Conectado com

Política

Requião não aceita cargo de conselheiro da Itaipu oferecida pelo Governo

Foto: Senado

O governo Lula está apenas em sua primeira semana, mas já vive a primeira crise de relacionamento com um de seus principais aliados no Paraná.

 

Ele diz que isso fere a autoestima 

 

Depois de ter recusado o convite da presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, para assumir a presidência do conselho da Itaipu, o ex-governador e candidato do PT ao governo do Estado na última eleição, Roberto Requião, afirmou que se sentiu “desrespeitado” pela oferta, que classificou como uma “sinecura para não fazer nada”.

Requião tinha a expectativa de ser convidado para assumir a diretoria-geral de Itaipu.

Nos bastidores, os cotados para o cargo são o ex-ministro Paulo Bernardo e o advogado Juliano Breda, do grupo Prerrogativas.

Ao ser preterido para o cargo, o ex-governador reagiu com irritação.

Requião disse que não é ruim ganhar R$ 27 mil por mês sem fazer nada, mas é uma coisa que fere a autoestima das pessoas, ao se referir ao cargo de conselheiro da Itaipu.

Por outro lado, A bancada do PT oficializou ontem a escolha do deputado paranaense Zeca Dirceu como líder do partido na Câmara.

Por causa de uma disputa entre correntes petistas, porém, ficou acertado que haverá um revezamento na liderança.

Pelo acordo, Zeca será líder da bancada petista até 2024, quando passa o bastão para o deputado Odair Cunha, de Minas Gerais.

A partir de 2025 o posto fica com o deputado Lindbergh Farias (RJ).

Ficou acertado, ainda, que a deputada Maria do Rosário (RS) será o nome indicado pela bancada para ocupar um cargo na Mesa Diretora da Câmara.

O PT apoia a reeleição do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e gostaria que Maria do Rosário ficasse com a primeira secretaria, mas esse arranjo ainda precisa ser definido com outros partidos.

 

Continue Lendo
Publicidade

Política

Sperafico volta à Câmara Federal para seu sétimo mandado

O empresário e agropecuarista Dilceu Sperafico, de Toledo, foi um dos 513 deputados federais empossados oficialmente para 57ª legislatura da Câmara dos Deputados, em sessão especial da Câmara dos Deputados, realizada nesta quarta-feira, dia 1º de fevereiro de 2023, no Plenário Ulysses Guimarães, em Brasília.

 

A cerimônia foi comandada pelo deputado federal Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, e dos 513 parlamentares empossados para mandato de quatro anos.

Trinta parlamentares integram a Bancada Federal do Paraná.

No Estado, a diplomação dos parlamentares eleitos ocorreu em 19 de dezembro de 2022, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, no Teatro Positivo, em Curitiba.

Representando o Paraná, além de Dilceu Sperafico, foram empossados como deputados federais: Sérgio Souza; Aliel Machado; Beto Preto; Beto Richa; Carol Dartora; Delegado Matheus Laiola; Deltan Dallagnol; Diego Garcia; Enio Verri; Felipe Francischini; Filipe Barros; Geraldo Mendes; Fernando Giacobo; Gleisi Hoffmann; Leandre Dal Ponte; Luciano Ducci; Luísa Canziani; Luiz Nishimori; Nelson Fernando Padovani; Paulo Litro; Pedro Lupion; Ricardo Barros; Sandro Alex; Sargento Fahur; Tadeu Veneri; Tião Medeiros; Toninho Wandscheer; Nelsi Coguetto Vermelho; e Zeca Dirceu.

Sperafico cumpre o seu 7º mandato de deputado federal e tem como principais bandeiras de lutas o agronegócio e o municipalismo…..

 

Continue Lendo

Geral

Liderança do Governo prega diálogo e transparência na Assembleia Legislativa

Transparência, diálogo, presença nos municípios, fortalecimento das políticas públicas e do papel da Assembleia Legislativa do Paraná .

Com esses compromissos, Hussein Bakri  assumiu  ontem  o terceiro mandato consecutivo como deputado estadual, após ter sido eleito com 97.681 votos.

E o parlamentar já inicia os trabalhos com duas missões importantes: será o líder do Governo Ratinho Junior   na Casa e também deverá assumir a presidência da Comissão de Educação….

 

Continue Lendo

Geral

Sperafico assume hoje seu 7º mandato como deputado federal

Divulgação

Os 513 deputados federais eleitos no ano passado tomam posse e elegem o novo presidente da Câmara nesta quarta-feira , 1º de fevereiro.

Por enquanto, há dois candidatos ao comando da Casa: o atual presidente Arthur Lira e o deputado eleito pelo Psol Rio de Janeiro,  Chico Alencar .

A posse dos eleitos está marcada para às 10 horas, mas a   eleição da mesa diretora começará  às 16h30.

Arthur Lira tem amplo favoritismo e seus aliados esperam que ele se reeleja com quase 90% dos votos.

O atual presidente da Câmara conseguiu formar uma aliança com partidos da direita à esquerda para apoiar sua reeleição , incluindo o PT do presidente  Lula .

Ainda é possível que haja outro candidato além de Lira e Alencar, já que as candidaturas podem ser registradas até as 15 horas e 30  minutos.

Quem retorna ao Congresso Nacional, para cumprir seu 7º mandato  é Dilceu Sperafico, que reafirma seu compromisso com a região e o Paraná como deputado federal…..

 

No Senado Federal, a sessão de posse está marcada para as 15 horas  e em seguida ocorrerá a eleição da Mesa, para escolha do presidente.

Na sessão de  amanhã,  quinta-feira pela manhã, ocorrerá a escolha dos demais cargos da mesa.

Até o momento, apenas o senador Eduardo Girão, do Podemos, oficializou candidatura mas o  atual presidente, Rodrigo Pacheco, do PSD, também é candidato e tem o apoio do PDT, PT, Rede e MDB.

O terceiro candidato é Rogério Marinho, do PL, que tem o apoio do PP e do Republicanos.

Amanhã às 15 horas, o Senado fará a sessão solene de abertura dos trabalhos do Legislativo, quando será lida a mensagem enviada pelo presidente Lula, que pode ir pessoalmente ao Congresso ou enviar a mensagem pelo ministro chefe da Casa Civil, Rui Costa.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.