Conectado com

Geral

Polícia Civil e Polícia Militar realizaram diversas prisões de ladrões nos últimos dias na comarca rondonense

FOTO: POLÍCIA CIVIL

As polícias locais atentas as dinâmicas dos crimes ocorridos nas últimas semanas realizaram diversas ações para coibir os furtos e roubos.

O roubo de uma camionete Amarok ocorrido em 28/07 foi devidamente apurado pela Polícia Civil, com o autores identificados e suas prisões preventivas expedidas, sendo um de Guaíra e outro do Estado de SP, sendo que este foi preso em Toledo e um outro roubo, sendo cumprido assim o mandado de prisão expedido pelo judiciário rondonense. Ainda, a PM de Guaíra recuperou o veículo e diversos objetos, totalizando quase 85 mil reais em recuperação.

Também foram cumpridos mandados de prisões pela PC em desfavor de ladrões de embarcações, crime característico de localidades da beira do alagado, mas que com investigação qualificada foi possível identificar esses autores e efetuar suas prisões.

Ainda, o furto a uma residência ocorrido em 30/07, onde meliantes adentraram a residência da vítima, todos foram identificados, sendo representado pelas prisões preventivas dos autores, sendo que um foi preso pela PM e o outro encontra-se foragido. Este foragido já está identificado em outros 03 crimes de furto na cidade o qual também responderá pelos seus atos, além de ter uma extensa ficha criminal como roubo, furtos e receptação.

Também, a Polícia Militar prendeu em flagrante outros 03 autores de furtos na região, sendo lavrados os respectivos autos de prisão. Um dos autores tentava furtar uma moto após quebrar a trava da direção da mesma quando foi surpreendido pelos militares. Outro estava dentro da residência juntando os objetos para levar quando também foi surpreendido pela ação da PM que o capturou após tentar fugir. E o terceiro, que já estava sendo investigado por um furto ocorrido dias antes onde aparece em imagens de segurança pulando o muro da residência, foi preso por receptação de celulares furtados. Na Delegacia, o celular que o mesmo alegava ser seu, após verificado constatou-se que tratava-se do celular furtado horas antes da empresa Gruber, sendo assim imputado mais este crime ao meliante.

Essas ações com a prisão de 07 ladrões e ainda estando 02 foragidos impactou positivamente nas ocorrências de furtos e roubos na região uma vez que estes são investigados em vários crimes patrimoniais.

Como sempre frisamos as polícias locais estão à disposição da população e sempre contando com a colaboração com denúncias, seja pelo 190 da Polícia Militar ou pelo 197 da Polícia Civil.

FOTOS: POLÍCIA CIVIL

Agricultura

Seminário de Soja e Milho da Copagril será na quinta-feira

A Copagril vai reunir grande parte de seu quadro social nesta quinta-feira, dia 26, na edição deste ano do Seminário de Soja e Milho.

A recepção aos associados será a partir das 13 horas e 30 minutos na AACC, seguindo-se a abertura e duas palestras.

A primeira sobre Seguro Agrícola, instrumento de proteção  de riscos e segunda sobre doenças foliares na cultura da soja.

O presidente da Copagril, Ricardo Chapla menciona que após dois anos,  em função da pandemia, o evento retorna no formato presencial, com importantes informações aos agricultores…….

 

Continue Lendo

Geral

Acimacar promove café e palestra para celebrar o Dia da Indústria

Um café matinal nesta quarta-feira, na Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon reunirá dirigentes e empresários para celebrar o “Dia da Indústria”.

 

Além de recepcionar os associados do setor com café da manhã, para celebrar o Dia da Indústria a entidade também promove a palestra “Indústria 4.0”, com o Engenheiro Mecânico e palestrante credenciado pelo Sebrae, Elpidio Costa.

A Indústria 4.0 engloba um amplo sistema de tecnologias avançadas como inteligência artificial, robótica, internet das coisas e computação em nuvem que estão mudando as formas de produção e os modelos de negócios no Brasil e no mundo.

O evento promovido pela Acimacar objetiva motivar a troca de experiências entre os empresários, trazer conhecimento e novas informações que podem ser aplicadas no cotidiano das empresas, fortalecendo a classe e, consequentemente, o crescimento das empresas e do setor industrial como um todo.

De outra parte, também fazendo parte da programação voltada aos industriais do município, a Acimacar fará nesta sexta-feira o lançamento do Fórum Empresarial 2022.

A  presidente da Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon, Carla Rieger, comenta sobre mais estas duas iniciativas da entidade….

 

Continue Lendo

Geral

Câmara de Vereadores aprova contas do ex-prefeito Edson Wasem de 2007

Foto: Assessoria

Por unanimidade, o Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon aprovou ontem (23) o Projeto de Decreto-Legislativo 6/2022. Ele dispõe sobre a regularidades das contas do Município no exercício de 2007, durante o governo do prefeito Edson Wasem.

A decisão dos vereadores seguiu o Acórdão de Parecer Prévio 24/2022, da Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR).

O órgão fiscalizador foi favorável à aprovação das contas. Porém, apresentou a ressalva de que, naquele ano, o Município realizou movimentação de recursos em banco privado, o que fere o artigo 164 da Constituição Federal, bem como o artigo 43 da lei de Responsabilidade Fiscal.

Como regra, o caixa dos Municípios deve ser mantido em instituições financeiras oficiais, ou seja, aquelas que sejam empresas públicas ou sociedade de economia mista da União ou dos Estados-membros.

Reféns

Na discussão que antecedeu a votação do Projeto de Decreto-Legislativo 6/2022, o vereador Moacir Froehlich defendeu a aprovação das contas do Município do exercício de 2007. Ele, que também foi prefeito de Marechal Cândido Rondon de 2009 a 2016, criticou a ressalva manifestada pelo TCE-PR.

“Este é mais um exemplo do quanto prefeitos e presidentes de Câmara estão enroscados no Tribunal de Contas por coisas mínimas. Falo isso porque também tenho pendências. Não só eu, mas também outros ex-prefeitos no Paraná inteiro”, desabafou Moacir Froehlich.

Segundo ele, por pequenos detalhes, gestores públicos muitas vezes precisam responder a processos e, em diversos casos, são obrigados a devolver dinheiro aos cofres públicos.

“Nosso Tribunal de Contas (do Paraná) é uma máquina de arrecadação de dinheiro de pessoas públicas por coisas ínfimas. Vou aprovar (as contas de 2007) porque sei o quanto isso perturba os homens públicos, pessoas de bem. O prefeito, às vezes, vira refém de pequenas coisas”, lamentou.

Na avaliação de Moacir Froehlich, para que os governos possam executar as obras e ações no ritmo demandado pela população, sem riscos de punições aos gestores públicos por pequenos detalhes, é urgente fazer a reforma administrativa no País. “Para que possamos superar essa burocracia”, ressaltou.

Fonte: Assessoria 
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.