Conectado com

Geral

Ministério Público sobrevoa área e se diz contra reabertura da estrada do colono

Assessoria

O Ministério Público Federal em Foz do Iguaçu realizou na última semana sobrevoo de helicóptero no Parque Nacional do Iguaçu e constatou a regeneração total da vegetação na área do leito da antiga Estrada do Colono.

A reabertura provocaria gravíssimos danos ambientais 

A diligência foi realizada para instruir um inquérito civil que apura a possibilidade de reabertura da rodovia no interior do parque, entre os municípios de Serranópolis do Iguaçu e Capanema.

Projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados prevê a reabertura da estrada, sob a justificativa de restaurar as relações socioeconômicas e turísticas nas regiões Oeste e Sudoeste do Paraná, o que para o Ministério Público Federal representa grave risco para a Unidade de Conservação.

Durante o sobrevoo, o comandante da aeronave da Polícia Rodoviária Federal teve dificuldade de localizar a área da antiga estrada, devido ao completo estado de regeneração da floresta.

O antigo leito da estrada já desapareceu sob a vegetação, razão pela qual sua localização só foi possível por meio das coordenadas geográficas com uso de GPS.

A procuradora da República Daniela Caselani Sitta e o técnico de segurança institucional do MPF, Jean Matheus Tessari Wagner, observaram que da antiga estrada resta apenas uma “cicatriz” em meio à floresta, ou seja, um discreto “risco” em alguns pontos onde a mata regenerada no antigo leito ainda é mais baixa.

De acordo com o que foi apurado pelo MPF, a reabertura da estrada exigiria um desmatamento de 20 hectares dentro do Parque Nacional do Iguaçu, área que se regenerou nos últimos 16 anos, desde o fechamento definitivo da Estada do Colono por uma decisão judicial.

Para a promotoria, a reabertura da estrada provocará os seguintes danos ambientais: a “ruptura” do ecossistema, com o consequente isolamento de animais, pois algumas espécies não atravessam áreas desmatadas; erosão e assoreamento de cursos d’água; o chamado “efeito de borda”, que consiste na alteração nas condições microclimáticas (temperatura, umidade, insolação e vento ), e produz grande desequilíbrio no bioma como um todo; morte de animais por atropelamento; difusão de doenças e contaminação biológica devido ao tráfego de veículos e de pessoas; risco de degradação ambiental por acidentes de trânsito dentro do Parque, com o consequente vazamento de combustível; a facilitação da presença de pescadores, caçadores e palmiteiros.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Saúde realiza capacitação sobre manejo de curativos e cicatrização de feridas

A Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon promoveu, entre terça-feira (22) e hoje (25), a primeira capacitação sobre feridas, coberturas e curativos. Os trabalhos foram conduzidos pela enfermeira Andréia Guissardi, responsável pelo Controle de Infecção Hospitalar e pelo Núcleo de Segurança do Paciente, pela enfermeira Bruna Thalita Correa Cunha, coordenadora do SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar) e pelo doutor Carlos Martins Fontes, médico do SAD.

O público-alvo dos sete grupos esteve formado por médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde lotados na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Hospital Municipal Dr. Cruzatti, UBS (Unidades Básicas de Saúde) e SAD.

Presente na abertura da capacitação, a secretária municipal de Saúde, Marciane Specht, expôs que o objetivo foi abordar conceitos importantes no processo de cicatrização de feridas, fases de cicatrização, o manejo adequado, bem como a orientação sobre os materiais disponibilizados pela administração municipal para serem utilizados como coberturas de feridas e de lesões.

“Nosso município conta com uma boa estrutura de materiais e de coberturas, sendo necessário que os profissionais estejam alinhados em torno de um mesmo protocolo visando à tomada de decisões e condutas para que o tratamento das feridas e das lesões seja bem-sucedido”, frisa Marciane.

Pode ser uma imagem de 4 pessoas e pessoas em pé

Pode ser uma imagem de 8 pessoas, pessoas sentadas e pessoas em pé

Pode ser uma imagem de 2 pessoas, pessoas em pé e texto que diz "Tipos de desbridamento desbridamento Desbridamento de hiperqueratose 3Hangawor SKINaOP KangliFilm"

Nenhuma descrição de foto disponível.

Pode ser uma imagem de área interna

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Revitalização das fachadas do centro de eventos rondonense

Segue a revitalização das fachadas do centro de eventos rondonense. A parte frontal, após receber lixamento, correção de rachaduras e substituição de madeiras danificadas, começa a ser pintada. A empresa vencedora do processo licitatório é a Raport Pinturas LTDA. O valor do investimento é de R$ 368.680,25, com recursos próprios do município.

Nenhuma descrição de foto disponível.

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e ao ar livre

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Presos envolvidos em assalto com sequestro da vítima em Marechal Rondon

Dois homens, de 32 e 35 anos, foram presos após sequestrar uma pessoa e roubar a caminhonete dela, no início da noite desta quinta-feira, em Marechal Cândido Rondon.

Segundo informações da Polícia Militar de Toledo, dois veículos foram avistados andando em alta velocidade, ao receberem voz de parada, o Fiat Stilo estacionou na frente de um estabelecimento comercial e a Toyota Hilux empreendeu fuga.

O motorista tentou atropelar um policial, que conseguiu efetuar três disparos no pneu traseiro.

Em certo momento, a caminhonete rodou na pista e os ocupantes começaram a fugir a pé, mas foram abordados logo em seguida.

A equipe policial ainda recebeu informações de que eles amarraram a vítima e jogaram ela no meio do mato.

Eles ainda obrigaram ela a fazer a transferência de 1 mil via Pix.

Com eles havia duas chaves micha e 119 reais em espécie e foram até Toledo para tentar esconder o veículo que haviam roubado.

Equipe da PM encaminhou os dois detidos para a 20ª SDP de Toledo, onde ficam a disposição da Justiça.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.