Conectado com

Policial

Inteligência e integração das polícias tiram 80 toneladas de drogas das ruas

AEN

As ações integradas das forças de segurança pública do Paraná resultaram em aumento de apreensões de drogas nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior. De acordo com relatório da Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico da Secretaria da Segurança Pública, de janeiro a julho deste ano foram apreendidos 73,4 toneladas de maconha, 4 toneladas de cocaína, 783 quilos de crack, 36.897 unidades de ecstasy e 23.457 unidades de LSD.

A cocaína foi a droga que mais teve aumento. De pouco mais de uma tonelada interceptada de janeiro a julho de 2018, passou para quatro toneladas neste ano, um aumento de 271%. Somente em julho deste ano, em uma operação conjunta entre as Forças de Segurança do Estado, foram apreendidas mais de três toneladas da droga que estavam armazenadas em uma marina na cidade de Guaratuba, no Litoral do Paraná.

Neste ano, foram retiradas de circulação 22% a mais de maconha – ou 13 toneladas. As apreensões de crack passaram de 622 quilos nos primeiros sete meses de 2018, para 783 quilos neste ano. Uma alta de mais de 25%. Do total, cerca de 160 quilos foram apreendidos só em Curitiba. As ações na capital paranaense também resultaram em maior apreensão de ecstasy (79%) e LSD (155%).

Para o secretário da Segurança Pública, coronel Romulo Marinho Soares, o combate ao tráfico de drogas no Paraná faz parte do trabalho de integração das forças de segurança que atuam no Estado. “Todas estas apreensões são frutos do trabalho de prevenção, ostensividade, investigação e inteligência das forças policiais vinculadas à Secretaria. Temos atuado constantemente no combate ao crime organizado, já que inibindo o tráfico de drogas conseguimos evitar também outros crimes em todo o Paraná”, disse.

“Sem dúvida, o aumento da apreensão das drogas no Paraná deu-se pelo incremento das ações ostensivas e o fato de estarmos intensificando a atividade de inteligência até a fronteira com o Paraguai e com a Argentina e com as divisas de São Paulo e Santa Catarina. Outro fator que vem a agregar valor a esse processo é o monitoramento da atividade das quadrilhas”, explicou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, os resultados se devem, também, a dedicação e ao empenho dos policiais civis que estão trabalhando na ponta da linha. “São policiais que muitas vezes não aparecem, mas que são verdadeiros heróis, sem medir esforços para garantir a segurança da população”, afirmou.

(BOX)
PCPR incinera cerca de 11 toneladas de droga em agosto

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) incinerou cerca de 11 toneladas de droga no mês de agosto. O maior volume (67%) foi destruído em Santa Terezinha do Itaipu, na região Oeste do Paraná. Entre as diversas drogas incineradas, a maconha foi a principal, pois é a mais apreendida no Estado.

O delegado da PCPR, Ítalo Biancardi Neto, explica que historicamente a maconha é a droga mais consumida no Paraná. ““Se compararmos a apreensão no primeiro semestre desse ano com o mesmo período do ano anterior houve aumento de 30% pela Divisão de Narcóticos. É uma droga que se apreende mais em função da demanda, a procura é maior pelos usuários e, por consequência, há uma oferta maior”, diz.

A destruição da maior parte da droga ocorreu em Santa Terezinha do Itaipu porque as apreensões também se concentraram naquela região. “É um grande corredor rodoviário no Paraná por onde passam toneladas de drogas oriundas de países vizinhos como Peru, Bolívia e Paraguai”, disse o delegado da PCPR.

Em 2 de agosto foram queimadas duas toneladas de maconha e dezenas de frascos de lança-perfume em uma olaria localizada no bairro Vila Vitorassi. No dia 20, a PCPR incinerou cerca de 3,2 toneladas de drogas no mesmo local.

Neto explica que a incineração ocorre após a autorização do juiz, que determina o prazo de 15 dias para que a tarefa seja cumprida sob critérios de segurança.

DESTRUIÇÃO– – Além de duas incinerações em Santa Terezinha do Itaipu, a PCPR queimou 4,2 toneladas em Cafelândia, na região Oeste do Estado, em 9 de agosto. O produto ilegal foi apreendido em ações policiais que aconteceram no primeiro semestre deste ano na Região Metropolitana de Cascavel.

No dia 8 foi incinerada 1,5 tonelada de drogas diversas em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. A destruição ocorreu na empresa Cal Morro Branco, localizada na rodovia Almirante Tamandaré. Maconha, crack, cocaína, LSD e ecstasy foram apreendidas na Capital e na RMC.

 

Fonte: AEN
Continue Lendo
Publicidade

Policial

Mulher encontrada morta no interior de Toledo foi assassinada pelo namorado

A Polícia Civil do Paraná, por intermédio da 20ª Subdivisão Policial de Toledo esclareceu na tarde de ontem (20), o crime de feminicídio ocorrido no último sábado, 16, em Toledo.
Na ocasião, Roseli Gonçalves da Silva, 38 anos, foi encontrada morta com sinais de violência, em uma estrada rural localizada na Linha Caça e Pesca, em Toledo.
Assim que tomaram conhecimento do crime, os investigadores da 20ª SDP iniciaram diligências para apurar as circunstâncias e a autoria deste crime, e na tarde de ontem, prenderam o suspeito de 42 anos, que era namorado da vítima. Contra ele havia mandado de prisão em vigor, expedido por um outro crime que respondia.
Quando confrontado com as provas produzidas na investigação, ele confessou a autoria do delito, alegando ter agido em razão motivos passionais e violenta emoção para assassinar sua companheira.
O acusado, que não teve o nome divulgado, permanece detido na Cadeia Pública de Toledo, a disposição da Justiça. O Delegado Chefe da 20ª SDP de Toledo, Antonio Donizete Botelho, já representou por sua Prisão Preventiva, em razão da prática de crime de feminicídio.
O Crime
Roseli Gonçalves da Silva de 39 anos foi encontrada morta no início da manhã de sábado (16) na estrada rual Adroaldo Bombardelli, em Toledo.
Corpo foi encontrado por moradores que passaram pelo local e avistaram a mulher caída às margens da estrada. Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu foram acionados, mas apenas constataram a morte da vítima.
A mulher apresentava sinais de asfixia e violência pelo corpo. A principal suspeita é que o autor do feminicídio utilizou a alça da bolsa vítima para enforcá-la.
Fonte: Toledo News
Continue Lendo

Policial

Polícia de Santa Helena realiza operação de combate ao tráfico de drogas

Correio do Lago

Está recolhido desde a manhã desta quinta-feira na cadeia pública de Santa Helena o elemento de iniciais D.M.Q, de 33 anos, o qual é acusado da prática de tráfico de substâncias entorpecentes.

Sua prisão aconteceu durante operação de combate ao tráfico de drogas, cujos detalhes são revelados pelo delegado de Polícia Civil de Santa Helena, Geraldo Evangelista…

 

Continue Lendo

Policial

Polícia Civil desarticula quadrilhas que roubaram caminhonetes na região

(Foto: Divulgação PCPR)

Sete suspeitos de integrar quadrilhas especializadas em furtos de caminhonetes foram presos na manhã desta quinta-feira (21) em uma operação da Polícia Civil do Paraná.

Foram expedidos oito mandados de prisão e seis de busca e apreensão em Cascavel, Foz do Iguaçu e São Miguel do Iguaço, no oeste do estado. A polícia informou que os presos são suspeitos de participar de três quadrilhas diferentes.

Um dos grupos, segundo a polícia, era composto por três suspeitos que costumavam realizar os crimes de madrugada e imediatamente levar os veículos furtados para o Paraguai pela BR-277.

A outra quadrilha, composta por dois suspeitos, realizava os furtos em estacionamentos de supermercados, hospitais e igrejas de Cascavel. Os homens trocavam as placas e vendiam os veículos em Foz do Iguaçu.

O terceiro grupo alvo da operação é suspeito de praticar furtos de veículos e tráfico de drogas na região.

Investigações

Segundo a Polícia Civil, as investigações duraram dois meses. De acordo com a polícia, as quadrilhas são suspeitas de furtar cerca de dez caminhonetes e um carro em um mês e meio.

Neste período, com o auxílio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os policiais conseguiram recuperar cinco veículos furtados. Nesta quinta-feira, além das prisões, a operação localizou e apreendeu três veículos.

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.