Conectado com

Agricultura

Audiência pública debate fusão de instituições da agricultura no Paraná

AEN

O projeto de lei que prevê a junção de instituições e a reestruturação do Sistema Estadual de Agricultura tem como objetivo melhorar a qualidade da agropecuária paranaense, torná-la cada vez mais competitiva e garantir uma redução da desigualdade no meio rural.

A proposta está em análise na Comissão de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Assembleia Legislativa e, nesta quarta-feira, foi discutida em audiência pública com cerca de 250 pessoas.

A proposta é que a fusão do Instituto Emater, o Instituto Agronômico do Paraná, a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná e o Centro Paranaense de Referência de Agroecologia, criando o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná, possibilite também uma economia de cerca de 16 milhões de reais ao ano.

O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, ressaltou que é preciso tornar o serviço público mais racional e que o Estado tem em vista, sobretudo, o atendimento ao agricultor familiar.

 

O secretário destacou, ainda, que apesar dos avanços em pesquisa e assistência técnica, que se tornaram referência nacional e internacional, o modelo com unidades separadas estava se esgotando e uma das razões para isso foi a falta de capacidade de o Estado recolocar pessoal na velocidade necessária.

Norberto Ortigara explicou que as quatro entidades têm aproximadamente 1.800 servidores, dos quais cerca de 200 já teriam condições de se aposentar.

A ideia, de acordo com ele, é contratar pesquisadores e técnicos em áreas prioritárias e de maior demanda.

 

A previsão é de que, das 13 diretorias existentes hoje, sejam mantidas apenas seis, o que proporciona uma redução de 62% nos gastos de gestão com funcionários.

O número de cargos comissionados e funções gratificadas deve ter redução de 50%, refletindo em queda de 24% no valor de pagamento ao ano.

Também tem economia em aluguéis de imóveis e na racionalização do uso de instalações pelo Estado.

Continue Lendo
Publicidade

Agricultura

Toledo sedia o maior evento de suinocultura do Brasil

Divulgação

Congresso debate temas como desenvolvimento das Pessoas, Sanidade, Mercado e Nutrição

O município de Toledo, que possui o maior plantel de suínos do Paraná, sedia a partir de hoje o maior evento de suinocultura do Brasil.

Mais de mil profissionais ligados ao setor do Brasil. da Bélgica, Espanha, Chile, EUA, Argentina, entre outros países participam, a partir desta terça-feira , do XIX Congresso Nacional Abraves e I Congresso Internacional Abraves.

A programação foi aberta pela manhã no Teatro Municipal com o tema ‘O futuro mercado de suínos, fundamentado pelo conhecimento e pela ciência’.

Serão três dias de intensa programação com palestrantes que irão abordar temas voltados ao desenvolvimento das Pessoas, Sanidade, Mercado e Nutrição.

Entre outras temas abordados estão alimentação vegana, propósito e legado, segurança financeira, motivação e inteligência, e ética.

A abertura foi com o jornalista Clóvis de Barros Filho que fez uma abordagem sobre ‘Comportamento, atitude, motivação e inteligência: qual o valor do profissional com essas atitudes?’.

Amanhã o Congresso vai reunir profissionais da Bélgica, EUA e Brasil que irão falar sobre promotores de crescimento, rotavírus suíno, doenças virais, micotoxinas, integridade intestinal, entre outros.

Dentre os nomes de destaque está o americano Paul Sundberg, que vai falar sobre ‘Doenças virais emergentes e os riscos sanitários para os mercados globais’.

No último dia do evento, quinta-feira, os congressistas irão participar de palestras e mesas redondas sobre Salmonella e Mercado, com a participação de palestrantes dos EUA, Espanha e Brasil.

O evento vai ajudar instituições assistenciais sediadas em Toledo, com a doação de parte dos honorários de alguns palestrantes.

Ao todo serão 9 entidades beneficiadas com a doação de 3 mil reais para cada uma, cuja entrega de valores vai acontecer ao final de cada painel durante os três dias do Congresso.

Segundo o presidente da Abraves, regional Paraná, Ton Kramer, a iniciativa partiu da Abraves, regional Paraná, responsável pela organização da 19º edição do Congresso Nacional e I Congresso Internacional Abraves.

Continue Lendo

Agricultura

Inscrições na Escola Agrícola de Toledo vão até dia 25

Até a próxima sexta-feira, dia 25, estarão abertas as inscrições para os interessados em participar do processo seletivo do Colégio Agrícola Estadual de Toledo.

No ato da inscrição é obrigatória a presenta do aluno, para uma entrevista com professores da área técnica da instituição.

Conforme a coordenadora Celimar Trentin, os interessados devem também comparecer com toda a documentação exigida , cuja relação está a disposição no site do colégio e também poderá ser obtida via telefone.

 

Continue Lendo

Agricultura

Definidas as regras sobre o recolhimento, transporte, processamento e destinação de animais mortos

Foto: Giovani Dorigueto/arquivo Pessoal

Os pecuaristas de todo o Brasil deverão a partir de agora, obrigatoriamente, aderir as novas regras que possibilitam a utilização de rotas tecnológicas para o os resíduos de forma sanitariamente segura.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento publicou no Diário Oficial da União, a Instrução Normativa 48/2019, que estabelece os procedimentos sobre o recolhimento, transporte, processamento e destinação de animais mortos e resíduos da produção pecuária como alternativa para a sua eliminação nos estabelecimentos rurais.

A IN estabelece regras que possibilitam a utilização de rotas tecnológicas para os resíduos da produção pecuária de forma sanitariamente segura, alternativas às práticas até então adotadas.

De acordo com a Instrução Normativa, para destinar animais mortos e resíduos da produção pecuária para unidade de recebimento, de transformação ou de eliminação, o estabelecimento rural deve possuir cadastro atualizado junto ao Serviço Veterinário Oficial e dispor de um local exclusivo para o recolhimento, que deverá estar fora das áreas utilizadas para o manejo da exploração pecuária e afastado das demais instalações do estabelecimento rural.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.