Conectado com

Geral

Novo vírus da gripe com ‘potencial pandêmico’ é encontrado na China

Cientistas descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam na indústria suína na China

Uma nova cepa do vírus da gripe com potencial de causar uma pandemia foi identificada na China, segundo um novo estudo.

Essa linhagem surgiu recentemente e tem os porcos como hospedeiros, mas pode infectar seres humanos, dizem os autores da pesquisa.

Os cientistas estão preocupados com o fato de que ela poderia sofrer uma mutação ainda maior e se espalhar facilmente de pessoa para pessoa e desencadear assim um surto global.

Eles dizem que a cepa tem “todas as características” de ser altamente adaptável para infectar seres humanos e precisa ser monitorada de perto.

Como se trata de uma nova linhagem do vírus influenza, que causa a gripe, as pessoas podem ter pouca ou nenhuma imunidade a ela.

Ameaça pandêmica

Uma nova cepa do influenza está entre as principais ameaças que os especialistas estão monitorando, mesmo enquanto o mundo ainda tenta acabar com a atual pandemia do novo coronavírus.

A última gripe pandêmica que o mundo enfrentou, o surto de gripe suína de 2009 que começou no México, foi menos mortal do que se temia inicialmente, principalmente porque muitas pessoas mais velhas tinham alguma imunidade a ela, provavelmente por causa de sua semelhança com outros vírus da gripe que circulavam anos antes.

O vírus da gripe suína, chamado A/H1N1pdm09, agora é combatido pela vacina contra a gripe que é aplicada anualmente para garantir que as pessoas estejam protegidas.

A nova cepa de gripe identificada na China é semelhante à da gripe suína de 2009, mas com algumas mudanças.

Até o momento, não representou uma grande ameaça, mas o professor Kin-Chow Chang e colegas que o estudam dizem que devemos ficar de olho nele.

Qual é o perigo?

O vírus, que os pesquisadores chamam de G4 EA H1N1, pode crescer e se multiplicar nas células que revestem as vias aéreas humanas.

Ilustração de vírus

A última gripe pandêmica que o mundo enfrentou, o surto de gripe suína de 2009, começou no México

 

Eles descobriram evidências de infecção recente em pessoas que trabalhavam em matadouros e na indústria suína na China.

As vacinas contra a gripe atuais não parecem proteger contra isso, embora possam ser adaptadas para isso, se necessário.

Kin-Chow Chang, que trabalha na Universidade de Nottingham, no Reino Unido, disse à BBC: “No momento estamos distraídos com o coronavírus e com razão. Mas não devemos perder de vista novos vírus potencialmente perigosos”.

Embora esse novo vírus não seja um problema imediato, ele diz: “Não devemos ignorá-lo”.

Os cientistas escrevem na revista Proceedings, da Academia Nacional de Ciências britânica, que medidas para controlar o vírus em porcos e monitorar de perto as populações trabalhadoras devem ser rapidamente implementadas.

O professor James Wood, chefe do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Cambridge, disse que o trabalho “vem como um lembrete salutar” de que estamos constantemente sob o risco do surgimento de patógenos e que animais de criação, com os quais os seres humanos têm maior contato do que com a vida selvagem, podem ser uma fonte de vírus pandêmicos.

Fonte: BBC News

Geral

Toledo registra 19ª morte por covid-19

A cidade possui 1.542 casos, com 17 internados em UTI e 11 em enfermaria

A Secretaria Municipal de Saúde de Toledo confirmou que uma mulher de 45 anos de idade, moradora da cidade, faleceu nesse domingo (5) por covid-19.

Ela estava internada em serviço hospitalar e evoluiu para óbito no início da tarde. Não foi informado se a mulher possuía histórico de doenças pré-existentes.

Com isso, o município chegou a 19 mortes causadas pelo novo coronavírus. Ainda no domingo, foram registrados ainda 16 novos casos confirmados para covid-19 em Toledo, todos no SUS.

De acordo com o boletim epidemiológico do dia, a cidade possui 1.542 casos de covid-19, com 17 pacientes internados em UTI e 11 em leitos de enfermaria.

Fonte: CGN

Continue Lendo

Geral

USF do Vila Nova abre as portas no próximo dia 13

Foto: Cidade Portal

Está previsto para o próximo dia 13 o início do atendimento ao público na nova sede da Unidade de Saúde da Família – USF – de Vila Nova, localizada na Rua Antônio Prado.

Para providenciar a mudança para a nova estrutura, a equipe não atenderá o público na próxima quinta e sexta-feira , dias 9 e 10.

A construção, com área total de 311 metros quadrados, demandou investimentos de 719.439,73, possibilitando a ampliação na quantidade e na qualidade dos atendimentos.

A diretora do Departamento da Rede de Atenção em Primária em Saúde, Márcia Cristina Guilhem, destaca que a nova estrutura oferece espaço maior, o que colabora na ampliação da oferta de serviços de qualidade para a população, bem como para os colaboradores.

De acordo com ela , em Vila Nova estará um grupo de profissionais de ESF , composto por médico especialista na saúde da família e demais profissionais, que atenderão de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Até 4 mil pessoas que residem no território formado pela sede do distrito e pelas comunidades de Linha Dois Marcos, Linha Lajeado, Linha São Pedro e Linha Flórida serão beneficiados com estes serviços.

O foco da ESF não será somente oferecer consultas, mas também promover ações de prevenção e orientação dos pacientes de todas as idades, de gestantes a idosos, sobre boas práticas de saúde.

Continue Lendo

Geral

Inscrições para o concurso de oratória da JCI Marechal terminam na quarta-feira

A JCI Marechal Rondon está com as inscrições abertas para o Concurso de Oratória nas Escolas 2020, com o tema “como educar para criar empreendedores”.

A edição deste ano conta com novidades, necessárias para adaptar o concurso as medidas preventivas de combate ao coronavírus.

O coordenador do concurso, Jhonatan Höpke, destaca que o processo será virtual e dividido em etapas….

 

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.