Conectado com

Geral

Aulas da rede municipal em Marechal Rondon retornam no dia 26

Assessoria

Inicialmente voltam os alunos do infantil 4 ao 5º ano. CMEIs permanecem sem atendimento presencial

 

As aulas na rede municipal de ensino de Marechal Rondon retornam no dia 26 de julho. Após o período de recesso escolar, os alunos das turmas do infantil 4, 1º, 2º, 3º 4 e 5º ano, deverão retomar as atividades, de forma híbrida ou conforme a capacidade de atendimento de cada estabelecimento.

O secretário de Educação, Fernando Volpato, destaca que é muito importante o retorno das crianças às escolas, pois, com a paralisação das atividades presenciais no ano de 2020 houve uma defasagem muito grande na aprendizagem, o que precisa ser recuperado durante o ano de 2021. O secretário destaca que as aulas no modelo híbrido iniciaram no município em 05 de abril e desde então não paralisaram mais.

Covid nas escolas

Sobre o retorno das aulas presenciais nas escolas, o secretário destaca que houve casos de Covid-19 nas instituições, porém, foram tomadas as medidas cabíveis para cada situação, de acordo com as orientações dos órgãos de saúde. Ele enfatizou que as escolas estão preparadas para receber os alunos e funcionários, adequadamente. “As escolas elaboraram um plano de contingência e foram adquiridos diversos materiais e equipamentos para a prevenção contra a Covid-19. A Vigilância Sanitária vistoriou as escolas e orientou os ajustes para que o retorno fosse o mais seguro possível”, destacou.

Desde que as aulas retornaram no modelo híbrido, cerca de 70% dos alunos da rede municipal estão frequentando as escolas do município, sendo que aproximadamente 30% dos alunos estão no modelo 100% remoto.

Chamado para o retorno

Com o início do 3º bimestre, o secretário destaca a importância do retorno ao ensino presencial, especialmente pelo avanço da vacina. “Hoje temos 97% dos professores da rede municipal vacinados com a 1ª dose e agora em agosto muitos receberão a 2ª dose. Os que ainda não se vacinaram o farão nos próximos dias. Os pais e avós dos alunos, também já estão tendo acesso à vacina à medida que há um aumento na disponibilidade de doses e ocorra o avanço da idade. As escolas têm mantido um protocolo seguro de prevenção à doença, assim como, o uso obrigatório de máscara e higienização das mãos é obrigatório. Então faço um apelo para que os pais mandem seus filhos para a escola. É um local seguro e as crianças precisam do contato com o professor para retomar a sua rotina de estudos, especialmente os que estão no ensino totalmente remoto”.

Busca ativa

A secretaria Municipal de Educação também está realizando busca ativa de crianças que ainda estão fora da escola. Conforme o secretário, com a pandemia muitos pais não matricularam seus filhos, especialmente porque não iriam mandá-los para a sala de aula, mas este aluno, não matriculado, também não está recebendo nenhum auxílio pedagógico em casa. “Estamos fazendo um levantamento cadastral de todas as crianças do município, cruzando informações com a secretaria de saúde e buscando as crianças que não estão matriculadas em nenhuma instituição do município, seja ela pública ou particular. Estes alunos estão sendo procurados por funcionários da secretaria de educação para que o mais breve possível matriculem seus filhos na escola mais próxima de sua residência para que passe a ter direito a frequentar a instituição presencialmente ou caso os pais desejarem, permanecer no ensino remoto, mas receber o material pedagógico em casa. Todos os alunos acima de 4 anos devem estar matriculados em alguma instituição de ensino, é obrigatório. Os casos em que pais não atenderem ao chamado serão encaminhados ao Conselho Tutelar e ao Ministério Público.”

No momento, a Secretaria de Educação busca alunos de 4 e 5 anos que estão fora da escola e solicita que os pais que ainda não tenham matriculado seus filhos busquem a escola mais próxima de sua casa a partir de segunda-feira e regularize a situação escolar do filho(a).

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Ministra defende a evolução dos sistemas alimentares com circunstâncias locais

Durante a Pré-Cúpula de Sistemas Alimentares, ontem  em Roma, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse que as perspectivas dos países das Américas devem ser não apenas ouvidas, mas também incorporadas às narrativas que estão sendo produzidas.

Segundo ela, é necessário reconhecer a diversidade de sistemas produtivos e de caminhos para torná-los mais sustentáveis..

 

O evento em Roma  foi promovido pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura , na Embaixada do Brasil na capital italiana, e teve como objetivo apresentar o documento “Principais mensagens no caminho para a Cúpula das Nações Unidas sobre os Sistemas Alimentares na perspectiva da agricultura das Américas”.

A ministra também falou sobre os princípios estruturantes do debate sobre sistemas alimentares, como o papel fundamental do comércio internacional e a ciência e inovação como ferramentas para avançar no desenvolvimento de boas práticas sustentáveis.

Segundo ela, a agricultura não pode ser colocada como a única responsável pelo aquecimento global…

 

Continue Lendo

Geral

PRF programa novo leilão de veículos apreendidos

Entre carros e motocicletas são 360 itens

 

A Polícia Rodoviária Federal vai leiloar 360 veículos apreendidos no Paraná , dando oportunidade para quem procura investir em um carro usado com preços abaixo dos praticados no mercado, já que muitos deles poderão voltar a circular.

O pregão também oferecerá veículos em condição de sucata aproveitável, que poderão ser adquiridos pelas empresas de comércio de peças usadas, e veículos com sucatas inservíveis, que precisam ser prensados e a comercialização de peças é proibida.

Os lances são feitos pela internet (clique aqui).  até o momento dos leilões exclusivamente on-line.

O leilão ocorrerá de 30 de julho até 7 de agosto pela empresa Kronberg Leilões,  com automóveis e motocicletas.

Aos interessados em adquirir os veículos para circulação, o leiloeiro aconselha visitar os carros e motos antes de dar o lance, além de se informar sobre datas.

De acordo com ele “ um veículo destinado à circulação não significa que basta arrematar e sair rodando. Isso só pode ser feito depois que o veículo é transferido para o nome do arrematante, cujo prazo  não é curto, podendo demorar de 60 a 90 dias entre a compra e a possibilidade de transferência para o nome, porém o leiloeiro e a PRF liberam o veículo para o arrematante ir arrumando o que precisar e fazer reparos necessários, com todo tempo disponível antes.”

Os 360 veículos são distribuídos em lotes e o edital do leilão foi publicado e está disponível no site da Kronberg Leilões, com detalhes dos veículos, os locais e horário para a visitação, lances iniciais, além de direitos e responsabilidades dos arrematantes.

 

Com informações: Paraná Portal

Continue Lendo

Geral

Paraná recebe 298,2 mil vacinas da AstraZeneca; lote contém apenas segundas doses

Foto: Gilson Abreu/AEN

As doses da AstraZeneca/Fiocruz devem ser destinadas integralmente para a segunda dose da 20ª e da 21ª remessa, que atendeu os grupos de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores do transporte aéreo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento e forças armadas.

 

O Ministério da Saúde enviou na noite desta terça-feira (27) mais 298.250 vacinas contra a Covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz ao Paraná. Este foi o terceiro envio do governo federal ao Estado em um único dia. Durante a tarde chegaram 233 mil vacinas, sendo 170 mil doses de CoronaVac/Butantan e 63 mil da AstraZeneca/Covax.

As doses da AstraZeneca/Fiocruz devem ser destinadas integralmente para a segunda dose da 20ª e da 21ª remessa, que atenderam os grupos de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores do transporte aéreo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento e forças armadas.

As doses fazem parte da 32ª pauta de distribuição do Ministério da Saúde, que contempla o Paraná com 649.420 doses, sendo 298.250 AstraZeneca/Fiocruz, 63 mil AstraZeneca/Covax, 118.170 Pfizer/BioNTech e 170 mil CoronaVac/Butantan.

Resta somente o envio do lote da Pfizer, que deve chegar nesta quarta-feira (28) às 19h10 no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Até a noite desta terça-feira (27), o Paraná aplicou 7.677.518 vacinas contra a Covid-19, sendo 5.579.644 primeiras doses e 2.097.874 segundas doses ou dose única. O Estado vai somar, com o envio integral da 32ª pauta, 9.671.370 doses recebidas do Ministério da Saúde.

 

Fonte: AEN

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.