Conectado com

Policial

Em oito meses, PRF apreende mais cigarros do que em todo 2018 no Paraná

PRF-PR

De janeiro a agosto, as equipes da PRF apreenderam 24 milhões e 600 mil carteiras no estado, resultado é 33,7% maior que o registrado ao longo dos 12 meses do ano passado

Foram 24 milhões e 500 carteiras contrabandeadas do Paraguai

As equipes da Polícia Rodoviária Federal apreenderam cerca de 24 milhões e 500 carteiras de cigarro contrabandeadas do Paraguai nos primeiros oito meses deste ano no Paraná.

O número alcançado até agosto já é 33,7% superior ao registrado durante todo o ano de 2018, quando 18 milhões e 400 mil carteiras foram apreendidas no estado.

O balanço parcial coloca 2019 na segunda posição no ranking de apreensões dos últimos dez anos no Paraná, atrás apenas de 2013, ano em que a PRF apreendeu 31 milhões e 100 mil carteiras.

O Paraná é o estado brasileiro onde a Polícia Rodoviária Federal mais apreende cigarros contrabandeados.

Na sequência, aparecem os estados de Mato Grosso do Sul e Goiás.

Boa parte dos carros e caminhões apreendidos pela PRF com cigarro é produto de roubo ou furto.

Além de alimentar essa cadeia de crimes associados, a prática do contrabando provoca uma evasão fiscal bilionária, uma vez que cerca de 80% do preço do cigarro brasileiro corresponde a tributos.

O contrabando afeta ainda a saúde pública, por ofertar à população produtos nocivos a preços inferiores aos de mercado, sem qualquer tipo de controle sanitário e sem as advertências obrigatórias nas embalagens, e acaba por constituir uma atividade rentável para o crime organizado.

A PRF pede para que as pessoas que tenham qualquer informação sobre veículos transportando cargas ilícitas em rodovias federais, liguem e passem informações, inclusive de forma anônima, para o telefone 191.

O crime de contrabando tem pena prevista de dois a cinco anos de prisão.

De 2010 até hoje, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 187 milhões de carteiras de cigarro no Paraná.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Maus tratos de animais em Marechal Rondon: ONG recolhe coelhos, aves e cachorros

Maus tratos de animais

Maus tratos de animais em Marechal Rondon: ONG recolhe coelhos, aves e cachorros.Link:

Publicado por Rádio Difusora – 95.1 FM – 970 AM em Quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

 

Continue Lendo

Geral

Estado prepara edital para aumentar efetivos da PM, Civil e Bombeiros

Publicação deve ocorrer na próxima terça-feira

Na próxima terça-feira, dia 3 de março, serão divulgados os editais para o concurso das Polícias Civil, Militar e também do Corpo de Bombeiros do estado do Paraná, ofertando ao todo mais de três mil oportunidades.

A data foi definida em conjunto com o secretário de Segurança Pública do Estado, Coronel Romulo Marinho Soares, e outros diretores da Polícia Civil.

O concurso da PM paranaense irá disponibilizar 2.400 vagas para soldado e a exigência é ter o ensino médio completo.

O salário de cargo de soldado de 2ª classe da PM possui vencimento básico de 1.895,72 e de soldado de 1ª classe , 4.180,07.

Já a seleção para entrar na Polícia Civil é para vagas de delegado, papiloscopista e investigador de polícia.

Investigador exige formação em qualquer curso de graduação de nível superior e Carteira Nacional de Habilitação categoria B ou superior.

O salário é de 5.478,49.

O cargo de papiloscopista também exige nível superior e a remuneração inicial do cargo é de 5.752,41, após aprovação no concurso público.

A função de delegado exige formação em Direito e a remuneração inicial passa dos 13 mil mensais, mais benefícios e gratificações.

Para o concurso dos Bombeiros, oportunidade para ingressar como soldado com remuneração inicial em 4.180,07, após o curso de formação.

Continue Lendo

Policial

Posto rondonense da PRE não registra nenhum acidente durante recesso de carnaval

A Polícia Rodoviária Estadual divulgou nesta quarta-feira (26) o levantamento da Operação Carnaval na região Oeste que apresenta números positivos no comparativo com o ano passado.

Em 2020 houve 36% de redução no número de acidentes nas rodovias estaduais da região Oeste do Paraná.

Foram registrados sete acidentes com 11 feridos e uma morte.

O número de mortos também reduziu em 50%, já que em 2019 duas pessoas morreram no feriado prolongado de Carnaval.

Ao logo dos cinco dias de fiscalização; 718 automóveis foram inspecionados pelas equipes, 347 foram autuados, 515 condutores foram submetidos ao teste do bafômetro e dois deles presos por embriaguez ao volante.

A fiscalização foi desenvolvida em 1650 quilômetros de extensão de rodovias de 62 municípios da região Oeste e Sudoeste.

Na área de atuação do posto de Marechal Cândido Rondon, a Policia Rodoviária Estadual não registrou nenhum acidente, conforme destaca o comandante local, sargento De Souza.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.