Conectado com

Geral

Cascavel chega a 25 óbitos causados pela Covid-19

Ilustrativa

RECEBA AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS PELO WHATS. ENTRE NO GRUPO CLICANDO AQUI

 

A taxa de letalidade da doença em Cascavel é de 1,7% e a taxa de pacientes confirmados com quadro agravado é de 2,3%…

A Prefeitura de Cascavel divulgou na tarde desta quarta-feira (17) a situação do novo coronavírus na cidade.

De acordo com o boletim, o município registra 25 óbitos e 1.439 casos confirmados da doença, ou seja, aumento de 83 casos em relação ao último boletim. Destes, 1022 pessoas estão recuperadas, 358 estão em isolamento domiciliar, 18 internados em UTI e 16 em enfermaria.

Ainda, 27 casos suspeitos são acompanhados pelas equipes de saúde. Dos casos suspeitos, 21 pacientes estão internados em leitos de enfermaria e 6 em leitos de UTI.

A taxa de letalidade da doença em Cascavel é de 1,7% e a taxa de pacientes confirmados com quadro agravado é de 2,3%.

Histórico de casos

Mortes em junho: 18 (parcial)

25ª morte: mulher de 77 anos, sem comorbidades, óbito em 16/06, em Hospital Privado em Cascavel, classificada positiva por critérios clínicos epidemiológicos.

24ª morte: homem de 88 anos, comorbidade associada de leucemia e hipertensão, óbito em 17/06 em Hospital Privado em Cascavel.

23ª morte: homem de 69 anos residente de Cascavel, mas faleceu em Foz do Iguaçu no dia 16/06. Ele tinha miocardiopatia, insuficiência cardíaca e renal crônica, além de hipertensão arterial e obesidade.

22ª morte: homem de 73 anos faleceu no HUOP em 16/06. Ele tinha doença cardiovascular crônica.

21ª morte: mulher de 63 anos faleceu no dia 08/06 na UPA Tancredo. Ela tinha doença cardiovascular crônica.

20ª morte: Ivani Terezinha Schupel, de 73 anos, faleceu no dia 15/06. Estava internada em hospital privado desde o dia 10. Tinha doença cardiovascular e diabetes. Ela morava no distrito de Espigão Azul.

19ª morte: homem de 79 anos, faleceu em Toledo no dia 13/06 em Toledo. Tinha doença cardiovascular crônica, doença pulmonar obstrutiva crônica e hipertensão arterial sistêmica.

18ª morte: Maria da Luz da Silva, de 63 anos, faleceu no dia 15/06. Moradora do Clarito ela foi internada em Assis Chateaubriand. Era hipertensa e portadora de hipotiroidismo e obesidade.

17ª morte: mulher de 85 anos faleceu em casa no dia 15/06. A mulher tinha comorbidades associadas como hipertensão e sequela de AVC.

16ª morte: homem de 54 anos que tinha problema neurológico há 11 anos e faleceu em 14/06. Teve sintomas em 4 de junho e internou em hospital particular no dia 6.

15ª morte: Maria Aparecida Malizan, de 77 anos, moradora do Interlagos. Tinha histórico de problemas no coração e faleceu em 11/06 na UPA Brasília. confirmação de Covid-19 veio depois da morte.

14ª morte: mulher de 88 anos faleceu em 12/06 na UPA Tancredo. Teve início dos sintomas no dia 7 e foi internada no dia 09.

13ª morte: homem de 54 anos faleceu na UTI de Assis Chateaubriand, no dia 11/06. O início dos sintomas foi no dia 31 de março e no dia 5 de junho ele procurou a UPA Brasília, sendo levado à UTI no dia seguinte. Tinha Hipertensão e doença cardiovascular crônica.

12ª morte: mulher de 71 anos moradora de Cascavel faleceu em Foz do Iguaçu no dia 10/06. Ela tinha hipertensão, diabetes e doença arterial, além de ser ex-tabagista. Sintomas começaram em 31 de maio e passou pela UPA em Cascavel no dia 7 de junho.

11ª morte: mulher de 63 anos moradora de Cascavel faleceu em Assis Chateaubriand no dia 8/06. Com sintomas desde 26 de maio deu entrada na UPA Brasília dois dias depois e foi transferida no dia seguinte.

10ª morte: homem de 73 anos faleceu no dia 3/06 na UPA Tancredo. O homem chegou a ter alta médica mas o quadro se agravou e ele faleceu pouco depois de retornar à unidade e antes de ser levado para a UTI. Ele tinha hipertensão.

9ª morte: mulher de 59 anos tinha várias doenças e faleceu no dia 2/06. A filha contou à CGN que a mulher sabia da gravidade da doença.

8ª morte: Reginaldo Abreu Santos, de 34 anos, faleceu na UTI em Assis Chateaubriand no dia 1/06. A família relatou que ele era saudável e não tinha outras doenças. Os sintomas começaram no dia 16/05 e no dia 23 ele procurou a UPA.

Mortes em maio: 3

7ª morte: homem de 69 anos falecido em hospital particular no dia 24/05. Ele estava internado desde o dia 17 de maio e tinha comorbidades como doença cardiovascular, obesidade, hipertensão e diabetes.

6ª morte: mulher de 86 anos faleceu em 17/05 no HUOP. Ela tinha doença pulmonar crônica e havia sido internada no dia 14 de maio.

5ª morte: mulher de 93 anos, acamada há mais de 5 anos faleceu no dia 7/05. Os sintomas haviam começado no dia 01/05.

Mortes em abril: 3

4ª morte: homem de 70 anos sem relato de comorbidade morreu na UTI em Assis Chateaubriand em 24/04. Os sintomas começaram no dia 9 de abril.

3ª morte: Balbino José dos Santos, faleceu no dia 18/04 em Cascavel, aos 66 anos. Ele tinha sido internado em 26 de março para fazer uma cirurgia e depois de ir a UTI a Covid-19 foi descoberta.

2ª morte: Natalício Alves de Oliveira, de 77 anos, faleceu no dia 10/04. Ele era cadeirante e deixou 5 filhos 17 netos e 10 bisnetos.

Morte em março: 1

1ª morte: Homem de 66 anos faleceu em 30/03 em hospital particular. Ele contraiu o vírus em Dubai e começou a ter sintomas no dia 19 de março, quatro dias após voltar de viagem.

Fonte: CGN

Continue Lendo
Publicidade

Geral

PM apreende veículo furtado carregado com cigarros contrabandeados em Pato Bragado

Condutor fugiu para uma plantação de soja e não foi localizado

Policia Militar

Em Pato bragado, na sexta-feira à noite (15), a PM recebeu uma denúncia anônima relatando que um veículo tinha acabado de ser abandonado em determinada região do município.

No local se encontrava um veículo Toyota  Corolla, sendo que os militares fizeram contato com diversas pessoas da sociedade na tentativa de localizar a proprietária, até que uma pessoa desconhecida retornou para equipe relatando que a filha da proprietária estaria indo ao local.

A mulher contou que o veículo estava com seu namorado e que este abandonou o carro pois havia discutido com um amigo.

Diante dos fatos, o veículo foi liberado para a responsável.

Em ato contínuo, no momento em que a equipe militar deixava o local, um veículo Fiat Doblo trafegava pela rua Tancredo Neves, em Pato Bragado, sendo que o condutor parou imediatamente ao avistar a viatura policial, abandonou o carro e correu para uma plantação de soja.

Foi realizada abordagem ao veículo, não havendo mais ninguém no seu interior, somente cigarros de origem paraguaia,  totalizando 37 caixas.

A PM realizou buscas ao condutor, porém sem êxito.

De posse do veículo, a equipe deslocou até a 2° cia para confeccionar o boletim, sendo realizada consulta no chassi do veículo, o qual apresenta indicativo de furto.

Diante dos fatos, o veículo e as caixas de cigarros foram encaminhados a Receita Federal na cidade de Guaíra.

Continue Lendo

Geral

PM vai atender ocorrência de violência doméstica e acaba prendendo traficante

Mulher que foi agredida revelou que homem trafica maconha: policia apreendeu quase um quilo da droga

Neste sábado (16) a Policia Militar de Marechal Cândido Rondon foi acionada para registrar uma ocorrência de violência doméstica.

Na chegada, uma senhora veio correndo ao encontro da equipe policial chorando, dizendo que havia sido agredida e que queria que a policia prendesse o autor, que havia dado chutes e socos em sua cabeça e corpo.

Nesse momento, foi abordado o senhor que apresentava muito nervosismo dizendo que resolveriam por ali o problema, sem a necessidade da polícia.

O homem foi orientado a acalmar-se enquanto a equipe policial estava conversando com a vítima, e então ele tentou ingressar na casa, quando a senhora informou que havia ilícitos na residência.

O autor tentou correr e foi contido pela equipe policial tendo que se fazer uso seletivo de força de imobilização, conhecido como “gravata”, pois verbalização e tentativa de imobilização pelos braços não foram possíveis.

O homem teve que ser algemado de acordo com a súmula vinculante do STF nº 11 para resguardar a integridade física da equipe e do próprio detido.

Na varanda da casa tinham alguns pertences dele, uma mochila e uma mala com roupas.

Realizadas buscas no pertences, foram encontrados dois volumes de substancia análoga a maconha: um “tablete” pensando 880 gramas e um pedaço menor pensando 130 gramas com marcas de corte a faca.

Foi então dado a voz de prisão ao senhor.

Durante a prisão, a central da PM fez contato com a equipe policial informando ter recebido denúncia anônima de que o mesmo trafica no local, que muitas pessoas vão durante a noite e compram maconha em pedaços pequenos.

Anda durante a abordagem, a senhora confirmou à PM que ele realmente vende maconha na residência e que comete os ilícitos em frente a sua filha, uma menina de 05 anos.

O autor foi preso e encaminhado a Delegacia de Policia Civil de Marechal Rondon.

Continue Lendo

Geral

Arrastão no Ana Paula é adiado devido à chuva em Marechal Rondon

Arrastão foi remarcado para o próximo sábado, 23.

Conforme vinha sendo anunciado durante a semana, de que caso chovesse neste sábado, dia 16, o arrastão contra a dengue marcado para ser realizado no Bairro Ana Paula, seria adiado.
Desta forma, no início da manhã, a Secretária de Saúde, Marciane Specht, em acordo com os demais envolvidos na ação, decidiu pelo adiamento para o próximo sábado, 23.
Ao longo da semana serão definidos e anunciados os detalhes para as atividades.
Segue comunicado da secretária:
Bom dia!
Em conversa com a equipe da dengue, que tem todo o conhecimento diário da situação de recolha de materiais, e com as demais secretaria envolvidas, chegou-se ao consenso de que não temos condições de realizar a ação de arrastão hoje. Portanto, fica cancelado.
Assim, remarcaremos o arrastão para o próximo sábado, na mesma região.
Agradeço a todos pela disponibilidade deste final de semana.
Marciane Specht
Secretária de Saúde
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.