Conectado com

Geral

Prefeitura rondonense reforça trabalho para eliminar possíveis criadouros do mosquito

Como já vinha sendo noticiado nos últimos dias em Marechal Rondon, o número de casos confirmados de dengue tem aumentado consideravelmente.

Na manhã de ontem, após novo boletim divulgado pelas autoridades municipais, confirmou que o município entrou no quadro de epidemia de dengue: ate ontem eram 164 casos já confirmados, destes 154 autóctones e 10 importados.

Ao todo, segundo o boletim de ontem, são 505 casos notificados e destes, 307 estão aguardando resultados de exames.

As autoridades adiantam que esse numero já é maior e um novo boletim será divulgado na manha desta sexta-feira.

O que muda de agora em diante, é que a Regional de Saúde de Toledo deverá solicitar ao governo do estado que tome medidas emergenciais para o combate ao mosquito, como o fumacê, que só é aplicado após ser anunciado estado de epidemia.

A secretária de Saúde, Marciane Specht, explica que “é uma situação que mais cedo ou mais tarde chegaria; e que o poder público está fazendo o dever de casa, porém, parte da população não vem contribuindo”.

Ela destaca que “a cada dia, cargas e mais cargas de entulhos são recolhidas de terrenos residências e muitos focos estão sendo encontrados; em muitos casos, aqueles que estão fazendo a sua parte, estão pagando pelos outros”.

Toda a equipe de endemias trabalha diariamente para eliminar possíveis criadouros do mosquito.

Conforme Sérgio Ratke, chefe do Setor de Endemias, em casos recorrentes são aplicadas notificações e, caso o morador do imóvel não regularize a situação em até 48 horas, é multado.

O valor varia dependendo do número de focos encontrados, podendo chegar a até R$ 1709,00. Se dentro do período de um ano da primeira notificação, novamente focos forem encontrados, o valor da multa poderá dobrar.

 

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Secretário de administração pede exoneração em Mercedes

Conforme determina a legislação eleitoral cidadãos que pretendem concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito ou a vereador nas Eleições Municipais de 2020, devem ficar atentos aos prazos de desincompatibilização para disputar o pleito.

A lei eleitoral estabelece três prazos de desincompatibilização para aqueles que são ocupantes de cargos públicos: 6, 4 e 3 meses antes da realização das Eleições, conforme o grau de potencial influência que candidatos ocupantes de tais cargos possam exercer perante o eleitorado.

Secretários de Estado e Secretários Municipais que pretendem se candidatar ao cargo de prefeito deverão se desincompatibilizar com 4 meses de antecedência.

Em cumprimento a esta determinação, o Secretario de Planejamento, Administração e Finanças de Mercedes Vilson Martins cumpre seu ultimo dia de trabalho hoje.

Diante disso depois destes 3 anos e meio do atual mandato da prefeita Cleci Loffi, Martins fez uma avaliação do trabalho desenvolvido..

 

Apesar de toda importância que a secretaria de Planejamento, Administração e Finanças exige, Martins pondera, que trabalho é realizado em equipe dentro da prefeitura e assume oficialmente sua pré-candidatura a prefeito pelo grupo de situação nas próximas eleições..

 

Considerando a indefinição sobre a data das eleições municipais deste ano, a prefeita Cleci Loffi não deverá de imediato nomear outro secretário de administração.

Continue Lendo

Geral

Diretor do Sine diz que atendimento é normal em Mal Rondon

Desde a ultima segunda-feira as 216 Agências do Trabalhador do Paraná retomaram o atendimento presencial para a intermediação de mão de obra.

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho estabeleceu novas regras para o atendimento presencial, que ocorrerá somente com agendamento prévio, a fim de evitar aglomeração de pessoas.

O horário de funcionamento dos postos de atendimento do Sine nos municípios segue as determinações das administrações municipais para o enfrentamento da Covid-19.

Aqui em Marechal Cândido Rondon, conforme o diretor do SINE. Arli Neodi Costa, o Pereira, o trabalho segue normalmente com ofertas diárias de empregos em empresas do comercio e industria..

 

Continue Lendo

Geral

Rondonense vítima de acidente de trânsito está em coma induzido em hospital de Toledo

O rondonense Marcio Bauermann, de 42 anos, segue em coma induzido no Hospital Campagnolo, na cidade de Toledo.

Ele foi vitima de acidente de trânsito e resultou com fraturas de costelas e traumatismo craniano.

O rondonense está em coma induzido e conforme familiares, os médicos aguardam o prazo de até 72 horas, para que o inchaço do cérebro  possa retroceder.

O acidente aconteceu no ultimo domingo (31) na estrada municipal que liga a sede rondonense ao distrito de Margarida.

Marcio era o condutor de um automóvel Ecosport, que tinha como passageiros seu pai de 70 anos – que sofreu ferimentos leves; sua mãe de 68 que teve fratura de tórax mas está bem; e sua filha de 14 anos que nada sofreu.

Ao deixar o distrito de Margarida sentido a Marechal, o carro ficou desgovernado, saiu para o acostamento e quando retornou para a pista capotou.

Marcio resultou com ferimentos graves e deu entrada no Hospital Rondon; depois foi transferido para o Hospital Campagnolo, da cidade de Toledo, onde segue em coma induzido.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.