Conectado com

Geral

“Tempestade mais forte da Terra”, supertufão Hagibis ganha força no Japão

A Agência Meteorológica do Japão emitiu novo sinal de alerta a respeito da aproximação do supertufão Hagibis neste fim de semana e classificou o fenômeno climático com grau 5, o mais violento: “O pior que o país vai enfrentar neste ano”. A previsão do tempo indica rajadas de vento acima dos 240 km/h

Veja ao vivo clicando aqui

 

O Japão está em alerta máximo em razão da aproximação do supertufão Hagibis, que ganhou força nas últimas horas e está previsto para chegar ao país neste fim de semana, com mais intensidade no próximo sábado (12) inclusive em Suzuka, palco da 17ª etapa do Mundial de F1. A Agência Meteorológica do Japão classificou o Hagibis como “o pior que o país enfrenta neste ano”. Já a Agência Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos dá um tom ainda mais dramático da situação: “A tempestade mais forte da Terra no momento”.
A Agência Meteorológica do Japão classificou o status do supertufão Hagibis como “violento” e grau 5, o pior e mais devastador da escala de destruição de um fenômeno do tipo. A previsão do tempo indica rajadas de vento acima dos 240 km/h, sobretudo no sábado.
Informações oriundas de órgãos monitores meteorológicos informam que o Hagibis ganhou muita força e se transformou nas últimas 18 horas, sendo ‘promovido’ de tempestade tropical para supertufão. Já o especialista em furacões da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, Philip Klotzback, classificou o fenômeno como o de “maior intensidade” no norte do Pacífico desde o tufão Yates, em 1996.

A previsão para os próximos dias é que o Hagibis leve ventos fortes e chuvas torrenciais para as Ilhas Marianas Setentrionais, território dos Estados Unidos localizado no Pacífico Norte. O mesmo impacto é previsto para a ilha de Guam, tão logo o fenômeno siga rumo ao norte, antes de chegar ao Japão no fim de semana.

No momento, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) afirmou que “está monitorando cuidadosamente a situação climática da região e trabalhando em estreita colaboração com os organizadores do circuito, a Federação Japonesa e a F1 para ver se alguma ação precisa ser tomada e se vai ser preciso alterar o cronograma”.
De acordo com o site especializado ‘Accuweather’, a previsão é de chuva forte na sexta-feira e também no sábado. Neste dia, especificamente, a meteorologia aponta “condições de furacão, incluindo ventos destruidores e chuvas torrenciais”, com volume de chuva previsto de 180 mm.
O treino classificatório já foi adiado de sábado para domingo em quatro oportunidades diferentes na F1, em todas por conta da chuva. Em 2004 e 2010, Suzuka não teve condições de receber a classificação no dia clássico, e a história se repetiu na Austrália, em 2013, e nos Estados Unidos, em 2015, este último por conta do furacão Patrícia.
Em 2014, o tufão Phanfone afetou as condições climáticas da corrida no Japão, que teve duas paralisações por bandeira vermelha, uma delas após o acidente de Jules Bianchi, que colidiu contra um trator que retirava o carro de Adrian Sutil. A prova foi vencida por Lewis Hamilton, e Bianchi morreu nove meses depois, em 17 de julho de 2015.
Com informações do site www.grandepremio.com.br/f1
Continue Lendo
Publicidade

Geral

É solicitado apoio do consulado paraguaio nas buscas ao jovem que se afogou na praia de Porto Mendes

 

Mesmo com chuvas, foram retomadas nesta quinta-feira (06) as buscas ao corpo do jovem Gabriel Ziviani, de 23 anos, que se afogou no sábado (01) na praia de Porto Mendes.

Os trabalhos entraram no quinto dia.

Além do Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil, foi solicitado auxilio nas buscas ao consulado do Paraguai, conforme detalha o comandante dos bombeiros de Marechal Rondon, capitão Rodrigues…..   assista ao vídeo

 

Continue Lendo

Geral

Diretores nacionais do Sicredi discutem em Marechal Rondon plano anual de desenvolvimento

Diretores executivos da central nacional do Sistema Sicredi cumprem agenda nesta semana em Marechal Rondon.

Dentre eles, está o diretor presidente do Banco Cooperativo Sicredi e Confederação Sicredi, César Gioda Bochi, o qual destaca que os encontros que ocorrem em todo o Brasil, servem para planejar as ações para 2023, com focos em diversas prioridades…………ouça entrevista

Os encontros também contaram com a participação do Diretor Administrativo e Financeiro do CAS – Centro Administrativo Sicredi, Alexandre Englert Barbosa, que concendeu coletiva a imprensa rondonense………..ouça entrevista.

Continue Lendo

Geral

Buscas ao jovem que se afogou em Porto Mendes entram no quarto dia

Capitão dos Bombeiros fala com exclusividade dos trabalhos

As buscas ao corpo do jovem que se afogou na praia de Porto Mendes entraram hoje (05) no quarto dia.

 O caso aconteceu na noite de sábado (01) quando Gabriel Ziviani, de 23 anos, e mais dois amigos estavam em um barco, retornando do Paraguai, quando a embarcação afundou.

Um dos jovens conseguiu nadar ate a ilha de pedra, na praia de Porto mendes, e foi resgatado.

O outro se agarrou em uma garrafa pet dois litros e foi flutuando, pedindo por socorro, ate que foi ouvido e resgatado por frequentadores da praia: ele já estava no meio do lago.

Desde então, Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil realizam buscas mas sem exito.

O comandante do Corpo de Bombeiros de Marechal Rondon, capitão Rodrigues, fala dos trabalhos que foram reiniciados nesta quarta-feira e destaca que as chances de localização do jovem aumentam.

Assista ao vídeo

O jovem Gabriel Ziviani, de 23 anos, é procedente do Estado de São Paulo, reside no distrito de Porto Mendes há quatro meses e trabalha no Frigorífico de Peixes de Iguipora.

Familiares acompanham as buscas.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.