Conectado com

Geral

Números da saúde pública rondonense referentes ao 3º quadrimestre de 2020 são apresentados em audiência

Assessoria

Na oportunidade a Secretária de Saúde também falou sobre a pandemia

Na tarde desta sexta-feira, dia 26, aconteceu na Câmara de Vereadores, audiência pública para a prestação de contas da Secretaria de Saúde de Marechal Rondon, referente ao terceiro quadrimestre do ano de 2020. Os dados foram apresentados pela secretária da pasta, Marciane Specht, e pelo analista técnico Robson Blank.
O evento contou com a presença do presidente da Comissão de Educação, Saúde, Cultura, Bem-Estar Social e Ecologia, o vereador e vice-presidente do Legislativo, Rafael Heinrich, dos vereadores Cristiano Metzner (Suko), João Eduardo dos Santos (Juca), Sargento Dionir e Valdecir Schons (Paleta), além de servidores municipais e comunidade em geral.
Na audiência, além dos números, foi debatida a situação da Covid-19 em Marechal Rondon. Na oportunidade, a secretária Marciane comentou que o município, como também o Estado todo, vive uma situação muito crítica e, por isso, mais do que nunca, necessita-se a colaboração da população. “Desde o início da pandemia pede-se para a população seguir usando máscara, passar álcool em gel nas mãos e evitar aglomerações. Por um certo período, isso foi muito respeitado, mas depois, houve um grande relaxamento e o resultado está aí na nossa frente. O que a população precisa é se conscientizar que o vírus não tem fronteiras. A conscientização e sensibilização é a única forma que poderemos ultrapassar esse momento de pandemia que estamos vivendo. O poder público através da saúde, implementou vários fluxos de atendimento, estruturou as unidades e ampliou o atendimento. As equipes estão cansadas, e por isso, que solicitamos prudência e bom senso a todos no que diz respeito às medidas sanitárias em vigência”, declarou.
A secretária também foi questionada sobre a possibilidade de abertura do hospital de campanha e se ele está pronto quando for necessário. “O hospital está pronto para ser usado quando necessário. Se tivermos que abrir, vamos abrir. Montamos ele por precaução e diante do cenário atual, com taxa de ocupação de leitos na macrooeste em 100% de ocupação de leitos UTI e 75% de ocupação de leitos enfermaria até esta sexta-feira (26). Em caso de abertura do espaço, a equipe está orientada desde momentos anteriores de como funcionará, inclusive houve momento de visita para conhecer a estrutura”, conta.
Marciane destacou na audiência números diversos, que vão desde investimentos, custeio, como também de atendimentos.
PANDEMIA
Do início da pandemia até o 31 de dezembro de 2020, foram gastos com a Covid-19, o montante de R$ 2.941.151,31. Valor este que engloba os gastos de todas as secretarias municipais com equipamentos e suplementos, como também, com o pagamento da folha salarial de servidores que estão na linha de frente, manutenção do hospital de campanha, etc.
No terceiro quadrimestre de 2020, as receitas de transferências constitucionais e legais arrecadadas pelo município foram de R$ 32.132.810,89 e R$ 4.023.174,48 do SUS.
INVESTIMENTOS
Com relação aos investimentos no terceiro quadrimestre de 2020, foi de R$ 5.362.065,43, ou seja, 28,37% da receita de impostos. Lembrando que a aplicação mínima definida por lei é de 15%.
CONSULTAS MÉDICAS
Foram realizadas 691 consultas em pediatria durante o 3° quadrimestre.
Consultas com clínicos gerais somaram 17.833, incluindo os médicos do Programa Saúde da Família. Em ginecologia e obstetrícia, o número foi de 1.460 atendimentos. Já em consultas odontológicas, 1.941 atendimentos foram feitos.
UPA
Na Unidade de Saúde 24 horas foram realizados 12.405 exames realizados, além de 10.701 atendimentos médicos de urgência e emergência, 1.648 por especialidade e 21.653 atendimentos de enfermagem.
Com relação à atendimentos/notificações Covid-19, foram registradas 1.766 nos últimos quatro meses do ano e 204 internamentos.
HOSPITAL MUNICIPAL DR. CRUZATTI
O Hospital Dr. Cruzatti conta atualmente com dois centros cirúrgicos e 23 leitos. Durante o 3º quadrimestre de 2020, foram atendidos 483 pacientes.
Desde junho de 2017, após adequações, o Hospital Dr. Cruzatti, passou a receber partos. Somente no 3º quadrimestre de 2020, foram realizados 34 partos normais e 58 cesarianas.
Em se tratando de procedimentos cirúrgicos, foram realizadas 82 eletivas.
Ao todo, 3.589 exames foram feitos no hospital, como os laboratoriais, raio-x, eletrocardiograma, tomografia, ultrassonografia, etc.
CAPS – CENTRO DE APOIO PSICOSSOCIAL
No CAPS, foram realizadas 250 consultas médicas, 140 de psicologia, 312 de enfermagem, 118 através de assistente social, 166 de psicopedagoga, além de intervenções diversas.
CLÍNICA DA MULHER
Na Clínica da Mulher, foram realizados 922 exames papanicolau e 495 mamografias.
VIGILÂNCIA SANITÁRIA
A equipe do Departamento de Vigilância Sanitária é composta por nove profissionais, sendo um médico veterinário, um farmacêutico bioquímico, cinco fiscais sanitários, uma enfermeira e uma arquiteta.
Ao todo, a equipe realizou 2.512 ações no quadrimestre, entre vistorias, fiscalizações e demais procedimentos.
Destacam-se as 1.142 vistorias orientativas com relação à Covid-19 e 90 vistorias.
ENDEMIAS
No setor de Controle de Endemias, no combate e controle da dengue, foram visitados 39.012 imóveis, além da realização de arrastões, ações de conscientização em escolas e unidades de saúde, entregas de ráfia, divulgações na imprensa, etc.
VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA
Os números apresentados em relação aos testes rápidos feitos pelo setor de epidemiologia foram com base a todo o ano de 2020. Foram realizados 7.839 testes rápidos (2.297 Sífilis, 1.579 Hepatite B, 1.692 Hepatite C e 2.271 HIV); 783 exames enviados ao Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) e Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste do Paraná (CISCOPAR).
Por outro lado, foram encaminhados ao LACEN, 4.088 amostras de Covid-19.
Ouvidoria Municipal, Farmácia Básica, Lista de Espera e Agendamentos, Ciscopar e Transporte de Pacientes completam as informações da prestação de contas do 3° quadrimestre deste ano, e podem ser conferidos no Portal da Transparência.
Fonte: Assessoria
Continue Lendo
Publicidade

Geral

Contribuintes em débito com o município rondonense poderão aderir ao Refis a partir de quinta-feira

Assessoria

No pagamento à vista será concedido 100% de desconto sobre os juros e multas

 

Foi publicado no Diário Oficial Eletrônico, na sexta-feira, dia 16, a Lei nº 5.236 que institui o Programa de Arrecadação de Créditos Tributários e Não Tributários (REFIS 2021). O objetivo é incentivar os munícipes a regularizarem suas dívidas junto à Secretaria Municipal da Fazenda. Vale lembrar que os benefícios de que trata a lei são sobre os juros e multas moratórias das dívidas, sem afetar os créditos principais corrigidos.

Podem se beneficiar os contribuintes com débitos vencidos até 31 de dezembro de 2020, já inscritos em dívida ativa, independentemente de haver execução fiscal ajuizada.

O REFIS 2021 inicia nesta quinta-feira, dia 22, e segue até o dia 19 de julho, sendo que até o dia 06 de maio devem comparecer ao Setor de Tributação da prefeitura os contribuintes que desejam realizar a quitação à vista. Após o dia 07 de maio, para os que desejam parcelar, mas também ainda serão aceitos os pedidos para pagamentos à vista.

Conforme o secretário de Fazenda, Carmelo Daronch, o pedido deve ser protocolado e emitido no Setor de tributação, com a emissão do Termo de Confissão de Dívida. Ele lembra que no pagamento à vista será concedido 100% de desconto sobre os juros e multas. Também poderá ser feito o pagamento em 6 vezes com 90% de desconto; em 12 vezes com 80% de desconto; e em 24 vezes com 70% de desconto. Lembrando que no parcelamento será acrescido juro de 1% ao mês.

Estes benefícios não serão somados a outros já concedidos em razão de programas de “REFIS” anteriores.

Também ficam excluídos créditos originados de transações, acordos ou Termos de Ajustamento de Conduta; créditos relacionados com ITR e derivados do SIMPLES Nacional e Doméstico; créditos vinculados ao FMD – Fundo Municipal de Desenvolvimento; e valores decorrentes de indenizações.

“O REFIS tem a finalidade de permitir maior efetividade à arrecadação, além de promover e incentivar a regularização da situação de endividamento de contribuintes. Pedimos aos que estão em débito com o município, que nos procurem, para que possamos apresentar os benefícios do REFIS. É uma oportunidade muito boa”, destacou Carmelo.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

Geral

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com Nis 2

Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social terminado em 2 recebem nesta segunda-feira a primeira parcela do auxílio emergencial 2021.

 

 Essa nova rodada de pagamentos será de quatro meses

 

Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, por quem recebe pela conta poupança social digital, ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

O recebimento dos recursos segue o calendário normal do Bolsa Família, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês.

A primeira parcela começou a ser depositada na última sexta-feira e será paga até 30 deste mês de abril.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19.

Ele foi pago em cinco parcelas de 600 ou 1 mil e 200 reais para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de 300 ou 600 reais cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de 150 a 375 reais, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem 250 reais; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe 375 reais; e pessoas que moram sozinhas recebem 150 reais.

Pelas regras estabelecidas, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo.

É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

 

Continue Lendo

Geral

Centro de Distribuição/Provopar atenderá em novo endereço

Assessoria

Da antiga prefeitura, passará a atender na rua Espírito Santo, nº 900, ao lado do CRAS

 

A partir desta segunda-feira, dia 19 de abril, o Centro de Distribuição de Marechal Rondon (por muito tempo conhecido como Provopar), estará fechado até o dia 30 de abril. Neste período acontecerá a alteração de endereço.

Até então o atendimento era realizado na rua Sergipe, esquina com a rua 7 de Setembro, na antiga prefeitura. O novo endereço será na rua Espírito Santo, nº 900, ao lado do CRAS – Centro de Referência da Assistência Social.

A Secretaria de Assistência Social solicita a compreensão dos rondonenses que procuram o Centro de Distribuição, tendo em vista que estará fechado durante o período de mudança. O novo espaço será mais amplo, o que garantirá melhor atendimento à população rondonense.

Assim que o atendimento estiver restabelecido, um comunicado será emitido. Doações podem ser entregues no novo endereço.

 

Fonte: Assessoria

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.