Conectado com

Geral

Ministro da Educação, Abraham Weintraub, anuncia saída do cargo em vídeo com Bolsonaro

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, em foto de arquivo — Foto: Gabriel Jabur/MEC/Divulgação

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta quinta-feira (18) que deixará o cargo. A confirmação foi dada em um vídeo publicado por Weintraub, em que o ministro aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro. O nome do substituto não foi informado.

Nesta quarta, a comentarista do G1 e da GloboNews Cristiana Lôbo informou que o governo pretende indicar Weintraub para o Banco Mundial, em Washington. Lá, o Brasil lidera um grupo de nove países e, sendo o maior acionista, tem a prerrogativa de indicar o diretor da área.

“É um momento difícil, todos os meus compromissos de campanha continuam de pé. Busco implementá-lo da melhor forma possível. A confiança você não compra, você adquire. Todos que estão nos ouvindo agora são maiores de idade, sabem o que o Brasil está passando. E o momento é de confiança. Jamais deixaremos de lutar por liberdade. Eu faço o que o povo quiser”, afirma Bolsonaro no vídeo.

Weintraub assumiu o cargo em abril de 2019, após a saída de Ricardo Vélez Rodríguez, e permaneceu no posto por 14 meses. No período, acumulou desafetos e disputas públicas com diversos grupos sociais – entre eles, a comunidade judaica e a representação da China no Brasil.

A polêmica mais recente surgiu após a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, no Palácio do Planalto. No encontro com o presidente Bolsonaro e outras autoridades do Executivo federal, Weintraub defendeu a prisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a quem chamou de “vagabundos”.

“A gente tá perdendo a luta pela liberdade. É isso que o povo tá gritando. Não tá gritando pra ter mais Estado, pra ter mais projetos, pra ter mais… o povo tá gritando por liberdade, ponto. Eu acho que é isso que a gente tá perdendo, tá perdendo mesmo. A ge… o povo tá querendo ver o que me trouxe até aqui. Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF”, disse.

O vídeo foi revelado no inquérito que apura suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. Relator dessa investigação, o ministro do STF Celso de Mello disse ver possível crime de injúria por parte de Weintraub e, por isso, enviou ofício aos demais membros da Corte.

No último domingo (14), Weintraub participou de um protesto com pautas antidemocráticas e inconstitucionais na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Ele voltou a usar o termo “vagabundos” mas, desta vez, não disse textualmente a quem se referia.

Questionado sobre impostos pagos para bancar “funcionários corruptos”, Weintraub disse aos apoiadores: “Eu já falei a minha opinião, o que eu faria com vagabundo”. O ministro não usava máscara de proteção e, por isso, foi multado pelo governo local.

Na manhã desta segunda, o blog da comentarista do G1 e da TV Globo Andréia Sadi já havia mostrando o aumento da pressão da ala política do governo, incluindo ministros militares, pela substituição de Weintraub.

Interlocutores da Corte ouvidos pelo blog afirmaram que o ideal seria ele ser demitido até a posse de Fabio Faria, na quarta (17), uma vez que os chefes dos outros Poderes, como STF e Congresso, querem prestigiar o novo ministro das Comunicações, mas classificam como “um constrangimento” comparecerem a um ato do governo federal, para prestigiar o Executivo, enquanto Weintraub seguir no comando da Educação, com ataques aos demais Poderes.

Continue Lendo
Publicidade

Geral

Oposição lança pré-candidaturas a prefeito e vice de Maripa

Chapa pura do PSD tem o vereador Jânio na cabeça e o
produtor Milton como vice.

Continue Lendo

Geral

Empresa de Toledo registra 596 casos confirmados de Covid-19

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que todos estão recuperados da doença

A Secretaria Municipal de Saúde de Toledo confirmou nesta sexta-feira (10), através de nota, o registro de 596 casos positivos de Covid-19 em uma empresa do município.

Conforme a nota, os testes foram realizados nos últimos três dias. Na quarta-feira (08) foram 77 casos confirmados da Covid-19; na quinta-feira (9) mais 121 casos e nesta sexta-feira mais 398. Ainda conforme a pasta, todos estão recuperados da doença.

Ainda de acordo com dados informados pela empresa, foram testados 4.825 funcionários próprios e 399 funcionários terceirizados, totalizando 5.224.

A testagem em massa se deu por iniciativa da empresa em consonância com a legislação sanitária vigente e com a devida notificação de casos identificados.

A nota ainda reforça que qualquer empresa que desejar realizar testagem dos funcionários deve obrigatoriamente comunicar a Vigilância em Saúde com antecedência sobre as ações a serem desenvolvidas sob pena de incorrer em infração sanitária.

Redação Catve.com
Continue Lendo

Geral

Sexta-feira é marcada por 456 novos casos, 442 curados e mais um óbito em decorrência do novo Coronavírus em Toledo

A sexta-feira (10), foi extremamente agitada na cidade de Toledo, quando o assunto é a pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19). A Secretaria Municipal de Saúde e o Comitê de Operações Emergenciais (COE), divulgaram mais um óbito, 456 novos casos e mais 442 pessoas curadas da doença no município.

Óbito

Infelizmente o município de Toledo registrou na tarde desta sexta-feira o 21º óbito em decorrência de complicações causadas pelo novo Coronavírus no município. A vítima foi uma mulher de 56 anos de idade, que sentiu os primeiros sintomas da doença no dia 11 de junho, quando foi atendida na Unidade para sintomáticos respiratórios. No dia 17 de junho ela coletou o exame RT-PCR e foi encaminhada para o Pronto Atendimento Municipal e posteriormente foi transferida para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que ficou internada até a quinta-feira (09), quando veio a óbito.

Novos casos e testes rápidos realizados em empresa local

A Prefeitura do município de Toledo divulgou uma nota oficial no início da noite desta sexta-feira 10, na qual esclarece que desde a última quarta-feira 08, tem divulgado uma série de resultados de testes rápidos, que tiveram o resultado positivo registrados em uma empresa local.

De acordo com a nota na quarta-feira foram notificados 77 casos testados como positivos na empresa, na quinta-feira (09), foram mais 121 casos no local e nesta sexta-feira outros 396 casos positivos notificados.

Conforme dados informados pela empresa, foram testados 4.825 funcionários próprios e 399 funcionários terceirizados, totalizando 5.224 pessoas testadas. A presente ação de testagem em massa se deu por iniciativa da empresa em consonância com a legislação sanitária vigente e com a devida notificação de casos identificados. A Prefeitura não divulgou a identidade da empresa.

Ainda de acordo com a nota a empresa que desejar realizar a testagem dos seus funcionários deve comunicar prontamente à Vigilância em Saúde sobre as ações a serem adotadas sob pena de ocorrer em infração sanitária.

Na data de hoje foram notificados 396 casos testados como positivos na empresa, além de mais 60 casos confirmados na comunidade em geral.

Taxa de ocupação de leitos

Na área que compreende a 20ª Regional de Saúde de Toledo, são dois os hospitais, que possuem leitos exclusivos para o atendimento de pacientes que contraíram a Covid-19. A primeira Unidade de Saúde é o Hospital Beneficente Marcel Micheletto, em Assis Chateaubriand, que tem à disposição 14 leitos de enfermaria, sendo que quatro estão ocupados e 14 leitos de Terapia Intensiva (UTI), dos quais sete encontram-se indisponíveis.

A outra Unidade de Saúde da região a contar com leitos exclusivos para socorrer pacientes Covid-19, é o Hospital Bom Jesus, em Toledo, que conta com oito leitos de enfermaria, sendo que dois estão ocupados e 16 leitos de UTI, dos quais 12 encontram-se ocupados no momento.

Nesta sexta-feira a taxa total de ocupação de leitos na 20ª Regional de Saúde é de 27,27% dos leitos de enfermaria e de 63,33% dos leitos de UTI. Os dados correspondem a ocupação de leitos na região até às 11h00 do dia 10 de julho.

Dados

Nesta sexta-feira Toledo conta com 3.853 casos notificados para o novo Coronavírus, com 1.287 já descartados e 185 ainda em análise. O município conta ainda com 2.381 casos confirmados e 1.252 pessoas recuperadas, além de 21 vidas perdidas por conta da enfermidade. Entre os hospitalizados, estão 35 cidadãos toledanos, sendo que 18 estão em leitos de enfermaria e 17 encontram-se em quartos de UTI.

Fonte: Toledo News
Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.