Conectado com

Geral

Justiça obriga moradores a deixar agentes vistoriar suas casas no combate adengue

Assessoria

O juiz substituto Fabrício Emanoel Rodrigues de Oliveira, da Comarca de Mal. Cândido Rondon, expediu no final da tarde de sábado o resultado de uma Ação Civil Pública, com pedido liminar, proposta pelo município de Marechal Cândido Rondon, onde autoriza o ingresso forçado de agente de saúde pública, regularmente designado e identificado, em imóveis públicos e particulares, ocupados ou não, no caso de ausência ou recusa de proprietário, sempre que a medida se mostrar essencial ao desempenho da atividade de fiscalização de focos do mosquito da dengue.

Conforme o documento, a ação se faz necessária a fim de zelar pelo efetivo combate ao mosquito transmissor da dengue, haja vista que o município se encontra em epidemia da doença.

O documento menciona ainda que, caso haja necessidade, os agentes poderão solicitar auxílio policial, para adentrarem em lotes e áreas abrangidos pela área municipal, construídos ou não, com construção inacabada, cercadas e não habitadas, com autorização de rompimento de obstáculos, bem como imóveis residenciais ou comerciais, cujos moradores ou responsáveis neguem acesso.

O despacho destaca ainda que “apesar dos esforços contínuos empregados pela Administração Pública para o combate à proliferação do mosquito transmissor do vírus, imprescindível a intensificação das ações se dá no verão, período sazonal da doença.

Neste contexto, as principais atividades desenvolvidas são a conscientização dos cidadãos e a fiscalização de possíveis focos, por meio de visitas a imóveis, ocupados ou não

Segundo o Judiciário, os agentes municipais têm encontrado obstáculos na efetivação da atividade fiscalizatória, imprescindível à eliminação de focos de mosquitos, notadamente por não obter o consentimento de proprietários a entrarem em imóveis, bem como, no caso de imóveis desabitados e/ou abandonados, pela presença de obstáculos físicos que agravam a dificuldade já inerente à ausência de quem ocupe aqueles locais e, consequentemente, possa, de variadas formas, auxiliar à equipe no desempenho das atividades.

Na sexta-feira passada um empresário não quis deixar os agentes entrar na propriedade para realizar o trabalho de vistoria.

Ao ser solicitado que deixasse as agentes entrar para realizar a vistoria do local, ele disse, segundo o boletim e ocorrência,: “aqui só irão entrar com ordem judicial!”

Isso resultou na Ação Civil Pública e na decisão da Justiça de sábado

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Setor de epidemiologia de Marechal Rondon confirma o 15º caso de Covid-19

Reportagem com Maiko Bucker

 

Continue Lendo

Geral

Vereador propõe Programa de Solo Brita para Agricultores em Quatro Pontes

A considerar que os municípios da região têm na base de sua economia o setor agropecuário, muitas são as reivindicações da população para garantir melhores condições de trabalho aos produtores.

Dentre as reivindicações feitas com mais freqüência estão ações voltadas a recuperação de estradas rurais, haja vista a importância de uma estrutura perfeita para o escoamento da produção.

Em se tratando do município de Quatro Pontes, em atendimento a pedidos de munícipes, o vereador Cesar Seidel, o “Canela”, encaminhou requerimento visando a criação do Programa de Solo Brita.

De acordo com o parlamentar, esse tipo de iniciativa proposto para a administração municipal se soma a outras ações essenciais em prol dos agropecuaristas do município..

 

Continue Lendo

Geral

Processo de Segurança Alimentar e Nutricional tem inovação nos lindeiros

Esta semana, em 05 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente.

A Itaipu Binacional e o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros, desenvolvem ações de sustentabilidade em todo o seu território de atuação.

Para celebrar a data ocorrerá a Jornada Educação, Cultura e Sustentabilidade, com oficinas, contação de histórias, apresentações musicais e palestras.

A programação vai até o próximo domingo.

O gestor do Convênio Linha Ecológica: Educação Ambiental e Cultura, Mauri Schneider, explica que desde junho de 2019 foram trabalhados os processos formativos na região.

Neste ano o Processo de Segurança Alimentar e Nutricional teve uma inovação…..

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.