Conectado com

Geral

Vacina da UFPR pode ser produzida totalmente no Brasil

Caso passe em todos os testes, a vacina contra covid-19 desenvolvida pela Universidade Federal do Paraná  não precisará de insumos importados, podendo ser fabricada totalmente em território nacional.

A necessidade de se adquirir de outros países o chamado ingrediente farmacêutico ativo  – IFA –  dos imunizantes em uso Brasil é um dos fatores que tem dificultado a produção local e a distribuição de doses para estados e municípios.

O grupo da UFPR trabalha com uma técnica inédita para imunização contra o Sars-CoV-2.

A Coronavac, da chinesa Sinovac, por exemplo, utiliza o vírus inativo para estimular a produção de anticorpos ,  russa Sputnik V, do Instituto Gamaleya, e as vacinas de Oxford/AstraZeneca e Janssen  da Johnson & Johnson, por sua vez, baseiam-se no método do vetor viral, em que um vírus diferente,  como o adenovírus, causador do resfriado comum,  recebe um gene capaz de produzir uma das proteínas do novo coronavírus, o que faz o organismo “aprender” a também combater o patógeno.

Na UFPR, os pesquisadores utilizam o polihidroxibutirato, o PHB,  um tipo de polímero inócuo produzido por bactérias, recoberto com partes específicas da proteína Spike, que é a que liga o vírus Sars-Cov-2 às células humanas, provocando a infecção e a covid-19.

Além de mais fácil de se obter, o composto tem um custo muito menor de fabricação do que as substâncias utilizadas nas vacinas já disponíveis internacionalmente.

Na UFPR, o PHB é estudado há mais de três décadas como substituto de similares derivados do petróleo.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Homem de 68 anos cai da escada e bate a cabeça em residência na Vila Gaúcha

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal

 

Um rondonense de 68 anos foi vitima de acidente doméstico na manhã desta quarta-feira (23) em uma residência na rua Continental, bairro Vila Gaucha.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu o homem que subiu em uma escada e sofreu queda, batendo a cabeça na calçada.

Ele sofreu um corte e foi encaminhado para atendimento na UPA Marechal: está consciente e num primeiro momento, o estado de saúde é satisfatório.

O rondonense de 68 anos será submetido agora a uma bateria de exames.

 

Continue Lendo

Geral

Vereadores defendem aquisição de estrutura para cirurgias urológicas pelo Ciscopar

Assessoria

Requerimento apresentado por vereadores rondonenses, solicita que a administração municipal incentive que o Consórcio Intermunicipal de Saúde – Ciscopoar adquira equipamentos necessários para a realização de cirurgias urológicas a laser, em especial a fragmentação dos cálculos renais e ureterais altos.

O requerimento, aprovado ontem, é de autoria dos vereadores Rafael Heinrich,Pedro Rauber, Gordinho do Suco, Dionir Briesch, Suko, Neco, Paleta e Vanderlei Sauer.

Atualmente, os pacientes com diagnóstico de cálculos renais atendidos pelo SUS na área de atuação do Ciscopar passam por cirurgias mais invasivas, que exigem maiores cuidados e a permanência em internação hospitalar.

Já as cirurgias a laser são menos invasivas, exigindo menores cuidados pós-operatórios e sem necessidade de permanência em internamento hospitalar, pois a liberação do paciente ocorre no mesmo dia da cirurgia.

Um dos autores do pedido, o vereador Rafael Heinrich, fala da necessidade de melhor estrutura para este tipo de cirurgia……

 

Continue Lendo

Geral

Índios fazem manifestação nesta quarta-feira (23) em Guaira

 

Nova manifestação indígena está acontecendo na manhã desta quarta-feira (23) no município de Guaíra.

Cerca de 300 indígenas estão marchando, desde a área de aldeiamento até a sede do Ministério Publico Federal.

Dezenas de policiais, de diversas forças instaladas na fronteira, acompanham a manifestação, que até o momento transcorre de forma pacífica.

Foi apurado com a Policia Federal de Guaíra, que a manifestação é contra o projeto de lei que quer alterar a regulamentação dos processos de demarcação de áreas indígenas.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.