Conectado com

Economia

Pedágio no Paraná sobe nesta semana. Veja valores

Praça de pedágio (Foto ilustrativa)

As tarifas de pedágio nas rodovias do Anel de Integração vão subir de 2,92% a 3,36%. Os porcentuais foram definidos na manhã desta terça-feira (3), em reunião na Agência Reguladora de Serviços Delegados do Paraná (Agepar). A data em que os valores entram em vigor deve ser anunciada nas próximas horas pelo governo estadual, mas já se sabe que os novos preços começam a ser praticados ainda nesta semana.

Para as concessionárias Econorte, Ecovia, Ecocataratas, Caminhos do Paraná e Viapar, as tarifas serão reajustadas em 3,36%. Somente a Rodonorte terá a aplicação de 2,92% de reposição inflacionária, por não ter firmado aditivos contratuais que alteram os parâmetros de reajuste nos últimos anos.

Por contrato, os valores deveriam ter sido reajustados no dia 1º de dezembro. As concessionárias apresentaram os pedidos em novembro, ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que encaminhou o processo à Agepar no dia 25. A agência reguladora tinha o direito de levar até cinco dias úteis para analisar os números – e foi o que aconteceu.

No ano passado, o reajuste também atrasou, principalmente por causa de uma disputa judicial, já que o governo do Paraná entrou na Justiça para tentar evitar a reposição anual, mas a solicitação não foi acatada.

Como é feito o cálculo
O reajuste é feito com base em uma fórmula específica para a recomposição inflacionária, que utiliza indicadores do setor rodoviário. Sendo assim, o valor ficou superior ao Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA), usado para aferir a inflação, que registrou 2,54% no acumulado dos últimos doze meses.

Neste ano, para três concessionárias que firmaram acordo de leniência, reconhecendo irregularidades na gestão dos contratos, o porcentual de reajuste será aplicado em cima dos valores integrais das tarifas e, depois será aplicado o desconto de 30% de desconto, estabelecidos nos acordos. É o caso das empresas Rodonorte, Ecovia e Ecocataratas.

Para a análise do pedido de reajuste de 2019 não foram considerados os erros apontados pela Agepar na forma como o pedágio vem sendo calculado nas últimas duas décadas. O DER informou que não teve tempo de refazer todas as contas antes da avaliação do caso. Por isso, a questão dos valores cobrados de pedágio no Paraná deve voltar a ser discutida em breve, quando as contas forem refeitas.”

Fonte: Gazeta do Povo

Continue Lendo
Publicidade

Economia

IPVA pode ser pago em todos os bancos e casas lotéricas a partir de hoje

Vencimento do tributo é de acordo com o final da placa do veículo.

Começou nesta quinta-feira, de acordo com o final da placa do veículo, o vencimento do IPVA – Imposto sobre Circulação de Veículos Automotores, que pode ser recolhido em qualquer banco e também casas lotéricas.

A ficha de compensação está disponível no site da Secretaria da Fazenda.

Quem optar pelo pagamento parcelado em três vezes deve seguir o calendário que também está disponível na página da secretaria.

Há sete bancos credenciados para recolher o IPVA – Banco do Brasil, Itaú, Santander, Bradesco, Sicredi, Banco Rendimento e Bancoop.

Nestas instituições, com exceção do Banco do Brasil, é possível fazer o recolhimento apenas apresentando o número do Renavan, tanto no caixa interno do banco como no caixa automático.

Quem perder a data de pagamento pode seguir o mesmo procedimento para pagar com atraso.

Será cobrada multa de 0,33% ao dia mais a taxa Selic.

Depois de um mês de atraso a multa é de 10% mais a taxa Selic

O site da Secretaria da Fazenda também permite a consulta de débitos em atraso.

O recolhimento do IPVA é obrigatório para que o Detran emita o licenciamento do veículo, documento que o motorista deve portar em todas as situações.

Em caso de não estar em dia o veículo pode ser apreendido pelo agente de trânsito.

 

Continue Lendo

Economia

Sicredi não cobrará tarifa de cheque especial

Assessoria

Comprometido com o crescimento de seus mais de 4 milhões de associados pelo Brasil, o Sicredi, instituição financeira pioneira do cooperativismo de crédito no Brasil, optou por não cobrar a tarifa mensal de 0,25% para limite de cheque especial acima de R$ 500 reais, que passou a valer desde o dia 6 de janeiro, com autorização do Banco Central.

A tarifa é uma alternativa criada pelo Banco Central para compensar as instituições financeiras brasileiras pela limitação nos juros do cheque especial em 8% ao mês, anunciada em novembro do ano passado e também válida desde a ultima segunda-feira.

A limitação dos juros, segundo o governo federal, visa reduzir o custo e a regressividade do serviço.

Para reforçar o melhor uso do dinheiro, em 2019, as 111 cooperativas de crédito do Sicredi promoveram cerca de 5,5 mil ações em mais de 900 municípios brasileiros durante a Semanal Nacional de Educação Financeira (ENEF), uma iniciativa do Banco Central e do Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF).

 

Continue Lendo

Economia

Empresa não cumpre com documentação e Marechal Cândido Rondon está sem o transporte publico urbano

O município de Marechal Cândido Rondon está sem o serviço de transporte público urbano.

No ano passado, a prefeitura através da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, realizou processo licitatório para concessão do transporte.

Devido ao baixo numero de pessoas que utilizam o transporte no município, houve apenas o interesse de uma empresa, que participou e venceu o certame.

Contudo, na apresentação da documentação da empresa vencedora, houve contestação do Departamento Jurídico da prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

A secretária interina de Mobilidade Urbana, Adriane Kappes Vorpagel, explica a situação e anuncia uma nova licitação para o serviço de transporte público urbano …… Ouça Áudio…..

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.