Conectado com

Política

Presidente da Câmara avalia como positiva mobilização em torno da 163

Cristiano Marlon Viteck

Autoridades políticas e lideranças empresariais vão tentar de todas as formas evitar a paralisação das obras de duplicação da BR-163, no trecho que liga os municípios de Toledo, Quatro Pontes e Marechal Cândido Rondon.

Lideranças políticas e empresariais, além de outros membros da comunidade, participaram ontem a noite, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Mal. Cândido Rondon, de um encontro com o deputado José Carlos Schiavinato.

Na oportunidade, o parlamentar federal explicou aos presentes a possibilidade de paralisação das obras de duplicação da BR-163, no trecho que liga os municípios de Toledo, Quatro Pontes e Marechal Cândido Rondon.

Em razão da falta de recursos para pagar o grupo de empreiteiras que venceu o processo de licitação pública, foi anunciada recentemente a quase certa paralisação dos trabalhos no mês de outubro.

Essa notícia resultou em uma mobilização política e empresarial dos municípios abrangidos pelas obras de duplicação, cujas lideranças passaram a cobrar providências urgentes dos deputados e senadores paranaenses.

Convocado por autoridades rondonenses, o deputado federal José Carlos Schiavinato esteve ontem na Acimacar e revelou os meios que estão sendo trabalhados para tentar evitar a paralisação da duplicação da 163.

Participante do encontro com o parlamentar, o presidente da Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon, Cláudio Kohler, aponta aspectos positivos em torno da mobilização regional..

De outra parte, em função das obras que estão sendo executadas no viaduto do distrito de Dois Irmãos, em Toledo, a Dnit decidiu pela interrupção do tráfego de veículos naquele trecho a partir do início da semana que vem.

O bloqueio será feito nas próximas segunda, terça e quarta-feira, das 07 as 19h00, com o sistema de pare e cima bem mais longo do que o normal.

Por isso, o Dnit orienta para que os usuários do trecho entre Toledo, Quatro Pontes e Marechal Cândido Rondon optem por outras vias nesses três dias, evitando assim maiores transtornos.

Vale ressaltar que, enquanto autoridades políticas confirmam a possibilidade de paralisação da duplicação da 163 no máximo em outubro, comentários dão conta que o grupo de empreiteiras vencedor da licitação já teria recebido recursos suficientes para dar sequência aos trabalhos até o final do ano.

Em isso se confirmando, segundo fontes ligadas as frentes de obras, a duplicação poderia avançar até as proximidades do Posto da Polícia Rodoviária Federal, em Quatro Pontes.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Festa em período eleitoral resulta em cassação de dois deputados paranaenses

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná cassou na tarde de de ontem, segunda-feira, os mandatos do deputado federal Ricardo Barros, do PP, e do deputado estadual Jonas Guimarães, do PSB, por 3 votos a 2, mas cabe recurso com efeito suspensivo da cassação.

 Para o Tribunal, seria uma tentativa de compra de votos 

Conforme a assessoria de imprensa do TRE, o motivo das cassações foi o comparecimento dos políticos a um jantar, que era uma suposta festa de aniversário, em Barbosa Ferraz, no centro-oeste do Paraná.

O Ministério Público Eleitoral interpretou o evento, ocorrido em 2018 – antes das eleições -, como uma tentativa de compra de votos.

Em um primeiro momento, os deputados não perdem os mandatos por causa do efeito suspensivo dos recursos.

As defesas dos deputados podem recorrer da decisão depois que o acórdão é publicado. Isso deve ocorrer ao longo desta semana, de acordo com o TRE.

O advogado Diego Campos, que defende Ricardo Barros, disse que vai recorrer da decisão, que destoa da jurisprudência Tribunal Superior Eleitoral a respeito do assunto.

Segundo a defesa, o deputado participou do evento como convidado de um jantar em comemoração ao aniversário de Barbosa Ferraz.

A defesa de Jonas Guimarães informou que ele está convicto de que a decisão será reformada pelo TSE “no sentido de confirmar a verdade material dos fatos, pois não existe nos autos quaisquer indícios de irregularidade cometida durante o processo eleitoral”.

Continue Lendo

Geral

Câmara rondonense acaba com voto secreto para veto e cassação de mandato

O Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon aprovou ontem, em definitivo, o Projeto de Emenda à Lei Orgânica 01/2019, de autoria de todos os vereadores.

Deste modo, fica determinado que serão sempre abertas as votações para cassação de mandatos de prefeito e vereadores, bem como de aceitação ou não de veto do Poder Executivo a projetos de lei aprovados pela Câmara.

Pelo texto que vigorava até então na Lei Orgânica de Marechal Cândido Rondon, estas duas votações eram, obrigatoriamente, secretas.

Para que ocorra a cassação de mandato, a decisão será por voto aberto e maioria de dois terços (2/3) dos vereadores.

Já o veto será rejeitado pela maioria absoluta dos edis, também mediante votação aberta.

Arion Nasihgil, vereador de oposição, dá sua opinião sobre o fim do voto secreto..

 

O vereador de centro, Ronaldo Pohl, comenta da aprovação, destacando os últimos casos de processos de cassação de mandatos que foram votados na Câmara Rondonense..

 

O vereador da situação, Valdir Port – Portinho, comemora a aprovação do fim das votações secretas, oferecendo maior transparência à população..

 

Continue Lendo

Geral

Hoje é dia de eleições na Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Hoje é dia de eleições na Universidade Estadual do Oeste do Paraná, para a escolha de Reitor, Vice-Reitor, Direção de Campus e Direção de Centro.

De acordo com o regulamento das eleições a comunidade acadêmica irá às urnas no horário das 8:30 às 22 horas nos campi, das 7 às 22 horas no Huop, das 8:30 às 17:30 na Reitoria e das 8:30 às 19 horas no PTI.

A consulta à comunidade acadêmica movimenta um colégio eleitoral que soma aproximadamente 16.500 pessoas, dos quais 1.279 são docentes, 1.248 são agentes universitários , 2.440 são pós-graduandos, 9.353 acadêmicos presenciais e outros 2.079 EAD .

Ao todo serão 21 cargos eletivos: de reitor e vice-reitor, cinco diretores de campus além de 14 diretores de centros distribuídos nos campus de Cascavel, Toledo, Marechal Cândido Rondo, Francisco Beltrão e Foz do Iguaçu.

Disputam a reitoria , que tem sede em m Cascavel, os professores Edison Leismann, Wilson Zonin e Alexandre Webber.

No campus de Marechal Cândido Rondon, disputam a direção : Davi Felix Schreiner, à reeleição e o servidor da Unioeste, Emilson Nogueira Kaiser.

Para o Centro de Ciências Agrárias: Nardel Luiz Soares Da Silva

Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras: Edilson Hobold e para o Centro de Ciências Sociais Aplicadas: Valnir Alberto Brandt

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.