Conectado com

Geral

Agravamento da pandemia motiva reunião emergencial de prefeitos

Assessoria

RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS PELO WHATS. ENTRE NO GRUPO CLICANDO AQUI

 

Reunidos na manhã desta quarta (17) por videoconferência, prefeitos da região da Amop discutiram o agravamento do quadro de coronavírus na região Oeste e medidas de enfrentamento aos efeitos da pandemia. Sob o comando do prefeito de Matelândia e presidente da Amop, Rineu Menoncin (Texeirinha), a reunião contou com a participação de 40 chefes do Executivo.

Segundo Texeirinha, uma comissão de prefeitos irá a Curitiba nos próximos dias para discutir com o governador Ratinho Jr e com o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, medidas de enfrentamento ao novo coronavírus e a possibilidade de abertura de novos leitos hospitalares na região, já que a capacidade de atendimento da estrutura atual disponível já está próxima do limite.

“Hoje, a região Oeste está no epicentro da pandemia no Estado e medidas urgentes precisam ser adotadas, não somente por parte de prefeitos, governador e deputados, mas também por parte de toda a sociedade. Muita gente não tem feito a sua parte, participando e promovendo eventos com aglomeração de pessoas e saindo às ruas sem necessidade. Não queremos o lockdown, mas, se for necessário, essa medida extrema precisará ser adotada, em nome de vidas que não podem ser perdidas sem que algo seja feito”, destacou o presidente da Amop.

Ao mesmo tempo, algumas medidas serão sugeridas pela Amop ao conjunto das 54 prefeituras associadas, como aumento nas medidas de fiscalização, restrição ainda maior no deslocamento de pessoas, reforço na divulgação do risco de contágio e outras ações. A taxa média de isolamento regional, abaixo de 40%, também preocupa as autoridades.

Fonte: AMOP

Geral

Bombeiros registram incêndio a residência no Jardim Marechal

O Corpo de Bombeiros de Marechal Cândido Rondon  foi acionado na madrugada passada , para  combater incêndio a residência  no cruzamento das ruas Das Graça   com São Pedro  no Bairro Jardim Marechal.

Na moradia de madeira morava uma senhora   de 66 anos, com  problemas de saúde.

Segundo consta ele  colocou  fogo num fogão a lenha, as chamas se alastraram e atingiram a parede da casa .

Com a rápida intervenção do corpo de bombeiros a situação foi controlada.

Continue Lendo

Geral

Assembleia começa a analisar projeto que delega rodovias do estado à União

O projeto de lei que prevê a delegação de rodovias estaduais paranaenses para a nova concessão rodoviária federal começou a tramitar na Assembleia Legislativa do Paraná.

A mensagem encaminhada pelo Poder Executivo foi lida aos parlamentares na sessão plenária e o texto autoriza o Governo do Paraná a delegar à União, pelo prazo de até 30 anos, prorrogáveis por até mais 30, a administração de rodovias e a exploração de trechos de rodovias, ou obras rodoviárias estaduais.

A  União por sua vez,  poderá explorar a via ou parte da via delegada diretamente ou por meio de concessão, nos termos das Leis Federais que regem as concessões.

A proposta, que tramita em regime de urgência,  determina ainda que a formalização da delegação aconteça por meio de convênio.

Com isso, justifica o Executivo, há a possibilidade de o Estado destinar recursos para construção, conservação, melhoramento e operação de trechos ou rodovias que não sejam de responsabilidade dos concessionários.

“Espera-se que o novo Projeto de Concessão das Rodovias Integradas do Paraná revigore e modernize a estrutura rodoviária do Estado, proporcionando maior e melhor integração do Porto de Paranaguá com as áreas produtoras do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além da ligação com países do Mercosul e integração com os estados vizinhos de São Paulo e Santa Catarina”, diz o texto da mensagem enviada pelo Governo.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano , explicou o trâmite do processo, porque o  Estado precisa autorizar a delegação das estradas estaduais para a União para com isso  o Tribunal de Contas da União fazer  as analises necessárias,   antes do anuncio do edital de licitação.

Portanto, segundo ele,  é fundamental que a Assembleia  se manifeste, já que participou definitivamente na estruturação da mudança, estabelecendo que a nova concessão tenha tarifas de valores reduzidos, com transparência e, acima de tudo, com obras que se iniciem tão logo comecem as cobranças.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, destacou que a inclusão das rodovias estaduais nas novas concessões vai ajudar a modernizar artérias fundamentais do Estado, permitindo ganhos produtivos para as cidades paranaenses e de segurança para os usuários…

 

O governador Ratinho Junior por sua vez,  destaca  que com o leilão na Bolsa de Valores e o projeto que esta sendo finalizado, não tem como entrar empresa que não tenha condições de honrar um contrato.

 

No total, 3.327 quilômetros de rodovias integram o pacote, subdivididos em seis lotes, caracterizando o maior projeto de concessão do tipo em todo o Brasil.

 

Continue Lendo

Geral

Cronograma de vacinado corujão 2ª dose em Toledo.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.