Conectado com

Geral

Vacina contra novo coronavírus só estará disponível em 2021

Ilustrativa

Os estudos para uma vacina contra o novo coronavírus estão avançados em vários laboratórios do mundo, mas a vice-diretora geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mariângela Batista Galvão Simão, pede um “otimismo cauteloso”.

A médica paranaense participou ontem da reunião da Frente Parlamentar do Coronavírus da Assembleia Legislativa do Paraná.

Falando direto de Genebra, na Suíça, Mariângela afirma que uma vacina para a população contra o vírus só estará disponível em meados de 2021.

A especialista explica que uma série de protocolos são necessários para que as pessoas comecem a ser vacinadas e mesmo assim, em um primeiro momento, não haverá uma vacinação em massa.

Ela disse que “Colocar uma vacina no mercado não quer dizer que ela estará disponível para todos, pois precisa passar por autorização das agências dos países”, destacando que no Brasil, a aprovação é feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Mariângela explica que a OMS trabalha com a expectativa de produção de pelos menos dois milhões de vacinas ainda este ano.

Segundo ela, quatro estudos no mundo estão avançados, na chamada fase 3, quando a testagem de eficácia é realizada com um grande número de pessoas, observando segurança e efetividade.

Atualmente, cerca de 160 vacinas estão em estudo em todo o planeta, em diferentes fases e enquanto os estudos avançam, a médica diz que a OMS não prevê uma vacinação em massa tão cedo.

Ela explica que o órgão visa garantir que todos os países tenham acesso à vacina, quando esta estiver disponível.

Antes da vacinação começar a ocorrer, no entanto, há longo caminho a ser percorrido, que consiste em comprovar cientificamente a eficácia dos medicamentos em estudo e por isso, as testagens passam por diversas fases antes da aprovação.

É a situação da vacina anunciada pela Rússia e segundo Mariângela, a OMS ainda não tem dados para saber em qual fase e qual eficiência.

A diretora da Organização Mundial de Saúde diz ainda que, enquanto não houver um medicamento que garanta uma imunidade massiva, será necessário um alerta global para o controle da pandemia.

A médica, que está diretamente envolvida no processo global de busca por medicamentos, diz ainda que enquanto não for encontrada uma vacina eficaz e segura contra o novo coronavírus, as medidas tradicionais para controlar a epidemia devem continuar, como isolamento social, evitando aglomerações e usando máscaras, além de praticar a higienização constante das mãos.

Continue Lendo
Publicidade

Agricultura

Condições climáticas motivam preocupações para os agricultores da Região Oeste do Paraná

Falta de chuvas pode provocar atraso no milho safrinha lá na frente

Desde o fim do vazio sanitário no último dia 10, os produtores rurais já poderiam ter iniciado o plantio da soja, no entanto, sem previsão de chuva é melhor não arriscar.

Esta não é a primeira vez que o tempo seco atrasa o plantio das culturas de verão na região Oeste do Paraná: no ano passado aconteceu algo parecido.

Entretanto, o maior receio do produtor é que atrasando o início do ciclo com o plantio da soja, a colheita do milho safrinha seja prejudicada lá na frente.

Na Regional da Seab de Toledo, que abrange 20 municípios, incluindo Marechal Cândido Rondon, o plantio das culturas de verão deve chegar a 483 mil hectares.

A previsão de produção é de uma safra de mais de 1.800 toneladas.

De acordo com o Departamento de Economia Rural, 34% da safra já estão comercializados e, para garantir os bons resultados, os produtores aguardam com expectativa a chegada da chuva.

Todavia, o Simepar prevê para os próximos dias é céu aberto, o que aumenta a preocupação dos agricultores da região.

Ao detalhar a preocupação em relação as condições climáticas, o engenheiro agrônomo Renato Viebrantz, da Agrícola Horizonte de Marechal Cândido Rondon, faz algumas recomendações aos agricultores no momento da implantação das lavouras……..Ouça entrevista

Continue Lendo

Geral

BPFron apreende maconha, veículos usados para o transporte de ilícitos e detém quatro pessoas

O Batalhao de Policia de Fronteira realizou uma série de apreensões, incluindo maconha, veículos usados para o transporte de ilícitos, além de quatro pessoas que foram detidas.

 

Na primeira ação, na BR 163, nas proximidades do município de Mercedes/PR, Policiais desta integração deram ordem de parada a um GM/Corsa Classic, de cor prata, placas de Santa Tereza do Oeste/PR, que o condutor não obedeceu e empreendeu fuga sentido a Marechal Cândido Rondon/PR. Foi realizado o acompanhamento tático e após alguns quilômetros o condutor abandonou o veículo no acostamento e correu sentido uma plantação, a equipe obteve êxito na abordagem do condutor de 33 anos, residente em Guaraniaçu/PR, Após a vistoria ao referido veículo foi encontrado no seu interior 09 fardos de “Maconha” pesando 200 kg.

Relatou o detido que carregou o veículo com a droga nas proximidades do município de Guaíra e levaria até o município de Cascavel-PR , e pelo transporte receberia a quantia de dois mil reais.

Na sequência foi abordado o veículo VW/GOL de cor prata, placas de Ibema/PR, ocupado por dois indivíduos que faziam o trabalho de “batedor “,  durante buscas no veículo foi encontrado um rádio transmissor (HT).

 

Em ato contínuo a ocorrência anterior e vinculado a mesma organização criminosa de tráfico ilícito de drogas, na Cidade de Cascavel- PR, onde segundo informações encontrava-se o restante do carregamento de drogas que foram embarcadas em Guaíra. Diante disso foi solicitado ao funcionário do motel onde foram apontados os levantamentos, que fraqueasse a entrada da equipe policial, sendo que durante as buscas em uma das garagens dos quartos foi localizado no interior de um veículo Ford/Fiesta, 05 fardos contendo substância análoga a maconha com total de 97,750 kg. Na continuação das buscas foi encontrado um masculino que declarou que foi contratado para transportar o veículo até a cidade de Cascavel e que receberia a quantia de dois mil reais pelo serviço. Diante dos fatos e como nada mais de ilícito foi encontrado, o veículo foi encaminhado  a 15 SDP com confecção do boletim, e com posterior entrega a Polícia Federal de Cascavel.

 

No total foram apreendidos 03 (três) veículos carregados com 14 fardos contendo substância análoga a maconha com cerca de 300 kg, acarretando um prejuízo estimado em R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) ao crime organizado da região.

 

Os presos, os veículos e a mercadoria ilícitas foram encaminhadas à Delegacia da PF em Guaíra/PR e Cascavel/PR para os procedimentos de praxe.

 

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. e desta operação interagências equipes da POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON e COE/BOPE da PMPR, TIGRE/PCPR, BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

 

PF/Guaíra/PR

Disque denúncia: (44) 3642-9131

 

BPFRON/PMPR

Disque denúncia: (41) 9106-6815

Continue Lendo

Geral

Marechal Rondon está com 99 casos ativos de coronavírus

Seis rondonenses seguem internados na UTI

O município de Marechal Cândido Rondon está com 99 casos ativos de coronavirus.

Segundo o boletim desta quarta-feira (23) já foram registrados 673 casos confirmados no município, sendo que 567 pessoas já se recuperaram e 07 morreram em decorrência da doença.

Dos casos ativos para a doença, 04 pessoas estão internadas na UTI, outras 03 na UPA ou em Hospitais e 92 em isolamento domiciliar.

Há ainda 137 casos suspeitos, sendo que destes, duas pessoas estão na UTI e três em hospitais aguardando o resultado do exame.

Outras 663 pessoas estão em monitoramento, 4779 já foram liberadas e 3461 casos foram descartados.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.