Conectado com

Geral

Vacinação contra febre amarela é intensificada no Paraná

Flavia Villela/Agência Brasil

Com a circulação do vírus detectado nos estados do Paraná, Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, a vacinação contra febre amarela está sendo intensificada na Região Sul. As ações de vacinação começaram no mês de agosto e seguem até dezembro, meses que antecedem o período sazonal da doença nos três estados, que ocorre de dezembro a maio.

Durante videoconferência do Ministério da Saúde autoridades de saúde do estado de Santa Catarina apresentaram um plano de ação para o enfrentamento da doença antecedendo o período sazonal. O objetivo é que os municípios façam busca ativa de pessoas não vacinadas.

A detecção da circulação do vírus na Região Sul ocorreu no início deste ano, no Paraná, no mês de janeiro; em Santa Catarina, em março. Em 2019, até o dia 31 de maio, foram confirmados 85 casos e 15 mortes causadas pela doença no país. No Paraná, o Ciclo 2018-2019 da Febre Amarela, que terminou em junho, registrou uma morte e 17 casos confirmados. Ao todo, foram 480 notificações da doença no estado.

A medida é preventiva e busca sensibilizar as equipes de vigilância, e vacinar a população a partir dos nove meses de idade. Também integra o cronograma de ações a organização da rede assistencial, os protocolos de manejo clínico e a investigação epidemiológica em áreas estratégicas.

A estratégia de vacinação nos estados do Sul, também terá ampliada a faixa etária do público-alvo. A recomendação é estendê-la às pessoas acima de 60 anos de idade, “pois está em consonância com a avaliação de risco que definiu as áreas prioritárias para as ações de vacinação”. Para as pessoas que viajam para áreas onde a vacina é recomendada, a orientação é tomar a dose pelo menos 10 dias antes da viagem.

“Precisamos melhorar nossas coberturas vacinais. O estado de Santa Catarina passou a integrar recentemente área de recomendação da vacina, por isso é necessária uma sensibilização ainda maior dos gestores e dos profissionais de saúde para juntos atingirmos a meta preconizada de 95%, e assim, evitarmos surtos e casos da doença”, informou a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fantinato. Ela destacou ainda a eficácia da vacina e alertou para a população não acreditar em notícias falsas: “A vacina da febre amarela é segura e salva vidas”.

De acordo com a coordenadora substituta de Vigilância de Arboviroses do Ministério da Saúde, Noely Moura, estudos mostram as possíveis rotas de dispersão do vírus da febre amarela, o que acende um sinal de alerta para a intensificação das ações de vigilância e vacinação, especialmente nessas áreas. “Modelos preditivos apontam para onde o vírus está se deslocando, e é com base nessas informações que precisamos centrar nossos esforços para nos anteciparmos nas ações, especialmente antes do período sazonal da doença. Esse é um momento muito importante, pois a vigilância está atuando antecipadamente, o que nos dá margem para mais sucesso em nossas ações de prevenção”, disse.

*Bem Paraná e Agência Brasil, com informações da Agência Saúde
Continue Lendo
Publicidade

Geral

No dia 26, postos de saúde terão apenas atendimento administrativo na parte da manhã

Funcionários estarão participando de capacitação

No próximo dia 26 de setembro, quinta-feira, pela manhã, todos os postos de saúde de Marechal Rondon, estarão apenas com atendimento administrativo. Nesta data, agentes comunitários de saúde, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos e dentistas participarão de uma palestra sobre hepatites virais. No Hospital Cruzatti e na UPA 24Horas o atendimento ocorrerá normalmente. No período da tarde, o atendimento será normalizado.

A ação começará às 8h, no auditório da prefeitura rondonense, e objetiva ampliar o conhecimento dos profissionais do município e, desse modo, aumentar os índices de investigação, diagnóstico, tratamento, cura e prevenção, bem como, sanar eventuais dúvidas sobre essas enfermidades e sobre os encaminhamentos à referência.

O tema da palestra será ministrado pelo médico infectologista do CTA/SAE Ciscopar e pelo médico da Vigilância Epidemiológica, Rafael Mauro Dias.

O evento é promovido pela prefeitura rondonense, por meio da Secretaria de Saúde, e Ciscopar.

Continue Lendo

Geral

Inscrições para o concurso das Soberanas da Oktoberfest 2019 seguem até segunda-feira

Soberanas da Oktoberfest 2018 de Marechal Cândido Rondon: Géssica Gisele Selhorst, primeira princesa; Sandra Cristina Ruschel, rainha; e Dayane Caroline Inhonhatto, 2ª princesa. (Foto: Assessoria)

Estão abertas as inscrições para o concurso das Soberanas da Oktoberfest 2019, que elegerá a rainha e duas princesas. Para participar, as interessadas devem procurar a Secretaria de Cultura de Marechal Cândido Rondon até segunda-feira para efetuar a inscrição.

É necessário apresentar cópias da certidão de nascimento, do RG e CPF, do comprovante de residência e de um termo de responsabilidade assinado.

O regulamento preconiza que serão aceitas candidatas com no mínimo 18 e no máximo 30 anos, que residam no município há pelo menos 12 meses.

A candidata também deve ser solteira, sem jamais ter sido casada, separada ou divorciada: não pode ter filhos ou estar grávida.

O concurso acontecerá na primeira noite da programação da Oktoberfest 2019, no dia 17 de outubro na Casa Cultural.

A secretária de Cultura, Márcia Veit, destaca que a expectativa novamente é receber bom número de inscrições, especialmente de representantes dos blocos e de entidades do município.

Ela lembra que a promoção é da Secretaria de Cultura em parceria com a PROEM – Fundação Promotora de Eventos de Marechal Cândido Rondon…

Continue Lendo

Geral

Inscritas as primeiras chapas para a eleição à reitoria da Unioeste

Termina amanhã, sexta-feira, o prazo de inscrições para chapas às eleições na Universidade Estadual do Oeste do Paraná, cujo processo de votação está marcado para o dia 22 de outubro próximo.

 Chapa encabeçada por rondonense será inscrita amanhã 

A primeira chapa a registrar a candidatura à eleição da Unioeste, “É Hora de União: Unioeste em Primeiro Lugar”, vem com um discurso de retomada da boa imagem da Unioeste perante à sociedade.

Alexandre Webber afirmou que esta é a primeira vez que a Unioeste é vista com desconfiança pela sociedade, e que ele pretender mudar essa ideia.

Ele promete, ao longo da campanha e de um eventual mandato, mostrar números e resultados que façam a população a voltar a acreditar na universidade.

A segunda chapa a protocolar o registro foi a “Inovação e Diálogo”, que tem como candidatos o professor Edson Leismann, que até mês passado era o diretor-geral do Hospital Universitário do Oeste do Paraná e como vice, a professora Nelsi Tonini, atual coordenadora do curso de Enfermagem da Unioeste.

Leismann disse que a partir de agora irá avançar com essa base sólida conquistada ao longo dos anos e assim obter conquistas nos processos que as novas tendências exigem, de inovação, mas fazendo isso com diálogo e com todas as correntes de pensamento respeitadas.

Outra chapa que irá disputar a eleição para a reitoria da Unioeste é encabeçada pelo professor/doutor do campus de Marechal Cândido Rondon, Wilson Zonin, tendo como vice a servidora do campus de Cascavel, Gracy Kelly.

Na terça-feira foi confirmada a unificação do campus local em torno desta chapa, envolvendo ainda a candidatura a reeleição da direção-geral do professor/doutor Davi Felix Schreiner.

Esta unificação também engloba os três diretores de Centros: Edilson Hobold, do Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras, Nardel Luiz Soares da Silva, do Centro de Ciências Agrárias, e de Valnir Brandt, o “Neco”, do Centro de Ciências Sociais e Aplicadas, os quais buscarão mais um mandato.

As inscrições de chapas do grupo unificado do campus rondonense serão oficializadas simultaneamente as 10h00 desta sexta-feira.

.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.