Conectado com

Geral

Mesmo com vacina, máscaras e isolamento continuarão essenciais

Imagem ilustrativa da internet

 Especialistas reforçam recomendação: vacinados também usam máscara

 

O início da vacinação no Brasil e em outros países não significa que as pessoas devem retomar uma rotina semelhante à de antes da pandemia.

A própria Organização Mundial da Saúde já indicou que a imunização de rebanho pela vacinação não deverá ser atingida em 2021.

A equipe médica da organização diz que: , mesmo que as vacinas comecem a proteger os mais vulneráveis, não atingirá  nenhum nível de imunidade na população ou imunidade de rebanho em 2021.

Conforme os médicos, mesmo que aconteça em alguns países, não vai proteger as pessoas ao redor do mundo.

Os cientistas mencionam que  as medidas de contenção da pandemia devem continuar sendo praticadas até o fim deste ano, “pelo menos”.

Esse raciocínio é acompanhado por especialistas aqui no Brasil.

Segundo eles, a população não pode relaxar porque a vacinação começou.

As vacinas por enquanto disponíveis  apresentam particularidades que, de uma forma ou de outra, são entraves para sua distribuição.

Neste  contexto os médicos recomendam  que a população não veja a chegada da vacina como algo muito próximo e mantenha os cuidados tomados em 2020.

De acordo com o presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, Juarez Cunha, a imunização de rebanho só deverá ser alcançada se o mínimo de 60% da população estiver vacinada.

Ele destaca que, mesmo que o Programa Nacional de Imunização  do Sistema Único de Saúde seja sólido e consiga vacinar parte da população brasileira até o fim do ano, o vírus ainda estará em circulação.

E também reforça o alerta: mesmo os vacinados devem continuar adotando isolamento social, álcool em gel e máscara.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Homem de 68 anos cai da escada e bate a cabeça em residência na Vila Gaúcha

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal

 

Um rondonense de 68 anos foi vitima de acidente doméstico na manhã desta quarta-feira (23) em uma residência na rua Continental, bairro Vila Gaucha.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu o homem que subiu em uma escada e sofreu queda, batendo a cabeça na calçada.

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal: está consciente e num primeiro momento, o estado de saúde é satisfatório.

O rondonense de 68 anos será submetido agora a uma bateria de exames.

 

Continue Lendo

Geral

Vereadores defendem aquisição de estrutura para cirurgias urológicas pelo Ciscopar

Assessoria

Requerimento apresentado por vereadores rondonenses, solicita que a administração municipal incentive que o Consórcio Intermunicipal de Saúde – Ciscopoar adquira equipamentos necessários para a realização de cirurgias urológicas a laser, em especial a fragmentação dos cálculos renais e ureterais altos.

O requerimento, aprovado ontem, é de autoria dos vereadores Rafael Heinrich,Pedro Rauber, Gordinho do Suco, Dionir Briesch, Suko, Neco, Paleta e Vanderlei Sauer.

Atualmente, os pacientes com diagnóstico de cálculos renais atendidos pelo SUS na área de atuação do Ciscopar passam por cirurgias mais invasivas, que exigem maiores cuidados e a permanência em internação hospitalar.

Já as cirurgias a laser são menos invasivas, exigindo menores cuidados pós-operatórios e sem necessidade de permanência em internamento hospitalar, pois a liberação do paciente ocorre no mesmo dia da cirurgia.

Um dos autores do pedido, o vereador Rafael Heinrich, fala da necessidade de melhor estrutura para este tipo de cirurgia……

 

Continue Lendo

Geral

Índios fazem manifestação nesta quarta-feira (23) em Guaira

 

Nova manifestação indígena está acontecendo na manhã desta quarta-feira (23) no município de Guaíra.

Cerca de 300 indígenas estão marchando, desde a área de aldeiamento até a sede do Ministério Publico Federal.

Dezenas de policiais, de diversas forças instaladas na fronteira, acompanham a manifestação, que até o momento transcorre de forma pacífica.

Foi apurado com a Policia Federal de Guaíra, que a manifestação é contra o projeto de lei que quer alterar a regulamentação dos processos de demarcação de áreas indígenas.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.