Conectado com

Geral

Traficante apontado como um dos principais fornecedores de drogas para SC é preso no PR

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Investigação iniciou após a interceptação de 370 quilos de maconha em Imbituba

Um traficante de 33 anos, apontado pela Polícia Civil como um dos principais fornecedores de maconha e cocaína para criminosos catarinenses, foi preso na manhã desta sexta-feira, dia 14, em Francisco Beltrão no Oeste do Paraná. A captura aconteceu durante a operação “El Patrón”, que resultou no cumprimento de mandado de prisão preventiva e também na apreensão de R$ 55 mil, carregadores, munições e dois veículos.

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna, que iniciou a investigação após a apreensão de 370 quilos de maconha, em 19 de agosto do ano passado, no município de Imbituba. Na ocasião, a DIC apurou que o entorpecente havia sido encaminhado pelo traficante de Francisco Beltrão, apontado ainda como fornecedor de elevadas quantidades de drogas para todo o Brasil.

“El Patrón”

Ainda de acordo com o órgão policial, a operação “El Patron” é uma alusão ao vasto poderio econômico do investigado. No decorrer de anos, ele aumentou exponencialmente seus bens, inclusive comprando veículos de luxo, lanchas, sítios e demais chácaras no Oeste paranaense, tudo parte dos lucros obtidos com a prática criminosa.

“Com a prisão de hoje encerramos a investigação, que apurou e desmantelou uma célula organizacional voltada exclusivamente aos crimes aqui apurados. Gostaríamos de agradecer a participação dos policiais civis da DIC de Laguna, da DIC de São Lourenço do Oeste, da Delegacia de Polícia Civil de Francisco Beltrão (PCPR) e do Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos – PC/PR), pelo apoio fundamental”, afirma Bruno Fernandes, delegado da DIC de Laguna e coordenador da operação.

A operação que resultou na apreensão de 370 quilos de maconha no ano passado em Imbituba aconteceu após quase 8 horas ininterruptas de monitoramento em um dos acessos ao município.

O veículo onde a carga estava sendo transportada foi flagrado e interceptado. Naquela ação policial, um casal foi preso em flagrante e depois condenado pela Justiça.

Fonte: Portal Nova Santa Rosa

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Bate à porta Difusora Copagril no Asilo Lar Rosas Unida (05/06/2020)

Continue Lendo

Geral

Pescadores de Porto Mendes retiram mais de uma tonelada de lixo do Lago de Itaipu

Em comemoração ao Dia Internacional do Meio-ambiente, celebrado nesta sexta-feira, 05 de junho, pescadores da colônia de pesca Z-15 de Porto Mendes, em parceria com a Itaipu e o Conselho de Municípios Lindeiros, realizaram um mutirão para a retirada de lixo do lago de Itaipú, num trecho de aproximadamente 20 km,  entre os distritos rondonenses de Porto Mendes e Bom Jardim.

Conforme Marino Geraldo Both, presidente da Colônia de Pescadores, o trabalho teve a participação e 29 pessoas e foram utilizadas 15 embarcações, e foi coletado mais de uma tonelada de lixo, na sua quase totalidade plástico reciclável.

A atividade vem sendo realizada há 5 anos e, conforme Marino Both, apesar da grande quantidade de lixo recolhido, anualmente vem se verificando uma diminuição gradativa da quantidade de lixo depositado no lago de Itaipu, mostrando um aumento na conscientização na preservação do meio-ambiente.

“Ainda precisamos melhorar muito, mas aos poucos estamos verificando que as pessoas estão cuidando mais de meio-ambiente, separando o lixo bom e encaminhando para a reciclagem”, mencionou o líder dos pescadores.

A atividade também teve o apoio da Prefeitura de Marechal Cândido Rondon, através da Secretaria de Agricultura de Meio-ambiente.

Continue Lendo

Geral

Nem a habitação popular escapa das tentativas de golpes

As tentativas de golpes contra os cidadãos se multiplicam e se diversificam em Marechal Rondon, conforme denúncias recebidas pelo Departamento de Comunicação do município. A mais nova forma de golpe detectada está relacionada ao setor de habitação.

Segundo relatos de pessoas da comunidade, elementos desconhecidos telefonam, se fazendo passar por funcionário público, dizendo que determinada família foi contemplada com uma moradia popular. Para que o procedimento seja efetivado, os golpistas solicitam o envio de documentos pessoais, via whatsApp, e se comprometem a visitar a referida família após o horário de expediente para tratar da suposta liberação da casa.

A administração municipal rondonense esclarece que não há esse tipo de ação em curso, e orienta às famílias para que não forneçam documentos pessoais a estranhos. Caso receba uma chamada telefônica desse tipo, a pessoa deve entrar em contato com as autoridades e fazer a denúncia, de preferência identificando o número de telefone de origem da chamada.

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.