Conectado com

Geral

União deve compensar parte das perdas das receitas estaduais a partir de junho

O governador Ratinho Junior participou ontem de uma reunião virtual com o presidente Jair Bolsonaro e os demais 26 chefes das administrações estaduais.

A agenda discutiu os últimos detalhes do projeto de lei que autoriza repasse de R$ 60 bilhões para repor as perdas de arrecadação dos estados e municípios.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente do Senado Federal, também participaram do encontro.

A reunião marcou um ponto consenso entre as autoridades brasileiras na luta contra a pandemia de Covid-19.

Os recursos serão disponibilizados em quatro parcelas e devem começar a chegar aos cofres estaduais a partir de junho: são R$ 10 bilhões para ações de saúde e assistência social e R$ 50 bilhões para uso livre.

O projeto de lei também libera R$ 49 bilhões com a suspensão do pagamento das dívidas dos estados com a União e os bancos públicos até o fim do ano.

O Paraná receberá R$ 1,9 bilhão, sendo R$ 1,7 bilhão para uso livre, principalmente para repor as perdas com a arrecadação, e R$ 269 milhões para a saúde pública.

Os municípios paranaenses vão receber cerca de R$ 1,163 bilhão para uso livre e R$ 163 milhões para aplicação em saúde pública.

O presidente Jair Bolsonaro destacou que os recursos são importantes para minimizar os obstáculos decorrentes da crise.

Para David Alcolumbre, o Congresso elaborou um texto capaz de unificar as opiniões de diversas correntes ideológicas e construir um consenso: é o maior programa de apoio do governo federal da história enfrentando um desafio inédito.

 

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Descartada a primeira morte por COVID-19 em Marechal Rondon

A suspeita de que um idoso de Marechal Rondon, de 91 anos, tenha falecido vítima de COVID-19 foi descartada na tarde desta quarta-feira (03). A morte do idoso ocorreu no último domingo, por insuficiência respiratória, e o caso passou a ser investigado como suspeita de coronavírus. O paciente tinha ainda câncer de pulmão, além de outras doenças.

Os exames foram feitos através do LACEN -Laboratório Central do Estado do Paraná, que descartou a suspeita nesta quarta-feira.

A secretária Marciane Specht lembra que como tratou-se de um caso de morte por insuficiência respiratória, é uma orientação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, que dê se a morte como suspeita de coronavírus e que seja feita a coleta de RT-PCR, para que a mesma seja encaminhada ao Lacen para a confirmação ou não da doença.

Fonte: Assessoria
Continue Lendo

Geral

Secretário de administração pede exoneração em Mercedes

Conforme determina a legislação eleitoral cidadãos que pretendem concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito ou a vereador nas Eleições Municipais de 2020, devem ficar atentos aos prazos de desincompatibilização para disputar o pleito.

A lei eleitoral estabelece três prazos de desincompatibilização para aqueles que são ocupantes de cargos públicos: 6, 4 e 3 meses antes da realização das Eleições, conforme o grau de potencial influência que candidatos ocupantes de tais cargos possam exercer perante o eleitorado.

Secretários de Estado e Secretários Municipais que pretendem se candidatar ao cargo de prefeito deverão se desincompatibilizar com 4 meses de antecedência.

Em cumprimento a esta determinação, o Secretario de Planejamento, Administração e Finanças de Mercedes Vilson Martins cumpre seu ultimo dia de trabalho hoje.

Diante disso depois destes 3 anos e meio do atual mandato da prefeita Cleci Loffi, Martins fez uma avaliação do trabalho desenvolvido..

 

Apesar de toda importância que a secretaria de Planejamento, Administração e Finanças exige, Martins pondera, que trabalho é realizado em equipe dentro da prefeitura e assume oficialmente sua pré-candidatura a prefeito pelo grupo de situação nas próximas eleições..

 

Considerando a indefinição sobre a data das eleições municipais deste ano, a prefeita Cleci Loffi não deverá de imediato nomear outro secretário de administração.

Continue Lendo

Geral

Diretor do Sine diz que atendimento é normal em Mal Rondon

Desde a ultima segunda-feira as 216 Agências do Trabalhador do Paraná retomaram o atendimento presencial para a intermediação de mão de obra.

A Secretaria da Justiça, Família e Trabalho estabeleceu novas regras para o atendimento presencial, que ocorrerá somente com agendamento prévio, a fim de evitar aglomeração de pessoas.

O horário de funcionamento dos postos de atendimento do Sine nos municípios segue as determinações das administrações municipais para o enfrentamento da Covid-19.

Aqui em Marechal Cândido Rondon, conforme o diretor do SINE. Arli Neodi Costa, o Pereira, o trabalho segue normalmente com ofertas diárias de empregos em empresas do comercio e industria..

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.