Conectado com

Geral

Nova ponte vai exigir aumento de fiscalização na fronteira

Sistema precisará ser mais rigoroso e mais eficiente

A Segunda Ponte entre Brasil e Paraguai, batizada de Ponte da Integração , ligando Foz do Iguaçu a Presidente Franco, em Alto Paraná, no Paraguai, deve ser uma realidade a partir de 2022 e visa intensificar a relação entre os dois países, criar mais oportunidades de negócios, mas também engloba consequências que exigirão do governo um planejamento logístico, urbano e, sobretudo, da área da segurança.


É fato que o governo já tem colocado um empenho maior na fiscalização e segurança da fronteira, como é o caso da Operação Hórus, que notícia todos os meses grandes volumes de apreensões de produtos contrabandeados nos locais em que atua.

O sistema de fiscalização porém, precisará ser mais rigoroso para que o local não se torne mais um ponto de entrada de produtos contrabandeados do Paraguai.

Isso exigirá dos órgãos de segurança envolvidos uma continuidade no investimento em inteligência e aprimoramento na cooperação com as autoridades paraguaias.

O secretário municipal de Turismo de Foz do Iguaçu , Gilmar Piolla, diz acreditar que de fato o contrabando tende a aumentar, pois será mais uma oportunidade de travessia de mercadorias trazidas do país vizinho.

O presidente do Programa Oeste em Desenvolvimento, Danilo Vendrúsculo, também afirma que será necessário dobrar os efetivos para dar conta da entrada e saída de pessoas e veículos”.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou, em nota, que tem priorizado ações de combate ao crime organizado na região de fronteira, ressaltando que até o final do ano, o Projeto Vigia , um Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras, contemplará a região onde será construída a ponte.

Por meio do programa, coordenado pela Secretaria de Operações Integradas, as forças de segurança vão atuar em conjunto na região de fronteira, em ações como a Operação Hórus, no Paraná.

O objetivo é fortalecer o combate ao crime organizado, aumentar a fiscalização e a repressão contra crimes transfronteiriços como contrabando de cigarros, brinquedos e eletrônicos, o tráfico de drogas e de armas”.


Continue Lendo
Publicidade

Geral

Quatro Pontes busca a terceira vitória no Troféu Difusora Difusora

Ontem foi a vez de Entre Rios golear Guaíra por 12X0 e chamar a atenção no campeonato

 

Continue Lendo

Geral

Falece mercedense vítima de grave acidente de trânsito

Faleceu na manhã desta quarta-feira (29), no hospital Bom Jesus, em Toledo, o mercedense Nercir Porto, popular ‘Borracha’.

Ele estava internado na unidade hospitalar desde a noite de 16 de maio, quando foi vítima de acidente de trânsito no centro de Mercedes. A vítima conduzia uma Honda Biz, quando foi atingido por um caminhão, no cruzamento da Rua Luiz Lorenzoni com a Rua Dr. João Inácio.

Nersir tinha 60 anos e trabalhava como borracheiro. Ele retornava para casa no momento do acidente.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento, que devem ser definidos pela família em breve.

 

Fonte: Ponto da Notícia

Continue Lendo

Geral

Investimentos para 20 anos são apresentados em audiência do Plano de Saneamento Básico de Marechal Rondon

Na noite de terça-feira (28), foi realizada a última audiência pública destinada à discussão do PMSB (Plano Municipal de Saneamento Básico) de Marechal Cândido Rondon. A sessão, realizada no auditório da prefeitura, contou com a presença de servidores do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), da prefeitura, de especialistas na área de saneamento básico e de membros da comunidade.

Rafael Remoto Menezes, representante da empresa Líder Engenharia e Gestão de Cidades, vencedora da licitação para elaborar o PMSB, apresentou um diagnóstico detalhado da atual situação no que tange ao saneamento no município. Foram contemplados o tratamento de água e esgoto, de resíduos sólidos (lixo) e da drenagem de águas pluviais.

Menezes também expôs os investimentos previstos para os próximos 20 anos em todas as áreas relacionadas ao saneamento básico, baseando-se em diagnóstico, prognóstico, programas e projetos, ações e no cronograma financeiro.

Conforme ele, a audiência pública representou um momento importante para a comunidade se informar sobre o PMSB e apresentar suas sugestões. “As contribuições dos participantes serão consideradas na versão final do plano, com entrega prevista para os próximos dias”, disse.

A implementação do plano visa contribuir significativamente para a melhoria da qualidade de vida dos munícipes, da proteção do meio ambiente e do desenvolvimento sustentável do município de Marechal Rondon.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.