Conectado com

Geral

Paraná está entre as regiões afetadas por corredor de fumaça de queimadas na Amazônia

INTERVENÇÃO DE PAULA CARDOSO SOBRE IMAGEM DO SISTEMA COPERNICUS

O Paraná está entre as regiões afetadas por um corredor de fumaça proveniente das queimadas na Amazônia, que vem descendo pela América do Sul e chegou escurecer o céu de diversos municípios das regiões mais a Oeste, Norte e Noroeste do Estado.

 O incêndio no Parque de Ilha Grande também contribui 

A relação entre a fumaça e a escuridão que tomou conta de alguns municípios é confirmada pela empresa MetSul Meteorologia.

O diretor do instituto, Alexandre Aguiar, afirmou que o ar no Paraná, assim como São Paulo e outros estados, “está repleto de material particulado de fumaça de queimadas”.

A MetSul diz que há dez dias tem registrado a ocorrência na região Sul de fumaça originada em focos concentrados de incêndio na Amazônia.

O ponto mais crítico de queimadas em Rondônia, no Norte do estado, por exemplo, fica a cerca de 2,5 mil quilômetros de Londrina.

Desde a semana passada um corredor de fumaça se estende do Norte do País, atingindo o Centro Oeste, o Sudeste e o Sul do Brasil, e países vizinhos como Argentina, Uruguai, Peru e Bolívia.

O fenômeno neste ano foi mais intenso em razão da mistura de fumaça com a frente fria que atingiu os estados, incluindo o Paraná, e escureceu o céu na área.

Além do corredor de fumaça provocado por queimadas que vêm desde a Amazônia, no Paraná, o incêndio que já destruiu 62% do Parque Nacional de Ilha Grande, no Noroeste, também contribuiu para a queda na qualidade do ar.

O tempo muito seco e o aumento de incêndios ilegais contribuem para o crescimento dos focos de incêndio na região amazônica, alimentando a formação do corredor.

O Metsul aponta que o salto no número de queimadas neste ano também tem correlação direta com o clima.

Os ventos da Amazônia sopram de leste para oeste, entrando no continente pelo Nordeste do Brasil em direção aos Andes, onde encontram uma grande parede de montanhas de até 5.000 metros na cordilheira.

A fumaça, que costuma concentrar-se entre 1.500 e 2.000 metros de altitude, não consegue ultrapassar esta barreira e desce em direção ao sul da América do Sul, passando o Peru, Bolívia, o Centro Oeste do Brasil e o Paraguai, chegando até o sul do Brasil.

Com os fortes ventos e as queimadas na Bolívia e no Paraguai, a fumaça acabou atingindo o Paraná.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Obras do Trevo de ligação do Contorno Sul entram na reta final

Assessoria

Está em fase de conclusão, a obra do trevo que interliga o Contorno Sul (Anel Viário), a Avenida Irio Welp e o Loteamento Flórida/Gralha Azul.

De acordo com a empresa responsável pela obra, os trabalhos deverão ser concluídos ainda nesta semana nesse trecho, que está sendo aplicada massa asfáltica, além de recapeamento e implantação de meio-fio.

O local também está recebendo o plantio de grama nos canteiros centrais.

O investimento no trevo é de 330 mil reais, sendo que o valor total da obra do Contorno Sul está em 4 milhões e 428 mil reais, sendo 3,5 milhões através de convênio com o Secretaria de Infraestrutura e Logística/Departamento de Estradas e Rodagem, e o restante de contrapartida do município.

Este trevo é uma obra esperada há anos principalmente pelos moradores locais, pois tornará mais seguro o cruzamento da Avenida Írio Welp em direção ao Clube Roda D’Água na junção com o Anel Viário.

O engenheiro da empreiteira que executa a obra, Romeu Shinkawa, solicita aos motoristas atenção especial neste trecho enquanto as obras estão sendo realizadas e as placas ainda não foram instaladas, o que deve acontecer até o fim de semana.

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: céu, grama, atividades ao ar livre e natureza

Fotos: Assessoria

Continue Lendo

Esportes

Municípios lindeiros recebem materiais do Mais Verão 2020

Os diretores de esporte dos municípios lindeiros receberam ontem, em Santa Helena, os materiais esportivos e de recreação do Mais Verão 2020.

As competições e atividades gerais iniciam no próximo sábado em Santa Helena.

Nos demais finais de semana de fevereiro as atividades serão sediadas em outros 14 municípios da região lindeira.

Todos participantes organizam, paralelamente, atividades voltadas à recreação, lazer, cultura e esporte.

O Mais Verão é uma parceria do Conselho dos Lindeiros com Itaipu Binacional e administrações municipais, com apoio do Governo do Estado, no intuito de estimular e fomentar o movimento nas praias e espaços públicos dos municípios que margeiam o Lago de Itaipu.

O foco é o esporte aliado à cultura e lazer com a abordagem a interação social, integração entre os municípios e o estímulo às práticas saudáveis.

A abertura das atividades ocorrerá dias 25 e 26 de janeiro em Santa Helena, com as modalidades de vôlei de praia e futevôlei.

As inscrições para as duas modalidades estão abertas na Secretaria de Esporte e Lazer de Santa Helena, mas também podem ser feitas no dia dos jogos.

 

Continue Lendo

Geral

Diretor geral de Itaipiu visita Santa Helena para conhecer programas ambientais

O diretor geral da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna esteve em Santa Helena na tarde desta terça-feira para conhecer os programas da hidrelétrica no município.

Luna e sua comitiva foram recepcionados pelo prefeito Evandro Grade, o “Zado”, que aproveitou para agradecer os investimentos e parcerias estabelecidas com Santa Helena.

Entre elas, foi mencionado o programa de recuperação de microbacias, estradas, revitalização do Balneário e outros dois convênios que estão sendo firmados, um na área social e o segundo, para reforma e ampliação da Usina de Reciclagem.

Além da visita, houve um sobrevoou por todo o município.

Em solo, as autoridades foram até a chamada “Curva do Ogregon” que recentemente abrigava mais de 170 famílias e atualmente é habitada por apenas 16 famílias.

Neste local, a Itaipu Binacional conquistou na Justiça o direito de reintegração de posse e, hoje, a área está em processo de recuperação ambiental.

Para finalizar, as autoridades se deslocaram até o Balneário, onde houve uma rápida explanação do potencial existente para o turismo no geral, contemplando a natureza aliada a proximidade da cidade.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.