Conectado com

Geral

TSE vai retomar discussão sobre abuso do poder religioso nas eleições

Frente Parlamentar Evangélica prepara ofensiva para barrar punições

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral deve retomar no dia 13 de agosto a discussão sobre incluir o abuso de poder religioso como motivo para a cassação de políticos.

Atualmente, o tribunal entende que apenas o abuso de poder político e econômico pode resultar na perda do mandato.

O debate, levantado pelo ministro Edson Fachin, está em fase inicial, mas já provocou forte reação nas redes sociais e mobilizou aliados do presidente Jair Bolsonaro, que veem uma “caça às bruxas” contra o conservadorismo.

A discussão foi interrompida no semestre passado por um pedido de vista do ministro Tarcísio Vieira, que já liberou o caso para o julgamento.

Três ministros do TSE ouvidos reservadamente avaliaram que o desfecho da discussão do tema é imprevisível.

O principal ponto em discussão é definir um novo tipo de abuso que seja punível do ponto de vista eleitoral, um debate considerado pelos magistrados “muito delicado” e “disputado”.

Na opinião de alguns ministros do TSE trata-se de tema novo, sem jurisprudência firmada, o que implica um estudo mais profundo.

Na Câmara deputados da Frente Parlamentar Evangélica preparam uma ofensiva para barrar a possibilidade de o TSE punir o abuso do poder religioso.

O grupo pressiona os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre , e da Câmara, Rodrigo Maia , e tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

Além disso, os deputados apostam também na mobilização de fiéis.

O processo em questão no TSE envolve a vereadora de Luziânia, Goiás, Valdirene Tavares, do Republicanos , que é pastora da Assembleia de Deus e é acusada de usar sua posição na igreja para promover sua candidatura, influenciando o voto de fiéis.

Ela foi reeleita em 2016.

 

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Rondonense morre após longo período internada com Covid-19 em hospital de Cascavel

Uma moradora de Marechal Cândido Rondon morreu vítima da Covid-19, no sábado (19). Ela estava internada no Hospital Universitário de Cascavel.

Uma nota sobre falecimento da paciente de Marechal Cândido Rondon foi enviada pelo hospital.

“É com pesar que o Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) comunica a morte de um paciente com exame positivo para Sars-CoV-2. A paciente, moradora de Marechal Cândido Rondon evoluiu a óbito nesse sábado. O exame que confirma a doença foi entregue pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen)”.

De acordo com informações de familiares em postagens nas redes sociais, a rondonense contraiu a Covid-19 e ficou internada. Neste período de internamento, precisou ser entubada, foi tratada, estava se recuperando. Mas faleceu por causa de uma bactéria que afetou os pulmões durante o tratamento. Ou seja, contraiu a doença e complicações durante o tratamento lhe tiraram a vida.

Internados no HU em Cascavel

No momento há 20 pacientes na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 13 em enfermaria no HU. Dos 33 internados, 21 estão confirmadas com a doença, há cinco casos suspeitos e sete foram descartados.

Os exames que detectam a doença são enviados pelo Lacen (Laboratório Central) do Paraná.

Fonte: Aqui agora.net



 

Continue Lendo

Geral

Acidente com motos envolve colegas de trabalho no distrito de Iguipora

Acidente com duas motocicletas, envolvendo colegas de trabalho foi registrado na manha deste sábado (19), na rodovia que liga os distritos de Iguiporã e Bom Jardim.

Foi apurado que duas jovens residentes em Porto Mendes, se deslocaram para trabalhar em Iguiporã e quando retornaram, uma delas realizou uma manobra inesperada, provocando a colisão.

As duas jovens sofreram queda, resultaram com ferimentos e foram socorridas por equipes do SAMU, Bombeiros e do município, e deram entrada na UPA Marechal.

 

Continue Lendo

Geral

Marechal Rondon registra nova redução nos casos ativos de covid-19

O município de Marechal Cândido Rondon registrou novamente queda no numero de casos ativos de coronavirus.

O boletim de quinta-feira (17) registrava 108 casos ativos; e o de hoje (18) confirmou 96 casos ativos.

O boletim indica que dos 589 casos de Covid-19 já registrados no município, 96 rondonenses  ainda estão ativos sendo transmissíveis do vírus.

Dos casos ativos, quatro estão internados na UTI, dois na UPA e hospital, e 90 estão em isolamento domiciliar.

O município já registrou 488 casos recuperados da doença e cinco óbitos.

Há ainda 644 pessoas em monitoramento e 128 casos suspeitos aguardando resultado do exame, sendo que destes suspeitos, três pessoas estão internadas na UTI e duas pessoas na UPA.

4.292 pessoas já foram liberadas da quarentena e 3315 casos suspeitos foram descartados.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.