Conectado com

Policial

Criança de quatro anos via pai e madrasta fazendo sexo e ainda participava de ato

Daniela Sevieri/Banda B

Polícia Civil agiu nesse e também em outros casos envolvendo menores de idade…

 

A Policia Civil do Paraná, através do Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente vitimas de Crime de Ponta Grossa, na última semana, deu cumprimento a 4 mandados de prisão. Ocorre que no final do mês de julho e começo de agosto os policiais civis deram início a 3 investigações distintas envolvendo crianças e adolescentes de 04, 11, 14 e 15 anos.

Em uma das investigações foi constatado que um casal, pai e madrasta, tinham relação sexual na presença da vitima, onde inclusive a mesma, com apenas 4 anos de idade, participava do ato sexual, acreditando estar em uma brincadeira.

“A vitima começou a querer representar a brincadeira de marido e mulher com outras crianças do seu convívio fato esse que chamou a atenção de familiares que o encaminharam para acompanhamento psicológico. E foi durante uma das sessões com a psicóloga que a vítima relatou espontaneamente essa relação sexual a três, ou seja, ele, o pai e a madrasta”,afirma a delegada Ana Paula Cunha Carvalho.

Na mesma época a equipe investigava o caso de uma menina de 11 anos, que estava sendo abusada sexualmente pelo padrinho. Nessa situação foi verificado que o agressor também ameaçava a criança dizendo que iria matar a mãe, as irmãs e a própria vitima caso a menina revelasse os abusos que sofria.

A delegada do NUCRIA ressalta que nesse tipo de crime é comum a vítima demorar para denunciar uma vez que ela sente medo e não entende o que está ocorrendo. “Nesse caso o padrinho presenteava a vítima com material escolar, celular, roupas e calçados. E como a criança tem medo de contar pra alguém, guarda pra si e começa a externar a violência sofrida de outra forma, como a diminuição no rendimento escolar, depressão, automutilação e rejeição com o agressor, chamando a atenção de pessoas próximas”, enfatiza.

A terceira investigação envolve dois adolescentes, do sexo masculino, que vinham sendo abusados por um homem de 57 anos. “Conversas apresentadas por uma das vitimas demonstraram o interesse do investigado em manter um relacionamento sexual com os adolescentes, como também o vínculo que o mesmo tentava manter com os jovens lhes oferecendo presentes e lanches”, destaca a delegada.

De março a agosto desse ano o NUCRIA-Ponta Grossa, realizou 17 prisões pela pratica do crime de estupro de vulnerável. Segundo a delegada Ana Paula Cunha Carvalho, ” esse número representa a confiança que a população tem no trabalho que estamos realizando na cidade. Todos os dias recebemos inúmeras denúncias envolvendo crimes que vão desde maus-tratos, negligencia, abandono e violência sexual. É muito importante estar atento ao comportamento da criança e do adolescente e havendo alguma suspeita procurar os órgãos de proteção “, alerta Ana Paula.

O texto é da assessoria de imprensa.

 

Fonte: CGN
Continue Lendo
Publicidade

Policial

Restos mortais de mulher assassinada há um ano são encontrados na zona rural

Catve

O corpo de uma jovem de 28 anos, assassinada há cerca de um ano, foi localizado por equipes da Polícia Militar e da Delegacia de Homicídios na madrugada desta quinta-feira, no distrito de Rio do Salto, área rural de Cascavel.

O autor do crime foi denunciado pela amásia após agredi-la 

O caso veio à tona após a prisão do principal suspeito do crime na noite de quarta-feira, por violência doméstica.

O rapaz de 27 anos foi detido pela PM na Rua Rio Verde, no Loteamento Riviera, após agredir a amásia, uma mulher de 58 anos.

A vítima relatou à equipe policial que o companheiro ameaçou-a de morte, além de agarrá-la pelo pescoço e tentar asfixiá-la.

Segundo a mulher, ele aparentava estar sob efeito de drogas.

Após as agressões, a Polícia Militar foi acionada e realizou a prisão do rapaz, que foi encaminhado a 15ª Subdivisão Policial.

Já na Delegacia, a mulher revelou que o companheiro havia assassinado a nora dela, Oracilda Aparecida Rodrigues, a pauladas.

O crime ocorreu há aproximadamente um ano, mas ela não denunciou o caso ao setor policial porque era ameaçada constantemente pelo suspeito.

Ainda conforme a mulher, o amásio havia ido a Rio do Salto durante a tarde de quarta-feira, na companhia de um adolescente.

Eles foram até o local onde o corpo de Oracilda estava enterrado.

O suspeito, então, desenterrou e ateou fogo nos restos mortais da vítima, na tentativa de destruir as provas do homicídio.

Posteriormente, a Polícia Militar localizou o adolescente, que indicou onde estava a ossada da mulher.

Segundo relatos do jovem, o suspeito afirmou que aquele seria seu “cemitério particular”, indicando que haveriam outros corpos ali enterrados, entretanto, ele não revelou porque decidiu ir até o local durante a tarde de quarta-feira.

A área foi isolada pela PM, até a chegada do Instituto de Criminalística, que realizou perícia e fez o recolhimento do pouco que sobrou do corpo da vítima.

O suspeito permanece detido na Cadeia Pública de Cascavel e, além do crime de violência doméstica contra a amásia, ele deve ser autuado em flagrante por ocultação de cadáver e responder pelo homicídio de Oracilda.

O adolescente também foi levado à SDP e liberado após prestar depoimento, já que, inicialmente, ele não teve participação no homicídio, nem na ocultação do cadáver.

Continue Lendo

Policial

DEPEN conclui transferências de presos da cadeia pública de Palotina

Palotina Press

Policiais civis e agentes do Depen realizaram ontem a transferência de 16 presos da cadeia de Palotina para Medianeira: eles seriam os últimos que aguardavam liberação para serem transferidos.

Após essa transferência, apenas uma mulher permanece recolhida na carceragem da Delegacia de Policia de Palotina.

A cadeia passará por reforma e posteriormente voltará a receber presos.

Continue Lendo

Policial

Motociclista reage a voz de assalto e acaba baleado em Toledo

Na noite desta terça-feira, após ter sido informada que uma pessoa baleada havia buscado socorro médico, a Polícia Militar de Toledo compareceu à Unidade de Pronto Atendimento para verificar a situação.

No local um jovem contou à PM que trafegava com sua motocicleta quando na rotatória das Ruas Portugal e Alemanha foi interceptado por dois elementos, os quais deram-lhe voz de assalto.

Com a intenção de evitar que sua moto fosse roubada, rapaz contou que segurou o revólver empunhado por um dos criminosos e a arma acabou disparando, alvejando sua perna.

Enquanto os assaltantes fugiram a pé temendo pela chegada da Polícia e não levaram nada, a vítima buscou atendimento médico e o caso foi informado à Central de Operações do 19º Batalhão da PM.

A ocorrência foi registrada, diligências policiais passaram a ser desenvolvidas, mas os envolvidos no crime não foram encontrados.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.