Conectado com

Política

Menos da metade do eleitorado rondonense fez o cadastramento biométrico

Em se tratando de comarca, 41,75% dos eleitores fizeram a biometria.

O prazo para o cadastramento biométrico de eleitores está na reta final e o número de cadastros na 121ª Zona Eleitoral de Marechal Cândido Rondon não atingiu ainda a metade do eleitorado.
A Comarca engloba, além do município rondonense, Pato Bragado, Entre Rios do Oeste, Mercedes e Quatro Pontes.
O Fórum Eleitoral rondonense atende a 50.190 eleitores e deste total, 41,75% fizeram a biometria.
Somente em Marechal Rondon, 42% dos eleitores compareceram ao Fórum.
De acordo com o chefe de cartório, Fábio Geahl, muitos locais de votação já não podem ser mais escolhidos pelos eleitores, por conta de ter atingido o limite de pessoas.
Ele explica que por conta disso, aqueles que, mesmo não residindo no local, tinham por hábito votar em tal lugar, terão que escolher outro local.
Informa ainda que é interessante que eleitores que têm o voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos), façam a biometria.
Caso mudem de ideia e decidam votar nas próximas eleições, o cadastro biométrico será obrigatório na hora de votar: caso contrário, o título será cancelado.
Para este mês de julho, o atendimento no Fórum Eleitoral de Marechal Rondon conta com um horário diferenciado, das 10h às 16h, sem fechar para o almoço.
No mês de agosto, voltará o horário normal, das 12h às 18h.
O atendimento no fórum é por ordem de chegada e têm a preferência aqueles eleitores que fizeram o agendamento online, no site do TRE.
Para fazer o cadastramento biométrico, basta estar munido da carteira de identidade e comprovante de residência atualizado.
A biometria é uma tecnologia que vem sendo adotada pela Justiça Eleitoral desde 2008, para dar mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação.
Por isso, os cartórios eleitorais estão realizando recadastramento biométrico, para coleta de digitais, assinatura e foto do eleitor.
Daí o nome “biometria” – porque são coletados e armazenados dados físicos do eleitor.
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Sessão marca encerramento do Parlamento Jovem de Marechal Rondon em 2022

Foto: Assessoria

Projeto envolveu alunos dos colégios cívico-militares

 

Aconteceu na manhã de hoje (25), na Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon, sessão ordinária que marcou o término das atividades deste ano do Parlamento Jovem.

O projeto  envolveu   estudantes dos Colégios Cívico-Militares Frentino Sackser e Marechal Rondon.

Membros da direção dos educandários, professores e estudantes acompanharam os trabalhos no plenário.

Os vereadores mirins apresentaram requerimentos e indicações, votaram dois projetos de lei, fizeram uso da tribuna e se manifestaram no espaço das comunicações parlamentares, tal qual é realizado pela Câmara de Vereadores.

O Parlamento Jovem é uma ação de iniciativa do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná , e no município foi realizado em parceria com o Poder Legislativo, sob coordenação do vereador João Eduardo dos Santos (Juca).

A mesa diretora da legislatura teve como presidente Moises Samir Otto, do Colégio Frentino Sackser; e primeira-secretária Juliele Rosa Lopes Neves, do Colégio Marechal Rondon.

Os demais vereadores mirins pelo Colégio Frentino Sackser foram: Sabrina Rosssaci Santos, Alejandro Grutzmann Kuntz, Alquinder Olegário da Silva, Zidane Wendel da Silva Fruet, Keiliane Hahn José e Luiz Henrique dos Santos Ferreira.

Os suplentes do educandário foram: Wellington Rafael Rohde, Eduarda Albrecht e Eduardo Lucas Correa.

Pelo Colégio Marechal Rondon formaram o Parlamento Jovem os vereadores mirins: Erick Nathan Olegario da Silva de Souza, Gabriel Henrique da Silva de Moura, Juliele Rosa Lopes Neves, Isabely Lutkmeyer Garcia Silva, Natália da Silva Antes e Iara de Almeida.

Os suplentes foram: Guilherme Felipe Coutinho, Camilly Araújo e Ellen Hachmann.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Marcada para segunda-feira a eleição para cargos vagos na diretiva da Câmara

O presidente da Câmara de Vereadores de Mal. Cândido Rondon, Pedro Rauber, convocou para a próxima segunda-feira, às 11h00, sessão extraordinária para eleição aos cargos vagos da mesa diretora para o biênio 2023/2024, no caso de vice-presidente, 2º secretário e membro suplente.

Na semana passada ocorreu eleição para as cinco funções de direção do Legislativo Municipal, ocasião em que foram eleitos para presidente, Vanderlei Sauer; e 1º secretário, Cristiano Metzner, o “Suko.

João Eduardo dos Santos, o “Juca”, e Arion Nasihgil também foram eleitos para 2º secretário e membro suplente, respectivamente, mas  prontamente renunciaram aos cargos.

Ocorre que ambos são advogados e, conforme o estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil, não é permitido que estes profissionais ocupem cargos de direção nas Câmaras de Vereadores.

Já o atual vice-presidente, Rafael Heinrich, foi reeleito para a função, porém na sessão de segunda-feira desta semana ele se declarou impedido de reassumir o cargo, uma vez que o Regimento Interno da Casa de Leis veda a possibilidade de reeleição de qualquer função da mesa diretiva dentro de cada legislatura.

Esta eleição suplementar, a exemplo da ocorrida na última sexta-feira, será com voto aberto e registrado em cédula.

 

Continue Lendo

Geral

Administração rondonense pretende criar novos cargos efetivos em diversas áreas

Projeto também amplia vagas em cargos já existentes

 

O Poder Executivo Municipal encaminhou à Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon o Projeto de Lei 58/2022. A matéria trata da criação de novos cargos efetivos e também da ampliação do número de vagas em alguns cargos já existentes.

Os novos cargos a serem criados são: 1 de advogado, 1 de arquivista, 1 de designer gráfico, 2 de médico ortopedista, 4 de médico pediatra (60 horas mensais), 6 de médico pediatra (120 horas mensais), 3 de pedagogo, 1 de técnico agrícola, 2 de técnico em higiene dental e 1 de técnico de som e iluminação.

Já o aumento de vagas em cargos existentes são: 8 de analista técnico, 1 de arquiteto, 21 de assistente administrativo, 3 de assistente de consultório dentário, 3 de enfermeiro, 3 de engenheiro civil, 10 de facilitador de oficinas, 1 de farmacêutico, 1 de fonoaudiólogo, 1 de médico pediatra (T4), 1 de médico psiquiatra (T4), 2 de médico clínico geral (T12), 1 de médico ginecologista obstetra (T12), 3 de nutricionista, 3 de profissional de educação física e 3 de técnico de informática.

O objetivo, segundo explica o prefeito Marcio Rauber na justificativa do projeto de lei, é garantir o atendimento da demanda atual e futura, nas diversas áreas de serviço abrangidas pela administração municipal em favor da população.

A matéria começou a tramitar na Casa de Leis na última semana, e está sob análise das comissões de Justiça e Redação e de Finanças, Orçamento e Fiscalização. Após os devidos pareceres, o projeto de lei será votado pelos vereadores em plenário.

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.