Conectado com

Geral

IBGE confirma que quase a metade dos municípios do Paraná perde população

Na comarca crescimento populacional é quase insignificante

Uma recente estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mostra que o processo de migração de municípios do interior do Paraná para polos urbanos continua crescendo, pois dos 399 municípios do Estado, pelo menos 181 , ou 45% deles, tiveram variação negativa no número de habitantes na comparação entre 2018 e 2019.

As 15 cidades que mais perderam moradores têm menos de 10 mil habitantes cada.

Na outra ponta, os seis maiores municípios do estado, Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Cascavel e São José dos Pinhais , tiveram variação populacional superior à média do país.

Três cidades, Virmond, Nossa Senhora das Graças e Barra do Jacaré, mantiveram a mesma quantidade de moradores de um ano atrás, segundo o IBGE.

Para especialistas, a perda populacional nas pequenas cidades, que mantém uma tendência dos últimos anos, é resultado de um processo acelerado de criação de municípios, ocorrido entre os anos de 1980 e 2000 e agora se vive o segundo momento desse processo.

Todas as 10 menores cidades do Paraná: Jardim Olinda, Nova Aliança do Ivaí, Santa Inês, Esperança Nova, Miraselva, Altamira do Paraná, Santo Antônio do Paraíso, Ariranha do Ivaí, São Manoel do Paraná e Mirador, tiveram redução no número de habitantes ou taxa de crescimento inferior à média nacional, de 0,792% e do estado que é de 0,749%.

A maior variação negativa do estado ficou por conta de Altamira do Paraná, em menos 12,087%.

Segundo a pesquisa, contribui para essa tendência também a ausência de políticas de fixação de moradores.

Por enquanto os números não permitem afirmar, dessa perda, o que é derivado da saída de pessoas ou de decréscimo por outro quadro, como redução nas taxas de natalidade.

Ainda segundo pesquisadores, o fato de haver crescimento nas maiores cidades, no entanto, permite deduzir que esses polos são o destino de atração migratória.

De acordo com eles, a relação entre população e economia não é necessariamente direta, mas há mais oportunidades de saúde, emprego e educação em grandes centros urbanos, o que motiva a saída das pessoas das pequenas cidades.

As estimativas populacionais das cidades, divulgadas anualmente, são consideradas pelo Tribunal de Contas da União para o cálculo do FPM, o Fundo de Participação de Municípios .

Continue Lendo
Publicidade

Economia

Marechal Rondon terá racionamento de água a partir da próxima semana

A direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto, SAAE, anunciou hoje pela manhã que a partir da próxima semana será colocado em prática um programa de racionamento de água em Marechal Cândido Rondon.

De acordo com a autarquia, a falta de chuvas, o calor e o aumento de consumo nos últimos meses, colocam em risco o abastecimento e por conta disso medidas precisarão ser adotadas para que haja o consumo consciente de água, por parte da população de uma maneira geral.

Pelos números do SAAE, hoje são cerca de 20 mil unidades consumidoras, entre residenciais, comerciais e industriais, que consomem em média 15 milhões de litros de água por dia.

São 41 as fontes de produção, entre captações e poços artesianos que abastecem o SAAE e propiciam a distribuição entre as unidades de consumo .

Essas fontes hoje produzem em torno de 13 a 14 milhões de litros dia, portanto aquém da demanda de consumo e isso representa serio risco de falta de água potável em Marechal Cândido Rondon.

Quem explica as dificuldades e alerta para o racionamento a partir da semana que vem, é o diretor técnico do SAAE, Vitor Giacobbo….

 

Continue Lendo

Geral

Secretária de Saúde oficializa primeiro caso de sarampo em Toledo

Assessoria

Isso ressalta a importância de se vacinar 

A doença foi confirmada a partir de um exame feito no Laboratório Central do Estado e o paciente é um homem de 30 anos.

Os procedimentos de bloqueio vacinal seletivo nas pessoas que tiveram contato com ele já foram realizados.

Ele esteve em São Paulo e Curitiba e começou a apresentar os sintomas na semana passada.

Ao apresentar os primeiros sintomas, o paciente procurou atendimento e já foi orientado sobre o protocolo.

A Secretaria de Saúde realizou os procedimentos de notificação formal, coleta de material do paciente e encaminhamento para o Lacen.

A secretária de saúde de Toledo, Denise Liell, ressalta para a população a importância da vacina para quebrar esta cadeia de transmissão.

Ela destaca que a 2ª etapa da campanha contra o sarampo iniciou na segunda-feira passada para pessoas com idade de 20 a 29 anos.

No dia 30, as Unidades Básicas de Saúde também estarão abertas para vacinar o público alvo.

O sarampo já estava extinto no Brasil e agora retornou: é uma doença altamente infecciosa, e sua transmissão acontece de forma semelhante à gripe, por secreções respiratórias, como no espirro, tosse, entre outros.

Pode evoluir para complicações graves inclusive óbito, principalmente nas crianças.

Continue Lendo

Geral

Projeto social estimula a leitura no Lago Municipal de Mal. Rondon

A cidade de Mal Cândido Rondon está sendo agraciada com o projeto social constituído de um “Caminhão Biblioteca”, que leva cultura e educação às pessoas por meio de atividades que estimulam o hábito da leitura saudável.

Instalada no Lago Municipal Rodolfo Rieger, a Expolivro é uma iniciativa cristã do Instituto Vida para Todos – que é uma entidade sem fins lucrativos – e com o apoio da Editora Árvore da Vida.

Em Marechal Cândido Rondon, as ações estão sendo coordenadas por Rodrigo Lucietto, e além de promover a leitura gratuita na estrutura montada, também há livros para comercialização…

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.