Conectado com

Policial

Ações policiais continua dando grandes prejuízos aos contrabandistas e traficantes

Uma carreta carregada com cigarros de origem paraguaia foi interceptada pela Polícia Rodoviária Federal na manhã desta segunda-feira, em Guaíra.

 

 Em uma ocorrência foram apreendidos 1.315 kg de maconha 

 

O condutor, um homem de 28 anos, e de nacionalidade paraguaia, informou a equipe que levaria a carga até a cidade de Cascavel.

A carreta foi abordada após passar em frente a base da PRF da Ponte Ayrton Senna e estava carregada com aproximadamente 900 caixas de cigarros contrabandeados, avaliada em pouco mais de 2 milhões no mercado final brasileiro.

O condutor, preso em flagrante, foi encaminhado com a carga à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra.

Por outro lado, a Polícia Federal apreendeu na tarde deste domingo, na zona rural de Maripá, um caminhão carregado de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A ação foi realizada durante uma operação em conjunto com o BPFron, a Policia Rodoviária Estadual, Exército e Força Nacional.

Os militares realizavam o patrulhamento de rotina, quando avistaram o caminhão em atitudes suspeitas.

Durante a tentativa de abordagem ao veículo, o motorista pulou do caminhão em movimento e fugiu em meio a mata, não sendo mais localizado.

No caminhão foram encontradas aproximadamente 140 caixas de cigarros paraguaios. A carga foi avaliada em 400 mil reais.

Outra apreensão aconteceu na manhã deste domingo, na BR-376, defronte a Unidade Operacional de Mandaguari, quando agentes da PRF abordaram uma carreta com placas de Boa Vista do Paraíso, atrelada ao semi-reboque de Cascavel.

Após suspeitar do condutor, um homem de 49 anos, os agentes federais realizaram uma minuciosa revista e encontraram em um compartimento oculto dois fuzis calibre 762 de fabricação Alemã e um fuzil calibre de fabricação Americana, com 4 carregadores, além de 1 mil e 315 quilos de maconha.

Aos agentes o motorista afirmou ser morador de Itapira, interior do Estado de São Paulo, e que teria apanhado a carreta carregada em Guaira.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Rondonense vítima de espancamento morre no hospital em Toledo

Continue Lendo

Policial

PM de Quatro Pontes apreende motocicleta abandonada com indícios de adulteração de chassi

Continue Lendo

Policial

Homem morreu em Toledo após ter se envolvido em acidente em Sub-Sede

Vítima de um acidente de trânsito ocorrido no último dia 12, um domingo, nas proximidades do distrito de São Clemente, em Santa Helena, Décio Wust faleceu ontem a tarde no Hospital Bom Jesus, em Toledo.

  Ele foi vítima da irresponsabilidade de outro motorista  

Tudo começou no início daquele domingo, quando a Polícia Militar de Santa Helena foi acionada a comparecer ao Balneário em razão de desordens que estavam sendo praticadas no trânsito.

A informação era de que um rapaz conduzindo uma caminhonete estaria dando “cavalos de pau” e colocando em risco a vida de pessoas que aproveitaram a área de lazer e turismo.

Como os vigilantes da estrutura turística não conseguiram contê-lo e o motorista evadiu-se do local, a PM entrou em ação e realizou buscas pela cidade com a intenção de localizá-lo.

Encontrado no Bairro Baixada Amarela, o suspeito fugiu da Polícia Militar e seguiu em alta velocidade pela rodovia PR-317 e em Sub-Sede por pouco não atropelou transeuntes da via.

Já nas proximidades do distrito de São Clemente, o rapaz perdeu o controle da direção, a caminhonete capotou e colidiu violentamente contra dois automóveis: um Uno e um Fusca.

O suspeito saiu rapidamente da caminhoneta fazendo menção de estar armado, teria rendido um motociclista e o obrigado a “dar apoio” na fuga, mas a ação foi frustrada pela equipe policial.

Enquanto o jovem recebeu detenção por parte da PM, uma das vítimas do acidente, no caso o condutor do Uno, foi atendido pelo Samu e encaminhado ao Pronto Atendimento Municipal de Santa Helena.

Identificada como Décio Wust, a vítima foi transferida ao Hospital Bom Jesus, em Toledo, mas no princípio da tarde de ontem não resistiu a gravidade dos ferimentos e acabou falecendo.

Depois de ter sido necropsiado no Instituto Médico Legal, o corpo foi liberado à família enlutada.

 

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.