Conectado com

Geral

Marechal Rondon tem a segunda colocação do ranking Previne Brasil em atendimento na saúde

A classificação é entre os municípios paranaenses com mais de 50 mil habitantes

 

Foi divulgado nesta semana o resultado dos indicadores do programa Previne Brasil. Marechal Rondon obteve o segundo lugar entre os municípios do Paraná com mais de 50 mil habitantes, ficando atrás apenas de Castro.

O programa Previne Brasil foi instituído pela Portaria nº 2.979, de 12 de novembro de 2019. O novo modelo de financiamento altera algumas formas de repasse das transferências para os municípios, cujos recursos passam a ser distribuídos com base em três critérios: captação ponderada, pagamento por desempenho e incentivo para ações estratégicas.

O objetivo do programa Previne Brasil é transferir recursos aos municípios, tendo como base as melhores evidências e experiências internacionais, permitindo conhecer os indivíduos atendidos e as suas necessidades de saúde, acompanhá-los e oferecer-lhes o cuidado adequado.

Tal levantamento é feito três vezes por ano e leva em consideração o atendimento na atenção primária, ofertado pela Secretaria de Saúde rondonense.

O ranking levou em consideração indicadores como: pré-natal (seis consultas, exames de sífilis e HIV durante a gestação), coberturas do exame citopatológico, vacinação anti pólio e penta, além de hipertensão (PA aferida) e diabetes (hemoglobina glicada).

‘’Ficamos muito felizes em ver que o excelente trabalho que está sendo prestado por toda a nossa equipe da atenção primária em saúde resulta em bons números em nível estadual”, frisa a secretária de Saúde, Marciane Specht.

A coordenadora da APS (Atenção Primária em Saúde), Raquel Rech, comemora o resultado. ‘’É gratificante ver o resultado dos esforços de nossas equipes sendo reconhecidos. Diariamente, atuamos para melhorar a qualidade do atendimento e os serviços prestados aos rondonenses”, conclui Raquel.

 

 

Fonte: Assessoria

Geral

Secretaria de Saúde rondonense confirma mais um óbito por Covid-19 nesta segunda-feira (25)

ÓBITO 154: Sexo masculino, 76 anos. O início dos sintomas ocorreu no dia 22/09 com tosse, falta de ar, dor muscular e hipossaturação.

Dirigiu-se à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em 29/09, onde foi realizado o teste antígeno com resultado positivo para Covid-19.

No mesmo dia houve coleta do RT-PCR, com o resultado confirmado em 04/10.

O paciente foi transferido ao Hospital Moacir Micheletto, em Assis Chateaubriand, no dia 30/09, onde recebeu alta em 06/10. No dia 09/10 o idoso retornou à UPA, em Marechal Rondon, tendo permanecido internado até 22/10.

Neste dia foi transferido para atendimento hospitalar, onde veio a óbito em 25/10.

Comorbidades: Hipertensão e sequela de AVC.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

Geral

Advogada esclarece pontos da legislação ambiental no Programa “Meu Dia Minha Terra”

Reportagem com Gladiston Pacheco

 

Continue Lendo

Geral

Rondonenses têm até sexta-feira para pedir isenção de IPTU

Interessados devem se dirigir ao Departamento de Tributação, na Secretaria Municipal de Fazenda

Os pedidos de isenção de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) relativos ao exercício 2022 devem ser requeridos até sexta-feira (29), na prefeitura de Marechal Cândido Rondon.

As solicitações precisam ser renovadas anualmente para a concessão do benefício e são voltadas a aposentados, pensionistas, portadores de deficiências ou de doenças mencionadas na Lei Municipal nº 116/2018, pessoas com idade acima dos 65 anos e, também, por área edificada, seguindo os requisitos legais.

Vale salientar que os proprietários de chácaras e de lotes rurais que estão localizados no perímetro urbano devem respeitar o mesmo prazo, ou seja, até sexta-feira.

Requerimento

A isenção é concedida caso seja comprovado que esses imóveis estejam destinados à exploração extrativa vegetal, agrícola, pecuária, de preservação permanente, reserva legal ou preservação ambiental.

O secretário municipal de Fazenda, Carmelo Daronch, menciona que os contribuintes devem se dirigir ao Departamento de Tributação, para requerer o benefício. “É imprescindível apresentar os documentos descritos na legislação para que sejam submetidos à análise e ao parecer”, acrescenta ele.
Para mais esclarecimentos é preciso entrar em contato com o Departamento de Tributação.

 

Fonte: Assessoria 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.