Conectado com

Política

Processo de cassação do vereador Adelar será julgado no próximo dia 31

Ele chegou a ser preso em flagrante pelo Gaeco

A Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon realiza na quarta-feira da semana que vem, dia 31, a sessão extraordinária de julgamento do processo disciplinar que envolve o vereador Adelar Neumann, do DEM.

 

A sessão que vai decidir se ele terá ou não o mandato cassado está marcada para as 18h00.

O vereador é acusado de exigir parte de salário de funcionário comissionado da Prefeitura, que teria sido indicado por ele ao cargo.

Adelar chegou a ser preso no dia 04 de fevereiro deste ano, durante operação decorrente de investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, em conjunto com a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Marechal Cândido Rondon.

Segundo as autoridades, a prisão teria ocorrido logo após o vereador receber parte do salário do funcionário.

Adelar, que nega a acusação e afirma que o dinheiro era parte do pagamento de um empréstimo, foi solto em 25 de março para responder o processo em liberdade e reassumir o cargo na Casa de Leis.

Na Câmara, o processo disciplinar na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar foi conduzido pela comissão formada por Josoé Pedralli, presidente; Adriano Cottica, relator; e Portinho, membro.

No relatório final sobre o caso, o vereador Adriano Cottica dá parecer favorável à cassação do mandato de Adelar.

Conforme o Regimento Interno do Poder Legislativo e por determinação da Justiça, para que a cassação ocorra são necessários nove votos favoráveis dos 13 vereadores que compõe a Câmara. Adelar também tem direito a voto, na votação que será secreta.

Na defesa do vereador acusado atua o advogado Luciano Katarinhuk.

 

Foto: Cristiano Marlon Viteck

Continue Lendo
Publicidade

Geral

MDB e PL vão compor cabeça de chapa de oposição em Entre Rios do Oeste

Pelo andar da carruagem, o MDB de Entre Rios do Oeste será o cabeça de chapa nas eleições municipais deste ano, tendo como candidato a vice-prefeito o PL.

As tratativas acontecem há um bom tempo e com o fim da janela partidária, no ultimo dia (04), muitos nomes do grupo do atual governo Jones Heiden migraram para a oposição e se filiaram no MDB e PL.

O Partido Liberal ganhou reforços importantes, incluindo os vereadores Alcindo Schneiders; Alessandra Lupges e Loivo Kist.

Da Câmara de Vereadores de Entre Rios do Oeste que também deixou o grupo de situação foi Enio Foliatti, que saiu do PSDB e se filiou no MDB.

Das mudanças ocorridas, agora o grupo de oposição têm a maioria na Câmara de Vereadores de Entre Rios do Oeste, lembrando que já contava com os vereadores do MDB Neymar Krone, o Capivara; e Joaquim Schilindwein.

O partido de oposição MDB também se estruturou para o pleito deste ano de 2020 e nomes importantes foram filiados, como do dentista Vilson Vagner; do ex-secretário municipal Roque Anderle; de Gilberto Portz que foi candidato a prefeito na ultima eleição; da suplente a vereadora Marli Meinerz; do servidor público Luiz Machado ; da empresária Cinthia Johanns; alem de Sidonia Nyland Schneiders; Cesar Tomas; Sinésio Düring; Mariazinha e outras lideranças.

MDB e PL estão alinhados para compor a majoritária na eleição de outubro próximo.

A princípio, segundo informações do presidente do MDB de Entre Rios do Oeste, Vilsinho Lerner, seu partido (MDB) terá o cabeça de chapa e o vice será indicado pelo PL.

Ele adianta que dois nomes estão sendo cotados para concorrer ao cargo de prefeito municipal pelo MDB: o dentista Vilson Vagner e o ex-secretário municipal, Roque Anderle.

A definição, segundo Vilsinho Lerner, ocorrerá mais pra frente, quando uma consulta popular será feita e quem estiver melhor será o candidato.

Já estaria alinhado que o PL indicaria o candidato a vice-prefeito do grupo de oposição, em Entre Rios do Oeste.

O presidente do MDB, Vilsinho Lerner, fala do alinhamento com o PL e confirma que o grupo de oposição está forte e estruturado para as eleições deste ano, em Entre Rios do Oeste.

Ouça entrevista…..

 

Continue Lendo

Política

Adriano Backes reassume cargo de vereador no Poder Legislativo Rondonense

A sessão de ontem da Câmara de Marechal Cândido Rondon foi marcada pelo retorno de Adriano Backes (DEM) ao cargo de vereador.

Ele estava licenciado do mandato desde 17 de julho do ano passado, quando assumiu como secretário municipal de Agricultura e Política Ambiental, cargo que ocupou até a última sexta-feira.

A saída dele do primeiro escalão da administração municipal deveu-se à Lei Eleitoral, que determina que secretários municipais que pretendem concorrer nas eleições devem deixar o cargo até seis meses antes do pleito.

Adriano Backes é pré-candidato a vereador.

Durante o período em que ele esteve ausente do Poder Legislativo, o mandato foi exercido pelo vereador suplente Walmor Mergener (DEM).

No sábado, também encerrou o prazo para que vereadores pudessem trocar de partido sem correr o risco de perder o mandato.

Quatro vereadores rondonenses mudaram de sigla.

Arion Nasihgil trocou o MDB pelo PP e Dorivaldo Kist (Neco) também saiu do MDB e filiou-se ao DEM.

O PL recebeu dois vereadores: Valdecir Schons (Paleta), que deixou o PSB; e Valdir Port (Portinho), que saiu do PTB.

 

Continue Lendo

Geral

Vereador Gordinho do Suco pede moção de repúdio a Copel e solicita reabertura do comércio

Nesse período de pandemia, muitos empresários que estão com suas lojas fechadas, estão se surpreendendo ao receber a fatura da energia elétrica.

Além das tradicionais reclamações do alto valor da fatura cobra pela Copel, alguns rondonenses foram surpreendidos pois mesmo com a empresa fechada, a conta de luz continuou alta e em outros casos, houve até aumento do valor.

O vereador Gordinho do Suco discutiu o assunto na sessão de ontem, da Câmara de Vereadores de Marechal Rondon e solicitou uma moção de repudio a Copel.

Também ontem, Gordinho do Suco defendeu a reabertura do comércio rondonense, destacando que se a situação permanecer, muitos rondonenses sofrerão com a falta de comida e emprego….

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.