Conectado com

Trânsito

Dos 1,140 radares eletrônicos a serem instalados no Brasil, 20 serão no Paraná

Quatro entre os municípios de Cascavel e Toledo

Dos 1.140 radares eletrônicos que serão instalados em todo o Brasil, 04 estarão no trecho da BR-467 que liga os municípios de Cascavel e Toledo.

 

O excesso de velocidade sempre foi um dos principais motivos de tragédias nas rodovias, não só do Paraná, mas de todo o País.

O acordo firmado pelo Ministério Público Federal, Dnit e Ministério da Infraestrutura prioriza a instalação de 1.140 radares eletrônicos pelo Brasil.

A BR 467 receberá quatro novos radares: dois serão implantados no município de Cascavel e outros dois no perímetro urbano de Toledo.

O fluxo na rodovia é altíssimo, principalmente de caminhões que escoam as produções do Oeste e de outros estados e levam até o Porto de Paranaguá.

O quilômetro 86 terá o radar reimplantado, já que o Dnit fez a retirada no início do ano.

Os moradores gostaram da novidade, já que a travessia de um lado a outro da rodovia ficou ainda mais perigosa após a remoção.

Um dos pontos da BR 467 onde será instalado o radar é o quilômetro 91, que fica entre cinco e dez quilômetros do distrito de Sede Alvorada.

Neste trecho, há sequências de curvas na pista e mesmo assim centenas de motoristas já foram flagradas acima do limite permito.

O fiscalizador de velocidade será instalado nos dois lados da rodovia.

O Paraná receberá deste acordo 20 novos radares nas rodovias federais, incluindo as BRs 163. 158, 272, 373, 376 e 476.

Os pontos foram definidos em estudo desenvolvido ainda 2016, segundo o Dnit, que elencou as faixas críticas de tráfego.

Os radares terão três modelos: controlador eletrônico de velocidade, o redutor eletrônico e o controlador eletrônico misto.

Em nota, o Dnit informa que será priorizado os trechos efetivamente necessários e ainda não há uma data definida para instalação destes novos equipamentos.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Grave acidente entre Maripá e Palotina, envolve três veículos, e uma pessoa fica ferida

Foto: Portal Nova Santa Rosa

Foi na rodovia PR-182

 

Um grave acidente aconteceu por volta das 21h00 da noite desta segunda-feira (05) na rodovia PR-182 que liga os municípios de Maripá e Palotina, e envolveu três veículos.

O princípio da ocorrência se deu quando o condutor de um veículo Vectra com placas de Mercedes, seguia sentido a Palotina, e perdeu o controle da direção vindo a invadir a pista contrária e atingir toda a lateral de uma camionete Amarok, com placas de Marechal Cândido Rondon, que seguia na direção oposta, sentido a Toledo. Atrás da Amarok seguia um caminhão do tipo baú com placas Mercosul, onde o veículo Vectra também acabou colidindo na lateral dianteira.

Ainda na mesma direção, e logo após a Amarok e o caminhão baú, seguia um veículo HB20, que para não ser atingido, conseguiu desviar para a direita, vindo a atingir de forma leve o barranco às margens da pista.

Com a força dos impactos, o Vectra ficou com sua frente totalmente destruída. A Amarok com danos na lateral, e o caminhão resultou em uma roda quebrada e demais danos.

O corpo de Bombeiros, o Samu e a ambulância do município de Maripá estiveram socorrendo o condutor do Vectra, que precisou ser desencarcerado e resultou com maiores ferimentos. Ele estava sendo atendido e avaliado dentro da ambulância no local, a fim de ser verificado o possível encaminhamento à um hospital da região. As demais pessoas envolvidas no acidente nada sofreram.

A equipe do corpo de bombeiros realizou a limpeza da pista para posterior liberação do tráfego, que ficou interditado por alguns minutos.

Fonte: Portal Nova Santa Rosa

 

Continue Lendo

Policial

Falece policial rodoviário envolvido em acidente na BR-163 região do Posto Trovão Azul

Cabo Galles tinha 50 anos e morreu por complicações do acidente

Faleceu neste domingo (04) o policial militar rodoviário Cabo Galles, 50 anos, vitima de acidente de trânsito ocorrido no dia 08 de novembro na BR-163 trecho entre Marechal Rondon e Quatro Pontes, na região do Posto Trovão Azul.

Desde o ocorrido ele estava em tratamento, e por complicações de saúde não resistiu e faleceu hoje.

         Cabo Galles era o condutor de um automóvel Gol, placas Mercosul, que naquela data colidiu frontalmente contra uma Carreta carregada com 35 toneladas de milho, de Lajeado – Rio Grande do Sul.

         O motorista do Gol ficou preso às ferragens e foi necessária a intervenção dos bombeiros militares, que prestaram os primeiros socorros e o encaminharam a UPA Marechal Rondon.

         Após o impacto inicial, a Carreta desgovernada tombou, cruzou a rodovia, saiu para o acostamento e bateu violentamente contra um poste de energia elétrica.

         A cabine literalmente “abraçou o poste” ficando completamente destruída e por sorte, o motorista nada sofreu.

         O caminhoneiro contou que carregou 35 toneladas de milho na cidade de Maracaju, no estado de Mato Grosso do Sul e tinha como destino o município de Encantado, no Rio Grande do Sul.

         Desde o acidente, o Cabo Galles, de 50 anos, vinha fazendo tratamento e por complicações, neste domingo não resistiu e faleceu.

         Ele residia no município de Ouro Verde do Oeste e por mais de 30 anos, atuava como policial militar rodoviário.

         Na região de ação da Terceira Companhia, por muitos anos trabalhou no posto rodoviário de Palotina, incluindo escalas no posto de Marechal Rondon.

Continue Lendo

Policial

Homem é preso após se envolver em acidente em Marechal Rondon

Ele foi denunciado por omissão de socorro

Um caso de omissão de socorro resultou na prisão de uma pessoa em Marechal Cândido Rondon nesta sexta-feira.

Por  14 horas e 30 minutos a Policia Militar foi acionada em função de um acidente de trânsito  envolvendo uma motocicleta e uma bicicleta.

No local   populares relataram que o ciclista tentava cruzar a avenida quando acabou atingido pela moto, cujo condutor evadiu-se, sem ser identificado.

O ciclista permaneceu na pista, aparentemente desorientado,  aguardando a chegada da equipe de bombeiros, sendo  em seguida  encaminhado até a UPA Marechal.

Na sequência a equipe da PM foi informada que uma homem estava também sendo atendido na UPA, dizendo ter se envolvido em acidente de trânsito.

Ouvido pelos policiais  ele confirmou ser o piloto da motocicleta e que fugiu por não ser habilitado e porque a moto não tinha documentação.

Questionado a respeito da localização da motocicleta, relatou que abandonou  a mesma numa área rural, não sabendo informar a localização exata.

 Diante dos fatos, demos voz de prisão  e  foi encaminhado a Delegacia da Polícia Civil para os demais procedimento.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.