Conectado com

Geral

OMS prevê que pandemia da covid-19 durará muito tempo

O Comitê de Emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê que a pandemia da covid-19 irá durar muito tempo e, por isso, é necessário continuar os esforços para a sua contenção em todo o mundo.

Segundo dados oficiais da OMS, a doença já provocou 675.060 mortos e infectou quase 17,4 milhões de pessoas em todo o mundo.

O grupo de cientistas, que se reuniu por videoconferência, avaliou a evolução da pandemia de covid-19, tendo em conta toda a informação científica que surgiu sobre o novo coronavírus nos últimos três meses, data da última reunião.

O Comité de Emergência da OMS é composto por 18 cientistas de vários países.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, revelou que “a pandemia é uma crise sanitária que ocorre uma vez em cada século e os seus efeitos serão sentidos nas décadas seguintes”.

O responsável fez também um balanço do que tem acontecido, salientando que “muitos países que pensavam que o pior já tinha passado estão agora enfrentando novos surtos, outros que tinham sido menos afetados estão com aumentos de casos e de óbitos, enquanto países que tiveram grandes surtos conseguiram controlá-los”.

Entre as principais recomendações que o Comitê de Emergência dirigiu à OMS está a necessidade de continuar a apoiar os países com serviços médicos mais frágeis, bem como a necessidade de continuar a impulsionar as investigações em curso para se encontrar um ou mais tratamentos e vacinas para a covid-19.

O objetivo é que, quando existir uma vacina, os países com menos recursos não fiquem de fora por incapacidade de comprar, ou seja, defendeu o Comitê, afirmando que a distribuição de vacinas deve ser a mais equitativa possível.

Atualmente três potenciais vacinas (dos Estados Unidos, da Inglaterra e China) estão na fase três dos ensaios clínicos, para testar a sua segurança e eficácia.

A OMS referiu a este propósito que poderá ser possível que uma vacina esteja pronta para comercialização “na primeira metade de 2021”.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

ACP e Fecomercio publicam nota pedindo cumprimento dos protocolos de

Entidades pedem que protocolos sejam seguidos para evitar fechamento de comércio não essencial no Paraná.

 

Aumento expressivo dos casos de Covid-19 exige o cumprimento dos protocolos de segurança

 

Em nota conjunta, assinada pelos respectivos presidentes, a  Associação Comercial do Paraná e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná – Fecomércio –  pedem que os comerciantes sigam rigorosamente os protocolos sanitários para evitar que o Poder Público adote medidas mais duras do Paraná, como o fechamento de estabelecimentos não essenciais.

Diz o comunicado que, “na medida do possível, os empresários que puderem reduzir as atividades presenciais devem  fazê-lo, promovendo o home office.

A medida foi tomada pelas duas entidades, diante do significativo aumento no registro de casos de Covid, especialmente nas últimas duas semanas,  das notícias de que vários hospitais já atingiram a capacidade máxima de atendimento, tanto em enfermarias quantos em UTIs.

ACP  e Fecomércio   dizem que o momento exige atenção, participação e responsabilidade de todos e que a  flexibilização ocorrida nos últimos meses, após o confinamento mais rígido no início da pandemia, pode ter passado uma falsa sensação de segurança, o que levou grande parte das pessoas a relaxarem nos cuidados.

“O  cenário que se apresenta no momento, com números de casos e de internações em crescimento preocupante, leva-nos a retomar com o máximo  rigor as consagradas regras de comportamento em nosso dia a dia, especialmente aquelas que dizem respeito ao distanciamento social”, conclui  o documento assinado  por  Camilo Turmina, presidente da  ACP e

Ari Faria Bittencourt, presidente em exercício da  Fecomércio-Pr.

Continue Lendo

Geral

1º sorteio da campanha Natal Premiado Acimacar acontece hoje

Acimacar

Acontece nesta segunda-feira, o primeiro sorteio da campanha Natal Premiado Acimacar, que será de forma online, com transmissão ao vivo pelo site e facebook da Difusora.

Neste sorteio, serão premiados 55 pessoas com: um vale-compras de R$ 2 mil, quatro vales-compras de R$ 1 mil, 20 vales-compras de R$ 500 e 30 vales-compras de R$ 300.

A vice-presidente do Comércio da Acimacar, Geovana da Silva Krause, fala sobre o sorteio de logo mais..

 

Continue Lendo

Geral

Pais com filhos na fila de espera em CMEI’s devem atualizar cadastro

A Secretaria de Educação de Marechal Rondon lançou recentemente um edital convocando pais ou responsáveis por crianças que se encontram na fila de espera para matrículas em CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil). O prazo termina no dia 16 de dezembro. Os pais devem comparecer na prefeitura para realizar a obrigatória atualização de cadastro a fim de confirmar seu interesse em permanecer na lista de espera, bem como atualizar endereços, telefones e demais dados pessoais.
A não atualização do cadastro no período indicado implicará na exclusão do nome da criança na lista de espera.
Fonte: Assessoria
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.