Conectado com

Policial

Auditória da Receita Federal de Guaíra é condenada por facilitar contrabando

Ela facilitou o contrabando de 1.601 pneus novos

Uma auditora da Receita Federal, lotada em Guaíra, foi condenada pela Justiça Federal por facilitação de contrabando ao inserir dados falsos em sistema de informações do órgão.

 

A servidora, que não teve o nome revelado, foi condenada à perda do cargo público e à pena de seis anos, oito meses e quinze dias de prisão, a ser cumprida em regime inicial semiaberto.

A denúncia, feita pelo Ministério Público Federal, foi resultado da Operação Volcano deflagrada para apurar eventuais ilícitos praticados por servidores da Receita Federal lotados em Guaíra, que estariam envolvidos em esquema de “exportação fictícia” de pneus.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, a auditora facilitou o contrabando de 1.601 pneus novos destinados à exportação, mas recolocados no mercado nacional em favor de terceiro.

Os fatos ocorreram nos dias 17 e 19 de janeiro de 2007.

Os despachos de exportação desembaraçados pela auditora diziam respeito a pneus Pirelli que se destinavam ao Paraguai.

Os pneus saíram da indústria, foram para as dependências de uma transportadora totalmente descarregados, desviados para o mercado interno, e a parte restante carregada em outros veículos que seguiram para a fronteira.

A quantidade de pneus desviada foi apurada por sindicância investigativa e constituiu aproximadamente metade de cada carga.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Federal, a análise das Declarações de Exportação indicam que, na maioria delas, não seria razoável admitir que a servidora não tivesse percebido a ausência de grande quantidade de pneus dos carregamentos declarados à exportação, ainda que a fiscalização se desse por amostragem ou por volume, uma vez que era grande a discrepância entre o número de pneus declarados e o efetivamente exportado.

A Justiça apurou que houve concurso de crimes, pois a conduta tipificada no artigo 313-A do Código Penal foi verificada em um intervalo de dois dias.

A ré poderá apelar em liberdade.

Continue Lendo
Publicidade

Policial

Moto é furtada com o pneu furado e sem a chave em Marechal Rondon

Na noite desta quinta-feira, por volta das 20 horas, a Policia Militar rondonense foi acionada para registrar o furto de uma motocicleta.

No local o solicitante relatou que na verdade a vitima do furto seria  uma  vizinha  que  a poucos dias  mudou-se do local, mas teria  deixado uma  motocicleta Honda/cg 125 Titan, placa AHP- 1472, de cor azul guardada na garagem , nos fundos da casa dele,  para buscar em data oportuna.

O homem relatou que ontem (26)  saiu para trabalhar por volta de

6 horas e 30 minutos e que  ao retornar  no fim da tarde  constatou que  a motocicleta não estava mais no local.

Entrou em   contato com a  proprietária e esta informou  que não havia buscado a moto,  confirmando então que a mesma havia sido furtada.

Conforme o relato a motocicleta estava com o pneu traseiro furado e foi levada sem a chave.

Continue Lendo

Policial

PM rondonense cumpre mandado contra pai, mãe e filha

Equipes da Policia Militar de Marechal Cândido Rondon foram mobilizadas na meia tarde de ontem (quinta-feira), para cumprir mandados de prisão contra três pessoas da mesma família, ou seja, o casal e uma filha.

No local os policiais encontraram duas mulheres, mãe e filha, sendo a mãe informada a respeito dos mandados que precisavam ser cumpridos atendendo a determinação judicial.

Em  resposta ela informou que o marido não estava e que a filha mais velha   se encontra  acamada a mais  de um ano, pois esta havia sofrido um AVC em janeiro de 2021, e desde então não possui mais capacidade motora e pouca capacidade cognitiva, está recebendo atendimento semanal na residência pela unidade de saúde do município.

Os policiais buscaram então  documentos junto a Secretaria de Saúde que confirmassem  a incapacidade física da mulher, porém o informou que só o faria mediante uma ordem judicial.

Diante dos fatos apenas a mãe foi encaminhada a Delegacia de Polícia, sendo a  Polícia Judiciária informada a respeito dos demais fatos.

 

Continue Lendo

Policial

Homem é preso em Quatro Pontes por posse ilegal de arma de fogo

Um homem foi preso ontem em Quatro Pontes por posse ilegal de arma de fogo.

Por telefone uma mulher acionou o destacamento da Policia Militar, relatando que teve uma  união estável com o denunciado e que embora ainda dividam a mesma casa, estão separados a cerca 3 meses.

Disse também que o homem é  agressivo , constantemente lhe ameaça de morte  e inclusive, já foi preso por violência doméstica contra ela.

De acordo com o relato, ontem pela manhã  percebeu que o ex-companheiro foi até a lavanderia e mexeu em uma caixa de panos de limpeza e quando ele saiu de casa, foi  conferir se o mesmo escondia alguma  coisa no local  e acabou encontrando uma arma de fogo.

Com receio, diante das ameaças recebidas, a mulher acionou a Policia Militar , cuja equipe aguardou o denunciado retornar no final da tarde, por volta das 18 horas e 30 minutos, para ele se explicar em relação ao revolver marca Rossi, calibre 38, sem munições.

O denunciado  assumiu a posse da arma, dizendo que adquiriu  de  um desconhecido pela importância de  R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais), alegando que a compra foi feita porque queria “ter uma arma de fogo”.

Diante dos fatos recebeu  voz de prisão e foi encaminhado para delegacia de polícia civil pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Foi feito inclusive o uso de algemas, conforme súmula vinculante 11, devido ao receio de fuga do detido e  resguardo da segurança da equipe, uma vez que a viatura utilizada  não possui compartimento de transporte de preso

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.