Conectado com

Geral

Ministério Público sobrevoa área e se diz contra reabertura da estrada do colono

Assessoria

O Ministério Público Federal em Foz do Iguaçu realizou na última semana sobrevoo de helicóptero no Parque Nacional do Iguaçu e constatou a regeneração total da vegetação na área do leito da antiga Estrada do Colono.

A reabertura provocaria gravíssimos danos ambientais 

A diligência foi realizada para instruir um inquérito civil que apura a possibilidade de reabertura da rodovia no interior do parque, entre os municípios de Serranópolis do Iguaçu e Capanema.

Projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados prevê a reabertura da estrada, sob a justificativa de restaurar as relações socioeconômicas e turísticas nas regiões Oeste e Sudoeste do Paraná, o que para o Ministério Público Federal representa grave risco para a Unidade de Conservação.

Durante o sobrevoo, o comandante da aeronave da Polícia Rodoviária Federal teve dificuldade de localizar a área da antiga estrada, devido ao completo estado de regeneração da floresta.

O antigo leito da estrada já desapareceu sob a vegetação, razão pela qual sua localização só foi possível por meio das coordenadas geográficas com uso de GPS.

A procuradora da República Daniela Caselani Sitta e o técnico de segurança institucional do MPF, Jean Matheus Tessari Wagner, observaram que da antiga estrada resta apenas uma “cicatriz” em meio à floresta, ou seja, um discreto “risco” em alguns pontos onde a mata regenerada no antigo leito ainda é mais baixa.

De acordo com o que foi apurado pelo MPF, a reabertura da estrada exigiria um desmatamento de 20 hectares dentro do Parque Nacional do Iguaçu, área que se regenerou nos últimos 16 anos, desde o fechamento definitivo da Estada do Colono por uma decisão judicial.

Para a promotoria, a reabertura da estrada provocará os seguintes danos ambientais: a “ruptura” do ecossistema, com o consequente isolamento de animais, pois algumas espécies não atravessam áreas desmatadas; erosão e assoreamento de cursos d’água; o chamado “efeito de borda”, que consiste na alteração nas condições microclimáticas (temperatura, umidade, insolação e vento ), e produz grande desequilíbrio no bioma como um todo; morte de animais por atropelamento; difusão de doenças e contaminação biológica devido ao tráfego de veículos e de pessoas; risco de degradação ambiental por acidentes de trânsito dentro do Parque, com o consequente vazamento de combustível; a facilitação da presença de pescadores, caçadores e palmiteiros.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Encerra-se hoje a campanha de vacinação contra a poliomielite

Foto: Venilton Küchler/AEN

Para que as crianças recebam o imunizante, é necessário que os responsáveis levem o cartão vacinal, cartão SUS ou CPF

 

A campanha de vacinação contra poliomielite continua até esta sexta-feira (14). A Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon expõe que a imunização contra paralisia infantil é destinada para crianças menores de 5 anos. Crianças menores de 1 ano devem atualizar a caderneta, enquanto crianças de 1 ano a 4 anos, 11 meses e 29 dias devem receber uma dose da vacina.

As doses dos imunizantes estão disponíveis até hoje nas salas de vacina da sede e do interior, com horário de atendimento das 7h30 às 11h15 e das 13h às 16h45. Os moradores dos distritos de Bom Jardim e São Roque devem procurar a sala de vacina mais próxima.

Para que as crianças recebam o imunizante, é necessário que os responsáveis levem o cartão vacinal, cartão SUS ou CPF.

Em nível municipal, a campanha conta com a parceria da Família Rotária, por meio dos quatro Rotary clubs, da ASR (Associação de Senhoras de Rotarianos), do Rotaract, Interact e Rotakids.

Continue Lendo

Geral

Inscrições para Concurso de Oratória nas Escolas da JCI terminam hoje

A JCI Marechal Candido Rondon encerra nesta sexta-feira as inscrições para a 17ª edição do Concurso Oratória nas Escolas, um evento que busca estimular o pensamento crítico, as habilidades de comunicação e oratória, a pesquisa e a criatividade entre estudantes do ensino fundamental e médio.

Este ano, o tema central do concurso é “O futuro da educação: como a Inteligência Artificial vai mudar a forma que aprendemos”.

O objetivo é envolver estudantes em uma discussão profunda sobre as transformações que a tecnologia pode trazer para o ambiente educacional.

O concurso é dividido em quatro categorias:

Desenho Apae: Para estudantes da APAE – Fase 1;

Desenho: Para alunos do 1º ano ao 5º ano do Ensino Fundamental;

Redação: 6º e 7º anos do Ensino Fundamental;

Oratória 1: Alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental;

Oratória 2: Estudantes do Ensino Médio.

Conforme a coordenadora do Oratória nas Escolas 2024, Bruna Luisa Nunes, a grande novidade deste ano foi a abertura da programação para os municípios vizinhos…

 

Continue Lendo

Geral

Prazo para depositar galhos e entulhos no setor 3 termina hoje

Termina hoje, o prazo que os moradores do setor 3 tem para depositar galhos, entulhos e materiais inservíveis.

O alerta é da prefeitura de Marechal Cândido Rondon, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Sustentável.

O setor 3 compreende moradores dos bairros: Ana Paula, Vila Gaúcha, Amazônia, Araucária, Dona Amélia, Dorzbacher, Pooch, Fischer, Hardke, Sabiá, Jardim Paineiras, Raquel Malhas, Lamb, Laureth, Hedel, Liberdade, Lohmann, Baio, Marco Polo, Maioli, Monte Carlo, Arno Toebe, Neumeister, Bootke, Nienow, Reschke, Borboleta, dos Pássaros, Residencial Emmel, Priesnitz, Prass, Mass, Rodoviária, Vorpagel, Santa Bárbara, Portobello, Syperreck, Trento, Vale do Sol, Heimerdinger, Andorinha I e II e Porto Alegre.

Conforme Adriano Freitag, secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Sustentável, a recolha nesta região será realizada após o dia 14 de junho e todos os materiais inservíveis devem ser depositados em frente às residências.

Adriano explica que uma equipe da secretaria sempre está atuando nesse trabalho e é solicitado aos moradores do setor 3, para que todos sigam o cronograma, pois a intenção é, principalmente, eliminar possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.