Conectado com

Esportes

Ronaldinho é preso no Paraguai com suspeita de passaporte falso.

Imagem mostrou o que seria um dos passaportes. Reprodução

Ex-jogador de futebol e irmão Roberto Assis tiveram suíte de hotel invadida na proximidade de Assunção invadida em operação policial

 

Ronaldinho Gaúcho foi preso na noite desta quarta-feira (4), em Lambaré, na região de Assunção, no Paraguai. Uma operação da polícia local apreendeu o ex-jogador com passaporte falso em um quarto de hotel. A informação foi divulgada inicialmente pela jornalista Soledad Franco.

Em vídeo, é possível ver o irmão Roberto Assis e Ronaldinho Gaúcho deixarem um carro de polícia e entrarem no que seria uma delegacia. Segundo o Ministério do Interior do país, houve uma operação de invasão à suíte do Hotel Resort Yacht y Golf Club Paraguayo, em que Ronaldinho Gaúcho estava. Por lá, os policiais teriam encontrado os documentos adulterados nos nomes do ex-jogador e do irmão.

A denúncia se originou de uma denúncia policial feita pelo Departamento de Identificações da Polícia Nacional. Agentes policiais ficaram na porta do quarto de Ronaldinho e do irmão. Os dois são esperados para outro depoimento frente ao Ministério Público, às 8 horas.

Em sua mais recente postagem nas redes sociais, o pentacampeão mundial falou sobre um cassino no Paraguai.

“Trouxemos o melhor de Las Vegas ao Paraguai e você é nosso convidado especial para viver momentos incríveis, com muitos jogos de azar”, disse.

Em depoimento, Ronaldinho e o irmão disseram à polícia que foram ao Paraguai a convite de Nelson Belotti, dono do cassino Il Palazzo. Além disso, estão previstos eventos para a fundação “Fraternidade Angelical”.

Em 2015, Ronaldinho e seu irmão foram condenados por uma construção irregular em área ambiental. Segundo o Ministério Público, as multas alcançavam o valor em R$ 8,5 milhões. Como não houve pagamento voluntário da multa, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul determinou a apreensão do passaporte dos dois.

Fonte: R7 Esportes

Continue Lendo
Publicidade

Esportes

Infectado pela Covid-19, presidente do FC Cascavel afirma que sente apenas uma leve gripe e pequena enxaqueca

Foto: Assessoria FC Cascavel

Dois jogadores e o presidente do FC Cascavel, Valdinei Silva, testaram positivo para Covid-19. Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira (01), antes do início das atividades presenciais previstas pelo clube.

Os três estão assintomáticos e ficarão em observação pelo departamento médico do Cascavel, realizando novos testes dentro de dez dias. Os demais atletas, além da comissão técnica, retornaram nesta segunda-feira (1º) às atividades presenciais e ficarão em quarentena no centro de treinamento durante os próximos 15 dias.

O presidente do clube Valdinei Silva, um dos infectados pela Covid-19, revela, com exclusividade a Rádio Difusora do Paraná, que o planejamento do time não irá se modificar com os resultados dos exames.

Ouça a entrevista na íntegra:

Continue Lendo

Esportes

Presidente e dois jogadores do FC Cascavel testam positivo para Covid-19

Dois jogadores e o presidente do FC Cascavel, Valdinei Silva, testaram positivo para Covid-19. Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira, antes do início das atividades presenciais previstas pelo clube.

Os três contaminados ficarão em isolamento e, segundo o clube, observados pelo departamento médico. Ele estão assintomáticos, ou seja, não apresentam nenhum sintoma característico da Covid-19.

Em nota divulgada, o clube informou que os resultados positivos vieram da série de testes realizados em jogadores, comissão técnica e funcionários. O restante do grupo ficará em quarentena no centro de treinamento e vão treinar normalmente.

Os casos do FC Cascavel são os primeiros registrados em jogadores ou membros de clubes paranaenses desde a autorização da Secretaria Estadual de Saúde para que os treinos presenciais fossem retomados, na última semana.

O Coritiba foi o primeiro a testar seus jogadores e a informar que nenhum caso foi detectado. O Operário-PR também não teve nenhum registro, assim como o Cianorte, que testou 17 pessoas entre jogadores e comissão técnica. Paraná Clube e Athletico fizeram os testes na última semana, mas não divulgaram os resultados. Segundo a assessoria de imprensa do Paraná, eles ainda não ficaram prontos.

Entre os clubes paranaenses que estão classificados para o Estadual, o Londrina é o único que se posicionou contra a retomada dos treinos e não convocou seus jogadores. O clube alega que o momento não é oportuno, com o aumento de casos de coronavírus registrado em todo o Paraná.

As mortes causadas pela Covid-19 subiram para 182 no Paraná, segundo boletim publicado neste domingo pela Secretaria de Estado da Saúde. O estado tem 4.687 casos confirmados, de acordo com o levantamento.

Rádio Difusora do Paraná com GloboEsporte.com

Continue Lendo

Esportes

Jorge Jesus completa um ano no Flamengo com mais títulos que derrotas

Fotografia: AFP

Em 1º de junho de 2019, o Flamengo foi ao Engenhão, onde derrotou o Fortaleza por 2 a 0, sob o comando do interino Marcelo Salles. Mas a mais importante notícia para o clube e seu torcedor naquele dia viera horas antes e de um lugar bem mais distante. De Madri, onde acompanharia a decisão da Liga dos Campeões da Europa, o presidente Rodolfo Landim anunciou a contratação do técnico Jorge Jesus.

A chegada do treinador português revolucionou o Flamengo. O time, sob o comando do português, conquistou cinco títulos desde então, incluindo os do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores, ambos em 2019, e construiu uma aura de praticamente imbatível, se recolocando na trilha das conquistas

Contratado para substituir Abel Braga, Jesus foi campeão, além da Libertadores e do Brasileirão em 2019, da Recopa Sul-Americana, da Supercopa do Brasil e da Taça Guanabara, neste ano, antes da paralisação das competições por causa da pandemia do coronavírus.

São, assim, mais conquistas do que derrotas – 4.

Em um total de 51 jogos, o Flamengo de Jesus tem 38 vitórias e 9 derrotas, além das quatro derrotas, com aproveitamento de 80,39%. Além disso, marcou 118 gols e sofreu apenas 45.

A média de 2,31 gols feitos por jogo confirma a principal característica do time sob o comando do treinador: a ofensividade, algo que rendeu títulos, lotou estádios e fez brilhar a dupla de ataque composta por Gabriel e Bruno Henrique. Mas a equipe também conseguiu ser segura defensivamente, com o goleiro Diego Alves tendo pouco trabalho. E recuperando o futebol de jogadores que sofriam contestação do torcedor flamenguista antes da sua chegada, especialmente o volante Willian Arão.

Mas embora seja o desejo de todos no clube e da torcida flamenguista, a permanência de Jesus ainda é incerta. O contrato com o treinador se encerrará em 20 de junho, com o português já tendo feito vários elogios ao clubes e aos seus gestores. Mas as negociações ainda não avançaram como se imaginava.

O risco de perder o português em função do interesse de alguma equipe europeia parece improvável, especialmente por causa da pandemia do coronavírus. Mas outros fatores provocam o impasse, sendo um deles a desvalorização do real. Também há desacerto sobre o tempo de contrato – o Flamengo gostaria de renovar com Jesus até o fim de 2021, mas o interesse do treinador é por um vínculo menor, de um ano, coincidindo com o término da próxima temporada europeia. Ainda assim, há o otimismo da diretoria na permanência do treinador.

Após passar cerca de 40 dias em quarentena em Portugal, em função da pandemia do coronavírus, Jesus está no Rio desde o início de maio e vem comandando as atividades do elenco no Ninho do Urubu, embora ainda não esteja definido quando as competições serão retomadas. Também não é certo quando e se o seu vínculo será renovado. E essa é a grande expectativa dos flamenguistas no dia em que se completa um ano do treinador que iniciou nova era vitoriosa no clube.

Rádio Difusora do Paraná com Estadão

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.