Conectado com

Policial

Operação Hórus já aprendeu mais de 100 milhões de reais de contrabando na região

As apreensões de cigarros contrabandeados realizadas pela Operação Hórus nas fronteiras do Paraná já somam R$ 100 milhões.

O último balanço apontava que de abril a outubro já havia sido apreendidas 18,7 milhões de maços de cigarro, o que somava R$ 99,8 milhões, mas de acordo com o coordenador-geral de fronteiras da Secretária de Operações Integradas, Eduardo Bettini, o número já chega a 20 milhões de maços, aproximadamente R$ 100 milhões.

No Paraná, o maior problema das fronteiras é o cigarro, por isso o volume é tão significativo, mas o foco das organizações criminosas muda a cada estado, assim como a estrutura é cada vez mais diversificada.

Além das apreensões, Eduardo cita a mudança de paradigma que a Operação trouxe ao combate ao crime nas fronteiras, com o bloqueio de passagens em alguns pontos, cessando as atividades criminosas com a presença constante das forças de segurança.

Além dos cigarros apreendidos, outros números chamam a atenção. Somente relacionado ao pagamento de impostos dos produtos contrabandeados que foram apreendidos, o prejuízo aos cofres públicos evitado na Operação Hórus chegou a R$ 88,4 milhões.

Foram apreendidas 3,6 toneladas de drogas, 145 veículos e 50 embarcações. Esses números somente no Paraná.

No total da Operação, que completou recentemente 200 dias e atualmente abrange também Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, foram apreendidos cerca de R$ 123 milhões em cigarros (21,6 milhões de maços), mais 39 toneladas de drogas, 752 pneus, 1.300 quilos de agrotóxico, 1.312 celulares, 302 veículos e 69 embarcações, e 44 veículos recuperados.

Contudo, no total, a Operação Hórus estima que deixaram de entrar no País R$ 5 bilhões de contrabando nesses sete meses de atuação.

Além da ampliação da área de abrangência e efetivo, estão previstos investimentos em tecnologia e equipamentos.

Cerca de R$ 13 milhões serão investidos na compra e na instalação de equipamentos de radiocomunicação e georreferenciamento ao longo da faixa de fronteira do Brasil com o Paraguai, que vão permitir a comunicação entre os agentes de segurança, com radiocomunicadores digitais criptografados, além de monitoramento por vídeo.

Está prevista a instalação de sete antenas na região de Foz do Iguaçu até Querência do Norte.

Outros R$ 4,5 milhões estão previstos para a manutenção dessa rede e R$ 6 milhões para aquisição de equipamentos optrônicos, como óculos de visão noturna.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Família faz doação de órgãos de rondonense vítima de espancamento: corpo será velado hoje a tarde no Jardim Primavera

Continue Lendo

Geral

Rondonense vítima de espancamento morre no hospital em Toledo

Continue Lendo

Policial

PM de Quatro Pontes apreende motocicleta abandonada com indícios de adulteração de chassi

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.