Conectado com

Geral

Câmara aprova PEC que adia para novembro eleições deste ano

A Câmara dos Deputados aprovou e sua sessão de ontem a proposta de emenda à Constituição que adia para novembro as eleições municipais deste ano em razão da pandemia do novo coronavírus.

Pelo calendário eleitoral, o primeiro turno estava marcado para 4 de outubro, e o segundo, para 25 de outubro, porém a PEC adia o primeiro turno para 15 de novembro, e o segundo, para 29 de novembro.

O texto-base foi aprovado em primeiro turno por 402 votos a 90 com 4 abstenções.

No segundo turno, a PEC foi aprovada por 407 votos a 70, com 1 abstenção.

O texto já foi aprovado pelo Senado e seguirá agora para promulgação, pelo Congresso Nacional, cuja sessão está marcada hoje pela manhã.

Na votação em primeiro turno, os deputados aprovaram dois destaques, isto é, modificações no texto., no entanto, técnicos da Câmara explicaram que as mudanças não exigirão que o texto volte para nova análise do Senado.

O Tribunal Superior Eleitoral tem defendido o adiamento como medida para minimizar o risco de contágio da doença, mas desde que seja ainda para este ano.

Caso um município ou estado não apresente condições sanitárias para realizar as eleições em novembro, o Congresso poderá editar um decreto legislativo designando novas datas para a realização do pleito, tendo como data-limite o dia 27 de dezembro de 2020.

Inicialmente, a proposta aprovada pelos deputados previa que, no caso dos municípios nesta situação, caberia ao TSE definir nova data, mas os parlamentares aprovaram um destaque para modificar a PEC e deixar a regra igual à dos estados.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

O vandalismo está presente em Marechal Cândido Rondon

A depredação do patrimônio público em Marechal Cândido Rondon é cada vez mais comum e uma parcela da população, que vive a margem da lei, faz com que a qualidade de vida da população em geral seja afetada.

Ao realizar uma visita a Praça Dealmo Selmiro Poersch, é possível observar as grades do parquinho deterioradas, brinquedos no chão, lixos pelo caminho e outras situações lamentáveis.

A constatação é que alguns dos usuários deste ambiente, não possuem o devido respeito com o patrimônio público e com o restante dos cidadãos.

A jovem munícipe, Ana, moradora das proximidades, que frequenta constantemente a praça Dealmo Selmiro Poersch, comenta sobre.

 

 

 

 

Continue Lendo

Geral

Corrida da Acorre Rondon reúne centenas de crianças no Estádio Municipal

Dezenas de crianças, com idades entre 05 e 15 anos, participaram no sábado no Estádio Municipal Valdir Schneider, de Marechal Rondon, da 7º edição da Corrida Kids, promovida pela Acorre Rondon.

Com inscrições gratuitas, o evento teve ainda o cunho social de arrecadar material escolar para serem repassados às crianças menos favorecidas.

A presidente da prova, Arlete Kempfer, agradece a todos os envolvidos..

Continue Lendo

Geral

Governo vai enviar vacinas contra dengue para mais 29 municípios

Novo lote completa lista de 521 cidades que receberão o imunizante

 

O Ministério da Saúde informou que vai enviar doses de vacinas contra dengue para mais 29 municípios nos próximos dias. O novo lote vai completar a lista de 521 municípios selecionados para receber as doses até a primeira quinzena de março. Até o momento, 492 cidades já receberam os imunizantes.

A vacinação contra a dengue começou neste mês e é destinada à aplicação em crianças de 10 e 11 anos. Até o fim deste ano, a vacinação com a Qdenga, nome comercial do imunizante, será ampliada para adolescentes de 12,13 e 14 anos que moram nos 521 municípios.

Os municípios foram escolhidos para receber os primeiros lotes das vacinas por estarem localizados em áreas de com alta incidência da dengue tipo 2 (Sorotipo 2), que provoca infecção mais grave da doença.

A restrição de regiões que vão receber a vacinação foi feita diante das dificuldades apresentadas para produção e oferta da vacina, elaborada pelo laboratório Takeda. A partir da entrega de mais carregamentos, a vacinação será ampliada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o Ministério da Saúde, foram compradas 5,2 milhões de vacinas neste ano. Em 2025, serão mais 9 milhões.

A vacina Qdenga teve o registro aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março de 2023. Em dezembro do ano passado, a pasta anunciou a incorporação do insumo no SUS.

Pelo menos seis estados já declararam situação de emergência devido aos casos registrados de dengue na população. Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Acre, Goiás e o Distrito Federal estão na lista.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.