Conectado com

Geral

Ministério Público de Terra Roxa aciona mais 3 pessoas que descumpriram o isolamento

Em Terra Roxa, mais três pessoas foram acionadas pelo Ministério Público do Paraná por descumprirem o isolamento domiciliar determinado a pacientes suspeitos ou com confirmação de contágio pela Covid-19.

O primeiro caso envolve uma vereadora, processada em ação civil pública por danos sociais.

Segundo o que se apurou, em 29 de maio, ela assinou termo de consentimento, a partir do qual se comprometia a permanecer em isolamento social até 12 de junho.

Entretanto, no dia 3 de junho, deslocou-se até a cidade de Toledo para fazer um teste rápido para Covid-19 – embora já tivesse sido testado positivo para a doença em exame de PCR realizado pelo município.

Na ação, o Ministério Público pontua que a conduta, além de demonstrar desrespeito às determinações do poder público, apresenta potencial de influenciar os demais munícipes a se insurgirem contra as medidas sanitárias preventivas, em função do cargo que ela ocupa.

As outras duas pessoas, que ainda encontram-se na condição de caso suspeito ou confirmado de contaminação pelo coronavírus, foram acionadas em ação civil pública para que sejam obrigadas a não sair do isolamento e também por danos sociais.

Elas moram na mesma casa, sendo a primeira uma mulher de 51 anos que, mesmo diagnosticada com a doença e tendo se comprometido a permanecer em isolamento, foi vista circulando pela cidade.

A outra pessoa é um homem de 37 anos que também deveria permanecer em casa, mas chegou a frequentar um mercado da cidade, fato que chegou a gerar confusão no estabelecimento.

Com essas três ações, chega-se ao total de dez pessoas acionadas em Terra Roxa por descumprimento da determinação de isolamento social motivada por protocolos de saúde relacionados à contenção da Covid-19.

As condenações pleiteadas nas ações ajuizadas pelo Ministério Público pelos danos sociais são no valor de 4 mil reais para cada um dos requeridos.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Estado inicia ciclo de webconferências para enfrentar a dengue

Ilustrativa

A Secretaria da Saúde do Paraná deu início ontem ao ciclo de webconferências sobre Atenção e Vigilância à Saúde no enfrentamento da dengue.

 

O ciclo passado registrou recorde no número de casos

 

Cerca de 300 profissionais que atuam na rede de Atenção Primária, estadual e municipal, participaram da atividade que será replicada para novos grupos profissionais também da Urgência e Emergência, com a programação de mais cinco webconferências.

O objetivo é integrar as ações das duas áreas técnicas responsáveis pelo acolhimento, atendimento e tratamento do paciente com dengue.

Esta integração das áreas faz parte do Plano de Ação para Enfrentamento da Dengue, Zika Vírus e Febre Chikungunya no Paraná 2020/2021.

Além da própria doença, a preocupação é com a pandemia do novo coronavírus que, embora com números estáveis nas últimas semanas, ainda é causa de atenção da secretaria.

Segundo o secretário da Saúde, Beto Preto, neste momento crítico para a saúde, em que a população enfrenta a epidemia da dengue e ainda a pandemia da Covid-19, é necessário evidenciar a informação, atualizar e capacitar as equipes técnicas e alinhar protocolos de atendimento, com a meta de melhorar a condição de saúde.

Ele explicou que existe o risco de haver neste momento casos de infecção concomitantes do coronavírus e da dengue, com prejuízos enormes para a saúde.

Por isso, a capacitação e integração de ações antecedendo a temporada de chuvas, disse a coordenadora de Vigilância Ambiental da Secretaria da Saúde, Ivana Belmonte.

No período de monitoramento anterior, o Estado registrou a maior epidemia de dengue, com 227 mil confirmações e 177 óbitos.

Continue Lendo

Geral

Igreja Cristo E Vida repassa donativos auferidos em prol da UOPECCAN

 A Igreja Luterana Cristo é Vida, de Marechal Cândido Rondon, realizou ontem, terça-feira, a entrega de 700 litros de leite longa-vida arrecadado na campanha “Doe Leite, em Prol da Uopeccan” – Hospital do Câncer de Cascavel.

A campanha foi desenvolvida em conjunto com as Congregações Cristo Rei, do distrito de Margarida, e Simão, da Linha Arara, através do Projeto Vila Solidária, responsável pelo trabalho de ação Social da comunidade.

Segundo os organizadores, a campanha superou a expectativa, pois a meta era a arrecadação de 503 litros de leite, quantidade que faz alusão à celebração dos 503 anos da Reforma Luterana.

A entrega foi realizada pelo pastor Cláudio Bündchen, pelo presidente da Congregação, Douglas Berwig, e demais membros da diretoria, contando com a presença dos representantes da Uopeccan, Kelyn Aires, gerente de Assuntos Institucionais, e Wilson Riedlinger, diretor de Relações Públicas.

Continue Lendo

Geral

Incêndio destrói residência no Bairro Sol Nascente: assista ao vídeo

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.