui Imagem: Reprodução.

 

“E no trem eu postei a menina que estava [parecida] com a personagem da Boo [da animação Monstros S.A], certo? E achei impressionante porque estava muito parecida. Eu dei risada, porque nunca tinha visto aquilo. E a internet está muito chata, eu não fiz bullying com a menina”, disse.

“Ela até viu que eu estava filmando, a mãe dela que estava do lado veio falar com a gente. Eu não falo inglês, mas minha namorada fala e a gente acabou que meio fez uma brincadeira. Estou na Disney, estou de férias. Não preciso ficar me explicando, mas essa é a internet que a gente está usando hoje”, completou.

 

Na manhã desta terça-feira, a página da prefeitura de Cambuquira também informou que uma apresentação de MC Gui, que ocorreria no começo de novembro, foi cancelada pelo organizador do evento.

 

“A Prefeitura Municipal vem por meio desta nota comunicar que não era a organizadora do evento Festa de Rua, com o cantor MC Gui, e que apoiava somente cedendo o local para realização do evento. Informa ainda que não compactua com gestos de bullying de qualquer forma e que o organizador informou o seu cancelamento”, afirma o órgão público.

MC Gui pede desculpas após acusação de bullying

Confira a declaração completa dele abaixo:

Fonte: UOL Entretenimento

 

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Apesar dos protestos Estado notifica municípios sobre decreto publicado

Apesar dos protestos de prefeitos e empresários, Governo do Estado notifica os 134 municípios listados no Decreto.

Sesa promete pedir responsabilização penal de prefeito que descumprir a quarentena

A Secretaria de Estado de Saúde notificou todos os 134 municípios das sete regionais de Saúde abrangidas pelo decreto estadual que determinou a quarentena restritiva exigindo o cumprimento integral do decreto e informando que pedirá a responsabilização penal do prefeito que recusar-se a cumpri-lo.

Na notificação sanitária enviada ontem a noite , a Secretaria afirma que o Estado do Paraná “poderá utilizar-se de medidas coercitivas para efetivar o cumprimento do Decreto Estadual em comento” e “exige do notificado a observação do cumprimento integral do decreto 4.942, de 30 de junho de 2020, com a possibilidade de responsabilização sanitária da prefeitura e penal do gestor municipal com fundamentos na lei 13.979/2020 e do artigo 269 do código penal pelo total de casos e eventuais óbitos”.

A notificação é uma resposta do governo do estado à resistência dos municípios em cumprir o decreto, e a recursos administrativos de algumas prefeituras que contestaram o decreto e sua inclusão na quarentena.

“Esses recursos administrativos são uma esfera que a gente não entende que existe. Por isso estamos notificando os municípios para que eles não hesitem em cumprir o contido no decreto”, disse o secretário de Saúde Beto Preto.

Segundo ele “ o decreto não é orientativo, ele é determinativo ”.

Beto Preto reforçou a preocupação da secretaria com uma possível explosão de casos nos próximos dias no estado.

Para o secretário “ o município que deixou de cumprir agora terá que cumprir depois, ou seja,o decreto é de 14 dias porque esse é o ciclo de contaminação do vírus. Quem começar depois, vai cumprir por 14 dias a partir de quando começar. Não é prudente tentar adiar a quarentena com medidas administrativas sem efeito”.

O secretário disse compreender o dilema dos prefeitos e a angústia de setores da economia, mas reforçou que os municípios não devem avaliar o decreto e discutir alternativas e sim cumpri-lo.

O Ministério Público do Paraná também publicou comunicado, afirmando que os Municípios paranaenses devem atender as disposições previstas no Decreto editado no último dia 30 de junho pelo Governo do Estado e que estabeleceu medidas sanitárias mais restritivas para o enfrentamento da Covid-19.

O entendimento consta de Nota Técnica expedida ontem pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública do MPPR a todas as Promotorias de Justiça do estado com atribuição na área da saúde.

Continue Lendo

Agricultura

Adiado prazo para regularização dos débitos referentes ao Funrural

A Receita Federal do Brasil voltou a adiar o prazo de contagem das notificações para a regularização dos débitos referentes ao Funrural.

Eles ganham tempo para recalcular o passivo 

Esta é a terceira vez que o Fisco altera o calendário, desta vez prorrogado para o dia 31 de julho, conforme a Portaria 1087.

Na prática os produtores rurais ganham mais tempo para fazerem um recálculo do passivo referente aos anos de 2015, 2016 e 2017.

Em 2018 e 2019 os problemas relacionados à cobrança foram resolvidos com a promulgação da Lei 13.606.

Os produtores rurais terão basicamente três opções a fazer: Realizar o pagamento à vista com desconto de 50% da multa; fazer a adesão a algum tipo de programa de refinanciamento de dívidas, com prazo máximo de 60 meses para pagar, com desconto de até 40% nas multas para dívidas de até 5 milhões de reais; ou realizar a defesa jurídica com vistas à impugnação dos lançamentos tributários.

Para os cálculos desse débito é possível excluir todas as comercializações realizadas com alguma empresa exportadora, já que o produtor goza de imunidade tributária.

Da mesma forma pode excluir os débitos anteriores a 2015 que neste caso, estão prescritos.

A contestação também pode levar em conta a inexigibilidade do Funrural em relação ao produtor rural autônomo, ao ato cooperativo típico e na exclusão de valores referentes ao Senar.

Existe ainda a situação em que não foi o produtor quem obteve a liminar ou tutela para suspensão dos pagamentos.

Nessa situação, somente quem deu causa à interrupção do pagamento é que deve responder perante à Receita Federal.

Na avaliação do deputado Jerônimo Goergen, esta nova prorrogação dos prazos envolvendo o passivo do Funrural oferece mais tempo de articulação e pressão do setor produtivo para que o tema possa ter alguma definição junto ao Executivo ou ao Supremo Tribunal Federal.

Continue Lendo

Geral

Três novos secretários são empossados pelo governador Ratinho Jr.

O governador Ratinho Junior nomeou ontem, quinta-feira, três novos integrantes da máquina administrativa do Estado.

O deputado Marcel Micheletto assumiu a Secretaria de Estado da Administração e Previdência e o antropólogo Mauro Rockembach passou a ser titular da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho.

Micheletto assumiu a função deixada à pedido pelo então secretário Reinhold Stephanes, enquanto sua cadeira no Legislativo Estadual será ocupada pelo suplente Gugu Bueno.

Rockembach ocupará o posto que estava vago desde a saída do deputado federal Ney Leprevost, que deixou o cargo no início de junho para disputar a Prefeitura de Curitiba nas eleições deste ano.

Outra mudança ocorre no Detran, que passa a ser comandado pelo delegado federal Wagner Mesquita.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.