Conectado com

Política

Processo de cassação do vereador Nilson inicia terça-feira a oitiva de testemunhas

Ele está afastado do cargo por decisão judicial 

Está marcado para as 08h30 da próxima terça-feira, dia 06, o início das oitivas com as testemunhas arroladas no processo disciplinar contra o vereador rondonense Nilson Hachmann, do PSC.
O processo tramita na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar do Poder Legislativo, que neste caso é presidida por Vanderlei Sauer e tem como relator Arion Nasihgil e Adriano Cottica como membro.
Josoé Pedralli, que é o presidente titular da Comissão de Ética, não participa dos trabalhos por ser o autor da denúncia.
Nilson é acusado de quebra de decoro parlamentar, em denúncia protocolada no Poder Legislativo pelo vereador Pedralli, em 28 de fevereiro.
Ele acusa Nilson de ter utilizado empresas jurídicas em nome de terceiros, mas que seriam de propriedade dele, para participar de processos licitatórios e fazer venda direta à Prefeitura, o que é proibido pela Constituição Federal e pelo Código de Ética Parlamentar do Município.
Pela mesma acusação, o vereador foi preso em 15 de maio durante a Operação Pula-Pula do Gaeco – Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado –  e responde a processo na Justiça.
Colocado em liberdade no dia 23 daquele mesmo mês, desde então Nilson está afastado do cargo na Câmara por determinação judicial.
Para as oitivas de terça-feira a Comissão de Ética convocou duas testemunhas e a defesa outras nove.
Nilson também deverá ser ouvido na mesma data, após os depoimentos de todas as testemunhas.
Ele corre o risco de ter o mandato cassado por quebra de decoro parlamentar: a  decisão caberá ao plenário da Câmara em votação durante sessão extraordinária que será marcada após a conclusão do relatório final da Comissão de Ética.
Para que ocorra a cassação, são necessários nove votos dos 13 vereadores.
O caso envolvendo Nilson é o último em andamento na Comissão de Ética.
Os vereadores Dorivaldo Kist, o “Neco”, e Adelar Neumann, que também passaram por processo disciplinar pela acusação de quebra de decoro parlamentar, foram absolvidos há poucos dias e, assim, continuam exercendo mandatos na Casa.
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Vereador Gordinho do Suco pede moção de repúdio a Copel e solicita reabertura do comércio

Nesse período de pandemia, muitos empresários que estão com suas lojas fechadas, estão se surpreendendo ao receber a fatura da energia elétrica.

Além das tradicionais reclamações do alto valor da fatura cobra pela Copel, alguns rondonenses foram surpreendidos pois mesmo com a empresa fechada, a conta de luz continuou alta e em outros casos, houve até aumento do valor.

O vereador Gordinho do Suco discutiu o assunto na sessão de ontem, da Câmara de Vereadores de Marechal Rondon e solicitou uma moção de repudio a Copel.

Também ontem, Gordinho do Suco defendeu a reabertura do comércio rondonense, destacando que se a situação permanecer, muitos rondonenses sofrerão com a falta de comida e emprego….

 

Continue Lendo

Política

Janela partidária resultou em mudanças significativas na Câmara de Entre Rios

O período de troca de partidos permitido aos membros do poder legislativo é chamado de “janela partidária”.

Neste período é permitida a troca de partido, sem a perda do mandato: a janela partidária fechou para os vereadores em exercício.

Aqueles que entenderam que suas ideias não correspondem às apoiadas pelo partido que os elegeu tiveram a oportunidade de mudar de partido, tanto para concorrer nas próximas eleições quanto para apoiar ou receber apoio de outro grupo político.

Em Entre Rios do Oeste, os vereadores Loivo Kist e Alessandra Lupges já estavam com “um pé” dentro do PL, partido que foi criado recentemente no município.

O vereador Alcindo Schneiders deixou o PP e também filiou-se ao PL.

O vereador Enio Foliatti deixou o PSDB e a base aliada do atual governo, mudando para o MDB, partido atualmente de oposição.

Valdecir Nunes, o Buiú, pediu exoneração do cargo de secretário de Viação e Obras e voltou para a Câmara.

Lisa Hansen é suplente e deixou o cargo com a volta de Buiú.

A Câmara de Vereadores de Entre Rios do Oeste passa a contar com 3 vereadores de situação, Jair Bokorni (PP), Viro Lerner (PP) e Valdecir Nunes – Buiú, o único do PSD, partido do prefeito, e seis de oposição: pelo PL, Alessandra Lupges, Loivo Kist e Alcindo Schneiders, e pelo MDB, Neimar Krone, Joaquim Schlindwein e Enio Foliatti.

Continue Lendo

Geral

Hussein Bakri assina requerimento para que o Governo estude redução do imposto sobre ração de peixe no Paraná

A Assembleia Legislativa encaminhou requerimento ao Governo do Estado para que estude a redução ou até mesmo a isenção do imposto incidente sobre a comercialização da ração para o cultivo do peixe no Paraná

A proposta do deputado Luiz Claudio Romanelli foi apoiada pelo deputado HUSSEIN BAKRI e por diversos outros parlamentares.

O benefício valeria durante a pandemia do coronavírus, em que houve um aumento no preço dos insumos devido à alta do dólar e, consequentemente, o aumento no custo de produção.

O objetivo é preservar os negócios de piscicultores e aquicultores do Paraná, que é o maior produtor de peixes de cultivo do Brasil

Seriam beneficiados centenas de produtores da região Oeste, que é destaque nacional na produção de pescado, sobretudo de tilápia.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.