Conectado com

Policial

PM prende assaltantes e recupera camionete em Palotina

Três envolvidos na ação foram presos em flagrante

Além de recuperar uma caminhonete roubada, a PM de Palotina prendeu ontem a noite três marginais envolvidos na ação criminosa.

Por volta das 20h30 de ontem, a Polícia Militar de Palotina foi informada anonimamente que uma caminhonete Amarok encontrava-se atravessada em uma estrada rural do município.

Como o veículo estava aberto, com um pneu furado e a chave na ignição, os militares apuraram o endereço do proprietário e suspeitaram que pudesse se tratar de um roubo.

Observando que um elemento estava revirando objetos no interior da moradia, os PMs de serviço deram voz de abordagem, mas o suspeito arremessou contra a equipe um revólver 38 e evadiu-se a pé.

No interior da casa os policiais encontraram a família trancada no banheiro e foram informados que se tratava de um assalto.

Inicialmente foi detido um dos autores da ação, o qual confessou o crime e delatou outros envolvidos.
Na sequência foi então localizado o segundo envolvido a poucas quadras da residência onde foi efetuado o roubo.

Já o terceiro indivíduo, conforme relatado pelo comparsa, se encontraria em sua residência localizada na rua Heitor Alencar Furtado.
Seus familiares informaram que ele não se encontrava no local, mas reconheceram um objeto como sendo de propriedade dele.

Após as diligências, o terceiro envolvido se apresentou ao Pelotão da PM de Palotina voluntariamente a fim de prestar esclarecimentos.
Os nomes dos presos não foram repassados pelo setor policial.

Continue Lendo
Publicidade

Policial

Paraná tem 2º menor número de mortes em rodovias federais em 10 anos

Quinhentas pessoas morreram e outras 8.551 saíram feridas em acidentes de trânsito registrados nas rodovias federais do Paraná ao longo de 2019.

Mesmo assim, foram 494 vítimas fatais 

O número de mortes é o segundo menor dos últimos dez anos, acima apenas do total verificado em 2018, quando houve 494 mortes e 8.348 vítimas feridas no estado.

Os dados são da Polícia Rodoviária Federal, que divulgou seu balanço anual na manhã desta terça-feira.

Em relação ao ano anterior, o total de mortes oscilou 1,2% e os de feridos 2,4%.

Já o total de acidentes atendidos pelas equipes da PRF caiu 3,1%: passou de 7.955 para 7.705.

O pico de vítimas mortas dentro da série histórica ocorreu em 2012, quando 855 pessoas perderam a vida em rodovias federais paranaenses.

As principais causas dos acidentes que resultaram em vítimas mortas no ano passado foram falta de atenção do condutor – 21% das mortes; falta de atenção do pedestre – 17,2%; desobediência às normas de trânsito pelo condutor – 16,8%; velocidade incompatível – 16,4%; ultrapassagem indevida – 6,2%; ingestão de álcool – 4,6%; sono – 3%; e desobediência às normas de trânsito pelo pedestre – 3%.

Quase metade das mortes ocorreram em colisões frontais – 24,8% – ou em atropelamentos – 24,6%.

A maioria dos óbitos ocorreu em situação de pista seca – 82,4%;, em trechos de reta – 65,4%; no período noturno – 64,5%; em rodovias de pista simples – 53,5%; e de sexta-feira a domingo – 52,2%.

Motociclistas ou passageiros de motocicletas foram 22,2% das vítimas mortas: ciclistas – 4,2%, e homens representaram 83,8% do total de óbitos.

Em 2019, os policiais rodoviários federais flagraram 4.216 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas no Paraná.

O número é 9,3% superior ao verificado no ano anterior, quando houve 3.858 flagrantes.

Outros 19.900 motoristas foram autuados por ultrapassagens proibidas, que estão entre as principais causas das colisões frontais.

Ao longo de 2019, mais de 20.200 veículos foram recolhidos aos pátios da PRF no estado, por diferentes irregularidades.

Continue Lendo

Policial

Jovem morre em acidente próximo a rotatória da Fiasul – Toledo

Fotos: Toledo News
Um rapaz de 27 anos morreu em um grave acidente de trânsito registrado na noite desta segunda-feira (20), em Toledo.
As informações são desencontradas e ainda não confirmadas oficialmente, mas indicam que ele seguia pela Avenida Cirne Lima quando colidiu com uma carreta ou caminhão, que não foi localizado no local.
Uma equipe do SAMU passou pelo local poucos momentos após o acidente e prestou os primeiros atendimentos ao motociclista.
 Equipes do Corpo de Bombeiros também foram acionadas, mas apesar de todos os esforços, ele não resistiu e faleceu dentro da ambulância. Ele foi identificado como Alan Eduardo Simon.
Equipes da Policia Militar e da Guarda Municipal estiveram no local realizando os levantamentos e controlando o trânsito.
Buscas estão sendo realizadas na tentativa de localizar o outro veiculo envolvido no acidente.
Fonte: Toledo News
Continue Lendo

Policial

Polícia prende elemento que participou de agressões que levaram rondonense em estado grave para Toledo

A Policia Militar de Marechal Cândido Rondon foi acionada nas ultimas horas, para registrar uma ocorrência de agressão física, ocorrida em frente a um comércio,na Avenida Irio Jacob Welp.

No local, um homem apresentava ferimentos na cabeça, tórax e pernas, onde segundo populares, três jovens teriam praticado a agressão, com socos e chutes, e ate tijoladas.

A vitima recebeu o primeiro atendimento do SAMU ainda no local e depois foi encaminhada para atendimento médico.

A Polícia Militar registrou o Boletim de Ocorrência e encaminhou o caso para Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon.

A vitima foi identificada como Luiz Carlos da Silva, 34 anos, que devido a gravidade dos ferimentos, incluindo suspeita de traumatismo craniano, foi transferida para o Hospital Bom Jesus na cidade de Toledo.

Durante investigação, a Polícia Civil identificou um dos agressores, que foi preso hoje, no Jardim Paraíso: ele tem 19 anos e confessou que participou das agressões, tendo atirado um “tijolo” na vítima.

Contra ele foi lavrado flagrante de delito pela prática do crime de lesão corporal grave, com pena prevista em até 05 anos.

Contudo, segundo o delegado Rodrigo, com as demais apurações e as condições da vítima, podendo o caso evoluir para uma lesão corporal gravíssima ou até tentativa de homicídio, ou homicídio, a pena pode ser ainda maior.

As diligências continuam para tentar identificar e prender os outros dois elementos, envolvidos na agressão.

A vitima, Luiz Carlos da Silva, 34 anos, segue internada em estado grave no Hospital Bom Jesus de Toledo.

Continue Lendo

(45) 3284-8080
Central telefônica (45) 9997-0083 - (45) 9997-0067
FM 95,1 (45) 9997-0733 | WhatsApp FM (45) 9997-0532
Técnica AM 970 (45) 9997-0740
Copyright © 2019 Radio Difusora do Paraná.