Conectado com

Política

Senado aprova novas datas para as eleições municipais

O Plenário do Senado Federal aprovou em dois turnos, em sessão remota nesta terça-feira a Proposta de Emenda à Constituição que adia para 15 de novembro a data de realização do primeiro turno das Eleições Municipais de 2020.

Pela proposta, o segundo turno das eleições ocorrerá no dia 29 de novembro.

 A proposta será analisada pela Câmara dos Deputados 

A PEC segue agora para análise da Câmara dos Deputados, também em dois turnos de votação.

O motivo do adiamento é a pandemia do novo coronavírus.

Na sessão desta terça, o Senado aprovou o texto substitutivo apresentado pelo relator da matéria, senador Weverton Rocha, ao conteúdo original da PEC nº 18, proposto por um grupo de senadores.

O debate sobre a prorrogação das eleições surgiu a partir de alertas feitos por médicos e cientistas ouvidos pelo Tribunal Superior Eleitoral sobre a necessidade de se adiar o pleito, inicialmente previsto para 4 de outubro, devido à pandemia da Covid-19.

Com o adiamento, haverá mudanças também no calendário eleitoral, incluindo prazos para desincompatibilização, registro de candidaturas, propaganda eleitoral e prestação de contas.

Pelo texto, as convenções partidárias para a escolha de candidatos e deliberação sobre coligações devem ocorrer entre 31 de agosto e 16 de setembro.

O registro de candidaturas deve acontecer até 26 de setembro, e o início da propaganda eleitoral, inclusive na internet, após 26 de setembro, entre outras datas especificadas.

Já a prestação de contas dos candidatos (primeiro e segundo turnos) deve ser apresentada até 15 de dezembro à Justiça Eleitoral que deverá publicar a decisão dos julgamentos até o dia 12 de fevereiro de 2021.

A diplomação dos candidatos eleitos deve ocorrer até o dia 18 de dezembro em todo o país.

A data da posse dos eleitos permanece inalterada.

A PEC aprovada nesta terça-feira também estabelece que outros prazos eleitorais, que não tenham transcorrido na data da promulgação da proposta, devem contabilizar para seus efeitos o adiamento das eleições, como é o caso da desincompatibilização, que deverá obedecer os novos dias de realização das votações.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Governo prevê queda bilionária de arrecadação em 2021

Imagem ilustrativa da internet

O Governo do Estado prevê queda de um bilhão e 700 milhões reais na arrecadação tributária e perdas de 2,5% nas transferências da União em 2021 em relação aos valores previstos no orçamento de 2020, o que vai exigir novo rigor orçamentário e controle ainda mais amplo sobre as contas públicas.

Essas diretrizes constam no Projeto da Lei Orçamentária Anual  encaminhado  ontem a tarde  para a Assembleia Legislativa.

O projeto prevê despesa total de 50 bilhões e 600 milhões de reais, valor 1,3% superior ao previsto para o exercício de 2020.

Serão destinados 9 bilhões e 800 milhões de reais para a Educação, 4 bilhões e 400 milhões de reais para Segurança Pública, 5 bilhões e 500 milhões de reais para saúde, 745 milhões e 500 mil reais para Agricultura e 11 bilhões e 700 milhões para previdência dos servidores.

O primeiro Orçamento do Estado depois da Covid-19 reflete o colapso econômico decorrente da pandemia, que teve reflexo nas contas públicas.

O chefe da Casa Civil, Guto Silva, afirmou que o texto foi trabalhado diante de um cenário atípico……..

 

Continue Lendo

Geral

Ministério Público recomenda e Câmara suspende audiência pública do novo Plano Diretor

A razão principal é a pandemia do coronavírus

 

A audiência pública que seria promovida pelo Poder Legislativo de Marechal Cândido Rondon no próximo dia 06, para debater com a comunidade os projetos de lei que formam o novo Plano Diretor de Marechal Cândido Rondon, não vai mais acontecer.

A Câmara de Vereadores acatou recomendação feita pelo Ministério Público  e suspendeu o evento.

O motivo é a pandemia do novo Coronavírus, com destaque para a curva ascendente do número de casos da doença registrados no município em setembro.

Em recomendação administrativa enviada à Casa de Leis, o promotor João Eduardo Antunes Mirais, da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca, sugere que a audiência pública seja suspensa, pois “não há como se garantir a adequada participação popular, principalmente dos integrantes do grupo de risco”.

A Mesa Diretiva da Câmara informa que há total transparência na tramitação dos projetos do novo Plano Diretor, que tem sido devidamente acompanhada pela Promotoria de Justiça.

De outra parte, a Câmara de Vereadores confirma que tão logo haja condições mais seguras para garantir o bem-estar e a saúde da população, uma nova data para a audiência pública será definida e informada à comunidade.

O Plano Diretor, que deve ser renovado a cada dez anos, é uma exigência da lei federal que criou o Estatuto da Cidade.

Ele serve como instrumento básico da política de desenvolvimento municipal nas áreas urbana e rural, a fim de garantir os serviços públicos e assegurar melhores condições à população e ao meio ambiente.

Os sete projetos de lei complementar que formam a proposta de revisão do Plano Diretor estão disponíveis para livre consulta no site da Câmara de Vereadores.

 

Continue Lendo

Política

Tribunal designa juízes para atuar nas eleições na comarca de Mal. Rondon

O Tribunal Regional Eleitoral divulgou hoje, quarta-feira, o nome dos juízes designados para as eleições municipais na comarca de Marechal Cândido Rondon.

Anteriormente a comarca eleitoral seria competência do juiz Renato Cigerza, mas agora dois juízes irão atuar durante todo o processo.

A Presidência do Tribunal Regional Eleitoral designou a juíza Berenice Ferreira Silveira Nassar para atuar como juíza eleitoral auxiliar nestas eleições municipais de 2020.

Desta forma, foi estabelecido que os feitos relacionados ao município de Marechal Cândido Rondon e Pato Bragado serão de competência do juiz Renato Cigerza, enquanto os trabalhos eleitorais relativos aos municípios de Mercedes e Quatro Pontes terá a frente a juíza Berenice Nassar.

Já os municípios de Entre Rios do Oeste e Nova Santa Rosa pertencem as comarcas eleitorais de Santa Helena e Palotina, respectivamente.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.