Conectado com

Geral

Nova gasolina se torna obrigatória em agosto e deve ser mais cara

Ilustrativa

 De acordo com a ANP, melhora na qualidade vai permitir redução de 4% a 6% no consumo do combustível por quilômetro rodado

A partir do próximo dia 3 de agosto, toda a gasolina vendida no país terá que seguir novas especificações da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) que melhoram o rendimento dos veículos. A expectativa, porém, é que a melhoria da qualidade tenha impacto no preço do combustível.

 

As novas especificações foram definidas pela ANP em janeiro, com o objetivo de preencher lacunas na legislação que permitiam a produção ou importação de gasolina de menor qualidade. As novas regras estipulam uma massa específica mínima e um valor mínimo de octanagen RON (sigla em inglês para número de octanas pesquisa).

 

Na primeira fase das mudanças, que entram em vigor em 3 de agosto, o valor mínimo de RON será 92. Em janeiro de 2022, o número é elevado para 93, mais próximo dos 95 vigentes na maior parte da Europa. Para a gasolina premium, o valor mínimo será de 97 já em agosto deste ano.

As mudanças nas especificações eram defendidas pelas montadoras de veículos por facilitar o ajuste dos motores, mas esbarrava nas características do parque de refino da Petrobras. A estatal diz que vem preparando suas refinarias há alguns meses e que hoje todas já produzem seguindo as novas especificações.

Segundo a estatal, a melhora na qualidade vai permitir redução de 4% a 6% no consumo de gasolina por quilômetro rodado. A Petrobras diz ainda que a nova especificação da gasolina melhora o desempenho do motor, a dirigibilidade e o tempo de resposta na partida a frio, além de manter aquecimento adequado do motor.

A ANP acrescenta que a mudança vai permitir a introdução no país de motores mais eficientes, com menor consumo e menos poluentes. Antes de janeiro, as regras brasileiras não estabeleciam limites mínimos de massa específica nem valor mínimo de RON, o que permitia a importação de gasolinas mais leves.

O mercado de combustíveis espera elevação do preço com a venda de uma gasolina mais nobre. Segundo a Argus Media, empresa especializada em preços de commodities energéticas, contratos de importação de gasolina americana para o Brasil já trazem novos parâmetros de preço.

As cargas negociadas para desembarque e agosto estão, em médio, US$ 0,05 por galão (o equivalente a R$ 0,07 por litro) mais caras do que a média apurada em maio e junho. Enquete feita pela empresa no mercado apontou expectativas de elevação do preço entre US$ 0,04 e US$ 0,07 por galão (R$ 0,05 a R$ 0,09 por litro)

A Petrobras diz que eventual elevação de preço será compensada pelo ganho de rendimento do motor, “porque o consumidor vai rodar mais quilômetros por litro”. A empresa destacou ainda que o preço é definido pela cotação no mercado internacional e tem outras variáveis, como frete e câmbio, que podem influenciar o valor final.

O preço de venda da gasolina pelas refinaras da Petrobras representa 28% do preço final do combustível – o restante são impostos e margens de lucro de postos e distribuidoras. Desde maio, com a recuperação das cotações do petróleo, a estatal promoveu oito reajustes no combustível, com alta acumulada de 60%.

Fonte: GauchaZH

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Idosa desaparece no distrito rondonense de Margarida

Divulgação

Antoninha Paradzinski saiu de casa ontem pela manhã e não retornou mais

 

Nesta segunda-feira (30) Polícia e Bombeiros de Marechal Cândido Rondon foram acionados no distrito de Margarida após o desaparecimento de uma senhora de 67 anos.

A filha da idosa registrou um boletim de ocorrência por volta do meio-dia de ontem, no qual relata que a mãe saiu de casa ontem pela manhã sem avisar ninguém e não retornou.

Buscas foram iniciadas na tentativa de localizar Antoninha Paradzinski.

Informações sobre o paradeiro da senhora Antoninha podem ser passadas para os telefones da família (45) 99951-3041 e (45) 99815-1045, ou para Polícia Militar pelo 190.

 

Fonte: Aquiagora

Continue Lendo

Geral

Acidente com ônibus que se deslocava a Foz do Iguaçu mata 07 e fere 22 pessoas

Foto: Divulgação/PRF

Na madrugada desta terça-feira, 07 pessoas morreram, entre elas uma criança de 03 anos, e 22 ficaram feridas com o tombamento de um ônibus na BR-277 em Fernandes Pinheiro, na região central do Paraná.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, além de um menino argentino, as vítimas são duas mulheres e quatro homens.

Uma delas, também argentina, é mãe da criança.

54 passageiros estavam a bordo do veículo e 26 não se machucaram, entre eles o motorista.

O veículo pertence à Viação Catarinense e saiu de Florianópolis, Santa Catarina, com destino a Foz do Iguaçu.

Os corpos estão foram recolhidos e levados para o Instituto Médico Legal de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, enquanto os feridos foram encaminhados a hospitais de Irati.

 

Fonte: G1 Paraná

Continue Lendo

Geral

Cojem Marechal realiza hoje 2ª etapa do processo seletivo para novos membros

A segunda etapa do processo seletivo para novos membros do Conselho do Jovem Empreendedor de Marechal Candido Rondon, núcleo setorial vinculado à Associação Comercial e Empresarial, acontece nesta terça-feira, a partir das 19h30, na sede da entidade.

Quinze jovens empreendedores ou líderes em seus segmentos nas empresas em que atuam participam do processo, que teve início na última terça-feira, dia 24.

Com idade entre 18 e 39 anos, os candidatos que desejam integrar o Cojem Marechal buscam desenvolver seu espírito de liderança e adquirir mais conhecimento sobre empreendedorismo.

Na primeira fase, a vice-presidente do Cojem e coordenadora do processo seletivo para ingresso de novos membros, Alana Muxfeldt Ferreira, apresentou os pilares do associativismo, o funcionamento do Cojem Marechal, da Acimacar, das coordenadorias estaduais, da Faciap Jovem e dos órgãos nacionais ligados ao associativismo.

Nesta primeira etapa os candidatos preencheram um formulário de avaliação para conhecê-los melhor, saber dos seus objetivos e o almejam realizar enquanto membros do Cojem.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.