Conectado com

Geral

Mundo Novo vai sediar primeira etapa do Projeto Mais Verão nos Lindeiros

A Itaipu Binacional, o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e administrações municipais se preparam para o início do programa Mais Verão nos Caminhos ao Lago de Itaipu, que, nesta edição, ocorrerá de 27 de novembro deste ano a 27 de fevereiro de 2022.

 

As atividades vão abranger todos os municípios 

 

Serão 10 etapas, com a participação de 16 municípios, e muita novidades marcam o evento neste ano, tanto na programação, quanto com atrações culturais.

Diferente de anos anteriores, nesta edição serão, no máximo dois municípios que sediarão as competições e atividades a cada final de semana.

Além disso, há a inclusão de apresentações culturais e educacionais na programação, com temáticas ambientais e de sustentabilidade.

Serão cortejos circenses, com elementos da natureza, e um teatro para sensibilização a respeito de questões ambientais nos municípios durante a realização das etapas.

Dias 27 e 28 de novembro, o município de Mundo Novo, em Mato Grosso do Sul, abre a edição 2021/2022 com a modalidade principal de futebol de areia.

Dias 04 e 05 de dezembro o evento será sediado por Terra Roxa, com vôlei de praia; e nos dias 11 e 12 de dezembro dois municípios recebem o Mais Verão.

Em Pato Bragado será disputado o futebol de areia e em Medianeira o vôlei de praia.

O Mais Verão será retomado dias 15 e 16 de janeiro de 2022 em São José das Palmeiras, com o futebol de areia.

Dias 22 e 23 as competições ocorrem em Marechal Cândido Rondon e São Miguel do Iguaçu, com vôlei de praia.

Dias 29 e 30 de janeiro Mercedes tem como atividade principal o futebol de areia e Missal o futebol 7.

Outras quatro etapas ocorrerão nos dias 05 e 06 em Itaipulândia com a bocha de areia e Entre Rios do Oeste com handebol de areia.

Nos dias 12 e 13 de fevereiro Santa Terezinha de Itaipu terá futevôlei e Diamante d’Oeste futebol de areia; e nos dias 19 e 20 de fevereiro Santa Helena realiza o vôlei de praia e Guaíra o futebol de areia.

A última etapa será em Foz do Iguaçu, dias 26 e 27 de fevereiro com vôlei de praia.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Saiba como funciona o retorno do imposto ao consumidor por meio do Nota Paraná

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O programa alcançou no ano passado a marca de 4 milhões de pessoas inscritas. Desde o começo, mais de R$ 2 bilhões em recursos já foram devolvidos aos participantes cadastrados.

 

O programa Nota Paraná, vinculado à Secretaria de Estado da Fazenda, possui apenas dois filtros para gerar créditos: atividade preponderante da empresa e faturamento. Ou seja, os créditos do programa Nota Paraná variam conforme o valor do imposto efetivamente recolhido pelo fornecedor, o número de consumidores que forneceram o CPF/CNPJ nas suas compras e o valor das compras de cada consumidor.

O Nota Paraná é um programa para incentivar o consumidor a exigir o documento fiscal no momento de uma compra. Os créditos e prêmios podem ser compensados em conta bancária ou usados para abatimento do IPVA. Ele foi criado em 2015 e está sendo aprimorado ano a ano, como a implementação do Paraná Pay, do bilhete em dobro e do repasse dos créditos de utilização em postos de combustíveis.

O programa alcançou no ano passado a marca de 4 milhões de pessoas inscritas. Desde o começo, mais de R$ 2 bilhões em recursos já foram devolvidos aos participantes cadastrados.

Para esclarecer melhor este processo de retorno do percentual de imposto aos consumidores, a Secretaria de Estado da Fazenda convidou a coordenadora do Nota Paraná, Marta Gambini, a responder algumas perguntas.

Quanto o consumidor pode receber pedindo o CPF na Nota?

O crédito é devolvido de acordo com o faturamento das empresas, sendo 15% para pequenas e 5% para grandes, com a nova regulamentação do programa, implementada em 2022. Ou seja, não há um valor específico. E ele aumenta conforme o consumo.

Como as empresas devolvem este percentual?

As empresas calculam mensalmente o imposto a pagar. Este valor é incerto, pois depende de variáveis como o valor total do faturamento e o volume de compras no mês. Ou seja, mesmo que o consumidor compre o mesmo produto pelo mesmo valor, o valor a ser devolvido muda, pois o retorno depende de quantas pessoas pediram o CPF nas compras ou doaram para as entidades sociais.

Todas as compras geram créditos ao consumidor?

Se as empresas não recolherem o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), não é possível gerar créditos para o consumidor ou organização sem fins lucrativos que participam do programa. Alguns itens oferecem mais benefícios porque possuem uma carga maior de ICMS. É com este imposto que o Nota Paraná realiza os cálculos para determinar o valor a ser restituído aos consumidores.

Por ser uma devolução do imposto, é necessário aguardar o pagamento ser realizado pelos lojistas para que o Governo do Estado possa calcular o valor a ser devolvido. Com isso, não é possível calcular no ato da compra o quanto será disponibilizado de retorno para o cidadão.

Alguns municípios tem programas similares relacionados a outros impostos, como o ISS (Imposto Sobre Serviços), que é uma das principais fontes de receita das prefeituras.

Como funciona o cálculo para gerar créditos?

O cálculo acontece dessa forma: a Fazenda aguarda até o terceiro mês depois da compra para o fechamento e pagamento do imposto pelos lojistas, aí é calculado 15% do que foi pago e, por fim, este valor é dividido proporcionalmente entre todos que pediram CPF na nota.

As informações necessárias para o cálculo dos créditos, como recolhimentos do imposto pelo estabelecimento comercial, chegam à Sefa ao longo dos dois meses seguintes ao mês em que a compra foi efetuada. Por isso o cálculo dos créditos só pode ser feito no terceiro mês após sua aquisição. Também não importa se a compra é de um produto que não paga imposto. Se o estabelecimento pagou ICMS, então quem pediu CPF na nota recebe sua parte da devolução.

O consumidor pode não receber créditos pelo programa?

Em alguns casos, esse valor poderá ser zero. Isso ocorre por alguns motivos. Exemplos: no caso do estabelecimento não ter imposto a recolher no período; se o estabelecimento não recolher o imposto devido no período de cálculo dos créditos; ou quando o estabelecimento comercial não informa, dentro do prazo, os dados necessários à Secretaria da Fazenda e na hipótese dos dados informados pelos estabelecimentos apresentarem divergências.

Como o consumidor recebe bilhetes eletrônicos?

Toda primeira compra no mês gera um bilhete ao participante do programa para os sorteios mensais, independentemente do valor gasto nas compras. Depois, cada R$ 200 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período. Já com o bilhete em dobro do Nota Paraná, nas compras de combustíveis e gás de cozinha, a cada R$ 200 em notas fiscais geradas o contribuinte tem direito a dois bilhetes, aumentando suas chances de ganhar.

Importa esclarecer que os bilhetes ficam disponíveis no portal de acesso ao Nota Paraná a partir da liberação dos créditos para a realização do sorteio.

O consumidor concorre a prêmios mensais?

Essas compras geram bilhetes para os sorteios mensais, por isso é importante sempre pedir CPF na nota e se cadastrar pelo site do programa, caso ainda não tenha o cadastro, pois mesmo sem gerar créditos, a emissão da nota fiscal traz vantagens para todos. Além do prêmio milionário (R$ 1 milhão por mês), também são contemplados um contribuinte com o valor de R$ 200 mil, 40 com prêmios de R$ 10 mil e 40 mil com prêmios de R$ 10. Já as entidades sem fins lucrativos concorrem a valores de R$ 100 e R$ 20 mil.

O Programa Paraná Pay também realiza sorteios mensais para uso exclusivo nos estabelecimentos credenciados. A cada mês serão distribuídos 8 mil prêmios de R$ 100, totalizando R$ 800 mil. Os contribuintes que fizeram o aceite do Paraná Pay concorrem em ambos os programas.

O que é Paraná Pay?

O Paraná Pay é uma nova opção de utilização dos créditos do Programa Nota Paraná e foi criado com o objetivo de fomentar o setor de turismo do Estado. Neste ano foi implementada a possibilidade de utilização em postos de combustíveis e para compra de gás de cozinha.

Para participar, é necessário efetuar o cadastro no Programa Nota Paraná. Quem está cadastrado deverá concordar que os créditos e prêmios que compõem o saldo do Paraná Pay são para uso exclusivo em atividades turísticas (hospedagem, alimentação, agenciamento, transporte, recepção turística, eventos, recreação e entretenimento), além de postos e compra de gás.

Para acumular e resgatar créditos, o que precisa ser feito?

Para acumular seus créditos basta exigir, nos estabelecimentos comerciais, o documento fiscal no ato da compra, informando seu CPF ou CNPJ. Após o cálculo e liberação dos créditos, efetuado pela Secretaria de Fazenda, o consumidor poderá selecionar uma das opções de utilização dos créditos disponíveis no sistema. Para resgate dos créditos é necessário ter o cadastro no portal do Programa Nota Paraná.

As notas fiscais eletrônicas têm prazo de 24 horas para constar no extrato do Nota Paraná. Se após 24 horas, a nota fiscal não constar, o consumidor pode registrar uma reclamação em sua conta no portal, na aba “Minhas Reclamações” ou denunciar loja no aplicativo. O prazo para registro de reclamações é até o último dia do mês subsequente ao da aquisição da mercadoria.

Fonte: AEN
Continue Lendo

Geral

Anatalício Risden Júnior é indicado para a presidência de Itaipu

Atualmente ele é diretor financeiro executivo da binacional.

Após confirmado o pedido de exoneração do general João Francisco Ferreira,  o Ministério de Minas e Energia confirmou a indicação do vice-almirante da reserva Anatalício Risden Júnior, de 62 anos, para o cargo de diretor-geral brasileiro de Itaipu.

Ele atualmente ocupa o cargo de diretor financeiro executivo da binacional.

Natural de Curitiba , Risden Júnior tem 40 anos de serviços prestados à Marinha do Brasil, é bacharel em Ciências Navais, com especialização em Intendência para Oficiais; pós-graduado em Administração Financeira pela Escola de Pós-graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas .

 

Continue Lendo

Geral

Veja as vagas disponíveis na Agência do Sine de Marechal Rondon

São quase 400 vagas abertas

Relação das vagas de trabalho disponíveis na Agência do Trabalhador – M C RONDON

Informações atualizadas em 26 de janeiro de 2022

Temos 393 vagas abertas nas diversas funções profissionais

 

• AGENTE DE MICROCRÉDITO

• AÇOUGUEIRO

• AJUDANTE DE AÇOUGUEIRO

• AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA

• AJUDANTE DE ELETRICISTA

• AJUDANTE DE ESTRUTURAS METÁLICAS

• AJUDANTE DE MOTORISTA

• AJUDANTE DE PINTOR

• AJUDANTE DE SERRALHEIRO

• ANALISTA CONTÁBIL

• ANALISTA DE GESTÃO DE ESTOQUE

• ANALISTA DE PCP

• ARMAZENISTA

• ATENDENTE DE BALCONISTA

• ATENDENTE DE BALCÃO

• ATENDENTE DE PADARIA

• AUXILIAR ADMINISTRATIVO

• AUXILIAR DE ALMOXARIFADO

• AUXILIAR DE CONFEITEIRO

• AUXILIAR DE COZINHA

• AUXILIAR DE COZINHA – (17:30 AS 23:30 HORAS)

• AUXILIAR DE ELETRÔNICA

• AUXILIAR DE EXPEDIÇÃO

• AUXILIAR DE FATURAMENTO

• AUXILIAR DE LIMPEZA

• AUXILIAR LINHA DE PRODUÇÃO

• AUXILIAR DE MANUTENÇÃO PREDIAL

• AUXILIAR DE MARCENEIRO

• AUXILIAR DE MECÂNICO DE AUTOS

• AUXILIAR TÉCNICO DE CONTROLE DE QUALIDADE

• AUXILIAR TÉCNICO DE ELETRÔNICA

• AUXILIAR DE TORNEIRO MECÂNICO

• AUXILIAR DE VIDRACEIRO

• AUXILIAR EM SAÚDE BUCAL

• AUXILIAR NOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO

• AUXILIAR TÉCNICO DE MECÂNICA

• AUXILIAR TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO

• AUXILIAR TÉCNICO NA MECÂNICA DE MÁQUINAS

• BALCONISTA

• BOBINADOR – ELETRICISTA

• BORRACHEIRO

• CAIXA

• CARPINTEIRO

• CARPINTEIRO AUXILIAR

• CHURRASQUEIRO

• COLETOR DE LIXO

• CONSULTOR DE VENDAS

• CONTÍNUO

• CORTADOR A MÃO

• COSTUREIRA GERAL

• COZINHEIRA GERAL

• CUIDADOR DE IDOSOS – IGUIPORÃ

• ELETRICISTA

• ELETRICISTA AUXILIAR

• ELETRICISTA DE INSTALAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES

• ELETRECISTA DE MANUTENÇÃO EM GERAL

• EMBALADOR A MÃO

• EMPREGADA DOMÉSTICA

• ENCARREGADO DE ESTOQUE

• ENCARREGADO ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES

• ESTOFADOR DE MÓVEIS

• FAXINEIRO – NOVO TRÊS PASSOS

• FUNILEIRO DE MANUTENÇÃO

• FUNILEIRO MONTADOR

• GERENTE DE VENDAS

• LAVADOR DE VEÍCULOS

• LEITURISTA – COM MOTO PRÓPRIA

• MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE CAMINHÃO A DIESEL

• MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA

• MOTORISTA DE CAMINHÃO

• MOTORISTA ENTREGADOR

• OFFICE-BOY

• OFICIAL DE SERVIÇOS GERAIS

• OPERADOR DE CAIXA

• OPERADOR DE CALDEIRA

• OPERADOR DE INJETORA DE PLÁSTICO

• OPERADOR DE SECADOR DE RESÍDUOS

• ORIENTADOR DE ENSINO

• PEDREIRO

• PINTOR – RETOQUES

• PINTOR DE ESTRUTURAS METÁLICAS

• PINTOR ( RETOQUES)

• PROMOTOR DE VENDAS

• RECEPCIONISTA

• REPRESENTANTE COMERCIAL AUTÔNOMO (ENERGIA SOLAR)

• SAFRISTA

• SERRALHEIRO

• SERRALHEIRO DE ALUMINIO

• SERVENTE DE LIMPEZA

• SERVENTE DE PEDREIRO

• SOLDADOR

• TÉCNICO DE GARANTIA DA QUALIDADE

• TÉCNICO EM MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS

• TORNEIRO MECÂNICO

• TRABALHADOR SUINOCULTURA – NOVO TRÊS PASSOS

• TRABALHADOR SUINOCULTURA – TRÊS IRMÃS – MERCEDES

• VENDEDOR INTERNO

• VENDEDOR PRACISTA

• ZELADOR

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.