Conectado com

Esportes

Tite anuncia 1ª lista para as Eliminatórias com trio do Flamengo

Tite lê a lista de convocados da seleção brasileira — Foto: Felipe Moreno/MoWA Press

Machucado, Alisson fica fora, Neymar reaparece, e Gabriel Jesus, mesmo suspenso, é chamado para segunda partida somente do início das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

O trio do setor ofensivo do Flamengo foi a principal novidade da convocação de Tite para os próximos jogos da seleção brasileira, contra Bolívia e Peru, os primeiros das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, no Catar. O meia Everton Ribeiro e os atacantes Bruno Henrique e Gabigol são os destaques da lista, ao lado do volante Bruno Guimarães, ex-Atlético-PR e atualmente no Lyon, chamado pela primeira vez para a equipe principal do país.

– Não (houve negociação) com nenhum clube. É início de Copa do Mundo, responsabilidade grande, acompanhamento grande e escolhas. Não tem relação com Flamengo e nenhum clube, mas autonomia da escolha de atletas – disse Tite.

Também chamam a atenção a ausência do goleiro Alisson, machucado, e a inclusão de Gabriel Jesus, suspenso da estreia nas eliminatórias por causa da expulsão na final da Copa América, o que leva a lista a 24 nomes. Neymar está de volta à lista, depois de ficar fora dos amistosos de novembro do ano passado, contra a Argentina e a Coreia do Sul. O último jogo dele pelo Brasil foi em 13 de outubro, contra a Nigéria (substituído no primeiro tempo, após lesão muscular).

O Brasil enfrentará a Bolívia no dia 27 de março, na Arena Pernambuco, e o Peru, fora de casa, em Lima, no dia 31. A apresentação dos convocados será entre os dias 22 e 23 de março, em Recife.

Confira a lista completa de convocados

Goleiros: Ederson (Manchester City), Ivan (Ponte Preta) e Weverton (Palmeiras).

Zagueiros: Marquinhos e Thiago Silva (Paris Saint-Germain), Éder Militão (Real Madrid) e Felipe (Atlético de Madrid).

Laterais: Daniel Alves (São Paulo), Danilo e Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madrid).

Meio-campistas: Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Fabinho (Liverpool), Everton Ribeiro (Flamengo), Bruno Guimarães (Lyon) e Philippe Coutinho (Bayern de Munique).

Atacantes: Neymar (Paris Saint-Germain), Roberto Firmino (Liverpool), Richarlison (Everton), Gabriel Barbosa e Bruno Henrique (Flamengo), Gabriel Jesus (Manchester City) e Everton (Grêmio).

Desde os amistosos de novembro até esta sexta-feira, a comissão técnica da Seleção acompanhou 37 jogos, observando 42 possíveis convocados.

Os outros compromissos em 2020 pelas Eliminatórias serão: contra o Uruguai, no dia 8 de setembro; a Colômbia no dia 8 de outubro; a Argentina no dia 13 do mesmo mês; o Equador, no dia 12 de novembro; e Paraguai em 17 de novembro.

Além das Eliminatórias, a Seleção terá neste ano a defesa do título da Copa América. O primeiro jogo pela competição será no dia 14 de junho, contra a Venezuela, em Cali, na Colômbia. O segundo será contra o Peru, no dia 18, em Medellín. O terceiro e o quarto serão em Barranquilla, contra o Catar e a Colômbia, nos dias 23 e 27, respectivamente. O quinto será contra o Equador, no dia 1º de julho, em Bogotá. O Campeonato Brasileiro não vai parar durante a Copa América.

A última vez que o Brasil entrou em campo foi diante da Coréia do Sul, em 19 de novembro, quando venceu por 3 a 0. Desde a Copa do Mundo da Rússia, foram 22 jogos, com 14 vitórias, seis empates e duas derrotas – as duas contra rivais sul-americanos (Peru e Argentina, neste segundo semestre). Neste período, a Seleção conquistou a Copa América.

 Fonte: Globo Esporte
Continue Lendo
Publicidade

Esportes

Novas regras do futsal: na pratica o que mudou, Marcio Sauer explica

A Fifa anunciou, nesta segunda-feira, 15 mudanças nas regras do futsal. Em comunicado enviado às federações nacionais, a entidade informou que as alterações passam a valer a partir desta segunda-feira, dia 1° de junho. O ofício da Fifa foi divulgado inicialmente pelo blog Futsal Japan e repostado por diversos treinadores de seleções e membros de confederações.

Mas na prática, o que mudou: para explicar melhor, conversamos com Marcio Sauer, integrante da Liga Rondonense de Arbitragem.
Ouça a entrevista na íntegra:

 

As 15 alterações de regras

(1) Disputa de pênaltis: agora serão cinco cobranças (não mais três);

(2) O sinal do cronometrista agora termina a partida, não o apito do árbitro;

(3) O tiro livre direto para a 6ª falta acumulada será dado mesmo se o tempo estiver quase terminando;

(4) Na saída de bola, o cobrador não precisa estar mais na sua metade de quadra; a bola está em jogo quando chutada de qualquer maneira; o gol pode ser marcado no pontapé inicial (mas não vale o gol contra);

(5) No desempate por pênaltis, o time com mais jogadores pode reduzir o número de jogadores para ficar na mesma quantidade do seu adversário;

(6) Mão na bola: Não é apenas uma falta tocar fisicamente a bola, mas também é uma falta mover a mão ou o braço propositalmente em direção à bola;

(7) Cartão vermelho para o jogador que, em qualquer lugar da quadra, “negar uma oportunidade óbvia de marcar gols” ao adversário de forma proposital;

(8) Um jogador que negar uma oportunidade de marcar gol ao adversário na sua própria área pode escapar com apenas um cartão amarelo se for comprovado uma tentativa de jogar a bola;

(9) Tiro livre indireto por falta cometida fora da quadra (ambos os jogadores fora da quadra);

(10) Pênalti: Goleiro deve ter pelo menos parte de um pé tocando ou alinhado com a linha de gol;

(11) Pênalti: cartão amarelo ao adversário que obstrui o cobrador, mesmo que esse adversário respeite a distância mínima de 5m;

(12) Regra de 4 segundos para o recomeço do jogo: A contagem começa quando o cobrador da equipe estiver pronto para colocar a bola em jogo ou o árbitro sinalizar que a equipe está pronta;

(13) Saída de bola: Os jogadores agora podem receber a bola do goleiro dentro da sua área;

(14) Saída de bola: Se o goleiro lançar a bola direto para a quadra do adversário será marcado um tiro livre indireto e será cobrado do local onde a bola passou a linha. Essa alteração só estará em vigor nas categorias de base do futsal, e mesmo assim, as federações nacionais poderão decidir sobre o seu uso ou não;

(15) Durante a partida, no máximo cinco substitutos podem se aquecer ao mesmo tempo no banco de reservas.

Continue Lendo

Esportes

Infectado pela Covid-19, presidente do FC Cascavel afirma que sente apenas uma leve gripe e pequena enxaqueca

Foto: Assessoria FC Cascavel

Dois jogadores e o presidente do FC Cascavel, Valdinei Silva, testaram positivo para Covid-19. Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira (01), antes do início das atividades presenciais previstas pelo clube.

Os três estão assintomáticos e ficarão em observação pelo departamento médico do Cascavel, realizando novos testes dentro de dez dias. Os demais atletas, além da comissão técnica, retornaram nesta segunda-feira (1º) às atividades presenciais e ficarão em quarentena no centro de treinamento durante os próximos 15 dias.

O presidente do clube Valdinei Silva, um dos infectados pela Covid-19, revela, com exclusividade a Rádio Difusora do Paraná, que o planejamento do time não irá se modificar com os resultados dos exames.

Ouça a entrevista na íntegra:

Continue Lendo

Esportes

Presidente e dois jogadores do FC Cascavel testam positivo para Covid-19

Dois jogadores e o presidente do FC Cascavel, Valdinei Silva, testaram positivo para Covid-19. Os resultados foram divulgados nesta segunda-feira, antes do início das atividades presenciais previstas pelo clube.

Os três contaminados ficarão em isolamento e, segundo o clube, observados pelo departamento médico. Ele estão assintomáticos, ou seja, não apresentam nenhum sintoma característico da Covid-19.

Em nota divulgada, o clube informou que os resultados positivos vieram da série de testes realizados em jogadores, comissão técnica e funcionários. O restante do grupo ficará em quarentena no centro de treinamento e vão treinar normalmente.

Os casos do FC Cascavel são os primeiros registrados em jogadores ou membros de clubes paranaenses desde a autorização da Secretaria Estadual de Saúde para que os treinos presenciais fossem retomados, na última semana.

O Coritiba foi o primeiro a testar seus jogadores e a informar que nenhum caso foi detectado. O Operário-PR também não teve nenhum registro, assim como o Cianorte, que testou 17 pessoas entre jogadores e comissão técnica. Paraná Clube e Athletico fizeram os testes na última semana, mas não divulgaram os resultados. Segundo a assessoria de imprensa do Paraná, eles ainda não ficaram prontos.

Entre os clubes paranaenses que estão classificados para o Estadual, o Londrina é o único que se posicionou contra a retomada dos treinos e não convocou seus jogadores. O clube alega que o momento não é oportuno, com o aumento de casos de coronavírus registrado em todo o Paraná.

As mortes causadas pela Covid-19 subiram para 182 no Paraná, segundo boletim publicado neste domingo pela Secretaria de Estado da Saúde. O estado tem 4.687 casos confirmados, de acordo com o levantamento.

Rádio Difusora do Paraná com GloboEsporte.com

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.