Conectado com

Agricultura

Ministério da Agricultura cancela registro de produtos técnicos à base de paraquate

Instrução Normativa do Mapa e Anvisa estabelece regras para uso de estoques remanescentes do produto no país.

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicaram uma Instrução Normativa Conjunta que define os procedimentos para o monitoramento e a fiscalização da utilização e do recolhimento dos estoques remanescentes de produtos à base do ingrediente ativo paraquate que estão em posse dos agricultores brasileiros, para a safra agrícola 2020/2021.

Os registros de todos os produtos técnicos à base do ingrediente ativo paraquate ficam cancelados a partir da data de publicação da Instrução Normativa Conjunta.

Já os registros dos produtos formulados serão cancelados a partir de 31 de julho de 2021.

Os produtos técnicos são usados pela indústria para a formulação de defensivos e os produtos formulados são aqueles que já estão prontos para o uso.

A importação, produção e comercialização de produtos técnicos e formulados à base do ingrediente ativo paraquate estão proibidas desde 22 de setembro deste ano.

O uso dos produtos também está proibido, com exceção dos estoques remanescentes, de acordo com os prazos determinados pela Resolução de Diretoria Colegiada da Anvisa 428/2020.

A fiscalização do uso dos produtos será feita pelas Secretárias Estaduais e Distrital de Agricultura, ou órgão equivalente.

A Instrução Normativa também traz condições de uso do produto, para o gerenciamento de risco frente à exposição ocupacional, como a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), o uso de tratores de cabine fechada que permita a aplicação do produto sem exposição do trabalhador rural e a utilização de sistemas fechado de lavagem dos equipamentos e embalagens.

As cooperativas de agricultores poderão distribuir aos seus cooperados os produtos formulados até 15 dias antes do término do prazo máximo previsto para sua utilização nas respectivas cultura e região.

As empresas titulares de registro de produtos à base do ingrediente ativo paraquate deverão recolher os estoques em embalagens de volume igual ou superior a cinco litros que estiverem em poder dos agricultores até 30 dias após o término do prazo que permite a sua utilização nas respectivas cultura e região.

Continue Lendo
Publicidade

Agricultura

Assembléia do Sindicato Rural de Mal. Rondon vai debater previsão orçamentária

  Está confirmada para as 14h00 de amanhã, quarta-feira, no auditório da Associação Municipal dos Suinocultores, a Assembléia Geral Ordinária do Sindicato Rural Patronal de Marechal Cândido Rondon.

Ao convocar os associados a marcarem presença, o presidente da entidade, Êdio Chapla, destaca que o assunto principal do encontro se refere a previsão orçamentária para 2021….

 

Continue Lendo

Agricultura

Produtores que não atualizaram rebanhos na microrregião variam de 3 a 20%

Termina neste mês o prazo da campanha para atualização dos rebanhos no Paraná.

De acordo com a Adapar – Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, no Estado, 70% das comprovações já foram realizadas.

Em Mal Rondon, cerca de 20% dos produtores ainda não realizaram a atualização de seus rebanhos.

Segundo a Adapar, 230 mil propriedades no Paraná devem atualizar seus rebanhos, medida adotada em substituição à campanha de vacinação contra a febre aftosa, que desde o ano passado não acontece mais.

O escritório da Agência de MaL Rondon, também é responsável pelos municípios de Mercedes, Quatro Pontes, Pato Bragado e Entre Rios do Oeste.

Segundo o medico veterinário da Adapar, Loreno Egídio Taffarel, nesses municípios o índice dos produtores que ainda não atualizou os rebanhos varia de 3 a 20%…..

Continue Lendo

Agricultura

Brasil caminha para bater novo recorde na produção de alimentos

Os números do 2º Levantamento da safra de grãos 2020/21, divulgados ontem pela Companhia Nacional de Abastecimento, criam  um clima de  expectativa promissora no agronegócio brasileiro.

A previsão é que    o Brasil  produza  268  milhões e 900 mil  toneladas de alimentos, o que representa 11 milhões e 900 mil  toneladas ou 4,6 % a mais do que a temporada de 2019/2020.

Em relação ao volume estimado no mês passado, houve aumento de 269 mil toneladas.

Com este resultado, o Brasil caminha para bater novo recorde, segundo avalia o presidente  da Companhia Nacional de Abastecimento , Guilherme Bastos…….

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.